“Design agressivo” pode ser a causa das explosões do Galaxy Note 7

portalgda / Flickr

Samsung Galaxy Note 7

Samsung Galaxy Note 7

Na semana passada, a Samsung prometeu que explicaria oficialmente as explosões do Galaxy Note 7 antes do final do ano. No entanto, uma empresa chamada Instrumental, responsável pela fabricação de ferramentas de engenharia, resolveu se antecipar e descobrir por conta própria a causa do problema com o gadget explosivo.

Para a surpresa de muita gente, o que os especialistas da Instrumental descobriram foi que o problema não está na bateria em si, como a maioria imaginava, mas sim no design do aparelho. O que acontece é que o design do phablet comprime a bateria, mesmo durante a operação normal do aparelho.

“A bateria do Note 7 consiste de uma camada positiva feita de óxido de lítio-cobalto, uma camada negativa feita de grafite, e duas camadas separadoras encharcadas de eletrólitos feitos de polímero. Essas camadas permitem que íons (e energia) fluam entre as camadas, sem permitir que elas se toquem”, explica Anna Shedletsky, CEO da Instrumental.

“Porém, se as camadas positivas e negativas entrarem em contato umas com as outras, o resultado pode ser uma explosão (ou fogo)”, diz a engenheira.

Em suma, parece que a Samsung tentou encaixar uma bateria de grande capacidade em um design muito fino, deixando o espaço para encaixar a bateria estreito demais para que as camadas não fossem pressionadas.

Isso explicaria como a Samsung conseguiu tornar a vida útil da bateria do Galaxy Note 7 mais longa do que a do Galaxy Note 5 sem tornar o aparelho fisicamente maior.

(dr) Instrumental

Interior do Samsung Galaxy Note 7

Interior do Samsung Galaxy Note 7 mostra o ponto que a Instrumental identificou como a provável causa das explosões

Segundo a Instrumental, “a Samsung quis inovar com o lançamento do phablet, e inovação significa forçar os limites”. No entanto, a empresa falhou na hora de realizar os devidos testes de segurança e validação do design do aparelho antes comercializá-lo.

Eles enviaram deliberadamente um produto perigoso às lojas“, diz a empresa de engenharia, que comprou e desmontou o Galaxy Note 7 para encontrar seu defeito explosivo.

Durante o primeiro recall do Note 7, as baterias foram substituídas por outras fabricadas em diferentes fornecedores.  Entretanto, isto não resolveu o defeito e acabou resultando no recolhimento total dos modelos enviados ao mercado, que totalizam cerca de 4,3 milhões de unidades.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Criador do Novichok aponta falta de principais sintomas da substância em Navalny

Leonid Rink não considera convincente a evidência apresentada pela Alemanha sobre o alegado uso do Novichok contra o opositor russo, pois, se isso tivesse acontecido, os efeitos teriam sido diferentes. Podem ter sido encontrados vestígios de …

Este pode ser o 1º planeta descoberto em outra galáxia, a 23 milhões de anos-luz

Astrônomos encontraram um candidato a planeta localizado em outra galáxia, bem longe da Via Láctea, em uma região de intensa atividade caótica. Este mundo distante parece ser um pouco menor do que Saturno e orbita um …

EUA: Trump causa alvoroço ao recusar transição pacífica caso perca as eleições

Donald Trump tensionou a classe política nos Estados Unidos ao se recusar a garantir uma passagem pacífica do poder se perder a eleição presidencial dos Estados Unidos para Joe Biden, em 3 de novembro. Bastou uma …

Escolas de samba adiam desfile de Carnaval no Rio de Janeiro

A Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa) decidiu adiar os desfiles das escolas de samba do grupo especial, que aconteceriam em fevereiro, devido à pandemia de covid-19. A decisão foi tomada, …

Governo brasileiro publica portaria sobre aborto retirando obrigatoriedade de informar polícia

Nova portaria publicada nesta quinta-feira (24) no Diário Oficial retira a obrigatoriedade de que a polícia seja avisada sobre a realização de abortos previstos em lei. O texto é assinado pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. …

Asteroide passa ‘raspando’ pela Terra e chega mais perto de nós do que satélites de TV

Por pouco não tivemos a ‘visita‘ de um asteroide na manhã desta quinta-feira (24). O evento era, basicamente, a cereja do bolo do que está sendo o anos de 2020. Quase! O objeto, chamado de ‘2020 …

Sarcófago de 'supervisor dos tronos' é desenterrado no Egito

Um sarcófago de pedra calcária e várias estatuetas funerárias ushebti foram descobertas na cidade egípcia de Minya, por uma missão arqueológica do país, liderada por Mostafa al-Waziry, o secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades do …

Trump não se compromete com transferência pacífica de poder

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, recusou-se a se comprometer com uma transferência pacífica de poder caso seja derrotado na eleição presidencial de 3 de novembro. "Vamos ver o que vai acontecer", disse Trump, ao …

TikTok impõe restrições em anúncios de emagrecimento para combater gordofobia

O TikTok anunciou nesta quarta-feira (23) uma série de novas regras que restringem a veiculação de anúncios de aplicativos e suprimentos de emagrecimento dentro da plataforma. Segundo o comunicado oficial da rede social, o objetivo das …

Volkswagen vai indenizar ex-trabalhadores que denunciaram ditadura militar no Brasil

A subsidiária da montadora alemã Volkswagen anunciou que vai indenizar ex-trabalhadores por violações de direitos humanos no Brasil. Como reconhecido pela própria empresa, seus serviços de segurança interna colaboraram com a ditadura militar brasileira …