Descoberto lagarto marinho gigante que pode explicar extinção dos dinossauros

DR

Kaikaifilu, lagarto gigante dos mares encontrado na Ilha Seymour, na Antarctica chilena

Kaikaifilu, lagarto gigante dos mares encontrado na Ilha Seymour, na Antarctica chilena

Um cientista chileno diz estar próximo da chave para descobrir porque desapareceram os dinossauros, graças à descoberta do fóssil de um lagarto gigante dos mares que viveu na Antártida durante o período Mesozóico que marca o aparecimento e a extinção dos dinossauros.

Uma equipa de pesquisadores chilenos encontrou na ilha Seymour, na Antártida chilena, o crânio, dentes e úmero (osso da parte do braço que vai do cotovelo ao ombro) de uma nova espécie de mosassauro, um réptil marinho que viveu na Antártida durante o Mesozóico.

O crânio mede 1,20 metros, o que permite deduzir que a criatura tinha cerca de 10 metros de comprimento e que teria semelhanças com algumas serpentes e com os dragões de Komodo, revela o artigo publicado na Cretaceous Research.

O maior predador marinho

Batizado Kaikaifilu hervei, esse lagarto gigante dos mares terá vivido há 66 milhões de anos na Antártida e é o maior predador marinho conhecido, destronando o Taniwhasaurus antarcticus que, com um crânio de 70 centímetros de comprimento, era considerado o maior mosassauro.

Este fóssil pode ser a chave para explicar a extinção dos dinossauros, acredita o pesquisador chileno David Rubilar, que está envolvido na pesquisa.

“Temos toda a história evolutiva a partir da perspectiva do hemisfério norte. Estes achados completam o quebra-cabeças que nos permite entender como os dinossauros evoluíram no sul”, diz à agência Efe o chefe de paleontologia do Museu Nacional de História Natural de Santiago de Chile.

Segundo o pesquisador, o crânio foi encontrado exposto na superfície do terreno pela erosão rochosa.

David Rubilar acrescenta que todos os anos novos materiais são descobertos na ilha Seymour e nos seus arredores, no extremo norte da Península Antártica.

O paleontólogo salienta o papel “chave” que o Chile pode assumir em explicar, com descobertas como esta, como esse tipo de répteis colonizaram a Terra.

“Permite-nos saber como foi a sua expansão e qual foi o seu centro de origem. Por exemplo, se se mudaram da América do Sul para a Austrália ou se foi ao contrário, se surgiram na Antártida”, esclareceu.

De acordo com o pesquisador, os restos encontrados são “extremamente importantes” para entender a conexão entre a América do Sul e a Antártida na fauna marinha.

“As correntes marinhas permitiram o intercâmbio de espécies entre os diferentes continentes, e a parte sul do Chile e da Argentina é a última conexão da América do Sul com a Antártida”, referiu.

O paleontólogo confessou ainda que sua equipe está “muito interessada” em fazer uma exposição sobre répteis marinhos no Museu Nacional de História Natural, na qual possam exibir “este e outros espécimes também muito especiais”.

// ZAP

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Tesla atinge valor de mercado de US$ 100 bi — e Musk receberá um grande bônus

A Tesla é uma das companhias mais promissoras do mundo, mas ainda gera dúvidas entre os investidores, devido aos problemas para atingir as metas de produção e polêmicos acidentes envolvendo seus veículos — além de …

Por que o príncipe da Arábia Saudita hackeou celular de Jeff Bezos, segundo investigação da ONU

Uma intriga internacional envolve, desde 2018, o homem mais rico do mundo e uma ditadura ultrafechada acusada de matar seus inimigos com requintes de crueldade. E, agora, o caso está sendo investigado por especialistas em …

Garoto de apenas 6 anos arrecada $270 mil para ajudar animais em incêndios australianos

Nos incêndios que devastaram algumas regiões da Austrália, mais de 1 bilhão de animais morreram. No esforço para salvar os animais resgatados e tentar, o mais rápido possível, lhes oferecer um novo lar, este garotinho …

A descoberta dessa nova célula imunológica pode ser um tratamento “universal” para o câncer

Um novo estudo da Universidade de Cardiff (País de Gales) descobriu um tipo de célula imune que poderia levar a uma “terapia universal” contra o câncer. Estamos falamos de uma célula T equipada com um tipo …

Governo brasileiro diz que UPS está interessada na privatização dos Correios

A privatização dos Correios tem despertado o interesse de diversas empresas estrangeiras de logística. Há algum tempo, Alibaba e Amazon manifestaram desejo em participar do processo de desestatização da estatal brasileira. Agora, a UPS também teria …

Coronavírus. OMS diz que ainda é cedo para decretar urgência internacional

Em uma reunião realizada nesta quinta-feira (23) em Genebra, o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, descartou, por enquanto, lançar um alerta de urgência internacional contra o coronavírus que se espalha …

Parlamento britânico valida definitivamente acordo do Brexit

O Parlamento britânico adotou em definitivo o acordo do Brexit, abrindo caminho para a saída do Reino Unido da União Europeia dentro de nove dias. O texto que regula os termos do divórcio, negociado entre o …

Brasil piora em ranking mundial de corrupção

O Brasil caiu uma posição no principal ranking internacional de corrupção, passando da 105ª para a 106ª entre 180 países, segundo o relatório divulgado nesta quinta-feira (23/01) pela ONG Transparência Internacional. O Brasil continua sendo um …

Cidade inteira é colocada em quarentena na China por causa de vírus exótico que se espalha pelo mundo

A China colocou toda a cidade de Wuhan sob quarentena para tentar evitar o contágio do vírus mortal 2019-nCoV, uma nova cepa do coronavírus identificada pouco tempo atrás. O município é o local onde uma epidemia …

Ministro astronauta mostra Terra esférica no Instagram para calar terraplanistas

Talvez quem escolhe acreditar no terraplanismo realmente não queira aceitar provas de que a Terra é esférica, mas, de qualquer forma, muita gente continua tentando convencê-los de que acreditam em uma falácia. Dessa vez foi o …