O “primeiro gigante” de todos os dinossauros é descoberto na Argentina

Paleontólogos argentinos fizeram uma surpreendente descoberta que revela que os dinossauros gigantes apareceram pelo menos 25 milhões de anos antes do que se pensava. Eles encontraram o “primeiro gigante”, o saurópode mais antigo de todos.

Os saurópodes, dinossauros herbívoros gigantes, com pescoço comprido, já andavam pela Terra há cerca de 205 milhões de anos, no chamado período Triássico. Essa é a surpreendente conclusão a que chegaram paleontólogos argentinos depois de terem descoberto o saurópode mais antigo de todos.

Batizado de Ingentia prima – que em Latim significa “primeiro gigante” –, esse dinossauro viveu onde é, atualmente, o noroeste da Argentina.

Com altura entre 7 e 10 metros e cerca de 10 toneladas de peso, esse dinossauro era três vezes maior do que os maiores dinossauros do Triássico, como referem os pesquisadores no artigo científico publicado na Nature Ecology & Evolution.

“Antes dessa descoberta, pensava-se que o gigantismo tinha se desenvolvido durante o período Jurássico, há aproximadamente 180 milhões de anos, mas o Ingentia prima viveu no fim do Triássico, entre 205 e 210 milhões de anos atrás“, refere Cecilia Apaldetti, cientista do Instituto e Museu de História de Ciências Naturais da Universidade de San Juan, na Argentina, em declarações divulgadas pelo Sci-news.com.

A análise aos fósseis de dois esqueletos parciais desses saurópodes, encontrados na Formação de Quebrada del Barro, na província argentina de San Juan, permitiu apurar que a nova espécie tinha “uma estratégia de crescimento desconhecida até agora“, como destaca Cecilia Apaldetti.

(h) Jorge A. González / Agencia CTyS-UNLaM

“Assim como as estações de crescimento podem ser observadas em uma árvore, os cortes ósseos no Ingentia prima mostram que tinha um crescimento cíclico e sazonal, mas o surpreendente é o tipo de tecido que estava depositado nos ossos, durante esses períodos de crescimento, sendo diferente dos outros saurópodes que conhecíamos até agora”, explica o paleontólogo Ignacio Cerda, da Universidade Nacional do Rio Negro, em declarações citadas pelo Sci-news.com.

Ignacio Cerda atesta que “o crescimento cíclico era comum entre os saurópodes do Triássico primitivo”, mas aponta que “nenhuma outra espécie excedia os três metros de comprimento e as três toneladas de massa corporal”.

A “diferença” é que o Ingentia prima tinha uma velocidade de crescimento mais rápida. E para essa circunstância contribuíam “as cavidades” dos ossos que “aliviavam o peso” da espécie e lhes permitiam “adquirir um tamanho corporal maior”, sustenta o cientista Oscar Alcober, do Instituto e Museu de História de Ciências Naturais da Universidade de San Juan.

“Essas cavidades pneumáticas indicam que a nova espécie tinha sacos de ar altamente desenvolvidos e um sistema respiratório muito eficiente, semelhante ao que acontece nos pássaros modernos, que também o ajudavam a manter seu corpo fresco, apesar do tamanho”, conclui Cecilia Apaldetti.

Jorge A. González

Ingentia prima, o “primeiro gigante” dos dinossauros

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Chapéu de Indiana Jones bate recorde em leilão

O icônico chapéu do personagem Indiana Jones rendeu R$ 2,1 milhões em um leilão em que 600 objetos foram vendidos nesta quinta-feira (20) em Londres, superando as estimativas dos especialistas. Entre os 600 itens disponíveis para …

Hospitais norte-americanos se unem e criam farmacêutica para baixar preços de medicamentos

Mais de 120 hospitais americanos estão criando uma empresa farmacêutica sem fins lucrativos para diminuir os preços dos remédios. Em 2019, a empresa espera ter seus primeiros produtos no mercado. A nova farmacêutica, Civica Rx, criada …

Astrônomos descobrem “Vulcano”, o planeta de Spock

Astrônomos norte-americanos descobriram um exoplaneta com características muito semelhantes às de “Vulcano”, o planeta de origem de Spock, o inesquecível personagem da famosa série Star Trek. Localizado a 16 anos-luz da Terra, o novo planeta orbita …

Trump ameaça paralisar governo se não houver dinheiro para o muro

O presidente norte-americano, Donald Trump, ameaçou nesta sexta-feira (21) travar um acordo orçamental que permitiria evitar a paralisação das instituições federais do país, por não prever financiamento para construir o desejado muro na fronteira com …

Bolsonaro passa por cirurgia para drenagem de líquido no abdômen

O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, internado em unidade semi-intensiva, passou por um procedimento para drenagem de líquido que estava ao lado do intestino, segundo boletim médico divulgado pelo Hospital Albert Einstein, em …

Temer, Moreira e Padilha devem depor em processo sobre suposta organização criminosa

O juiz Vallisney de Oliveira, juiz da 10ª Vara da Justiça Federal de Brasília, convocou o presidente Michel Temer como testemunha em um processo que investiga se uma suposta organização criminosa agiu na Petrobras. Além do …

TSE pretende tornar público o código fonte das urnas eletrônicas

Durante um evento de segurança que ocorreu em São Paulo na quarta-feira (19), Rodrigo Coimbra, chefe da seção de voto informatizado do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), confirmou que faz parte do planejamento do órgão tornar …

Brasileiras triplicam busca por congelamento de óvulos para adiar maternidade

Desde criança, a publicitária Camila Alvarenga de Paula Pinto, hoje com 37 anos, alimenta uma certeza na vida: quer ser mãe. Ela tem como referência a sua própria mãe, Denise, que teve três filhos e …

Brasileiros poderão receber remessas do exterior diretamente em reais

A partir de 1º de novembro, os brasileiros poderão receber, em reais, remessas enviadas do exterior por parentes e amigos, definiu o Banco Central (BC). Em circular publicada nesta quinta-feira (20), a autoridade monetária regulamentou as …

Detergentes podem contribuir para excesso de peso em crianças

Os produtos habitualmente utilizados na limpeza da casa podem promover alterações na microbiota intestinal (antes conhecida por flora intestinal) e provocar o excesso de peso em crianças. A conclusão é de um novo estudo realizado …