“Design agressivo” pode ser a causa das explosões do Galaxy Note 7

portalgda / Flickr

Samsung Galaxy Note 7

Samsung Galaxy Note 7

Na semana passada, a Samsung prometeu que explicaria oficialmente as explosões do Galaxy Note 7 antes do final do ano. No entanto, uma empresa chamada Instrumental, responsável pela fabricação de ferramentas de engenharia, resolveu se antecipar e descobrir por conta própria a causa do problema com o gadget explosivo.

Para a surpresa de muita gente, o que os especialistas da Instrumental descobriram foi que o problema não está na bateria em si, como a maioria imaginava, mas sim no design do aparelho. O que acontece é que o design do phablet comprime a bateria, mesmo durante a operação normal do aparelho.

“A bateria do Note 7 consiste de uma camada positiva feita de óxido de lítio-cobalto, uma camada negativa feita de grafite, e duas camadas separadoras encharcadas de eletrólitos feitos de polímero. Essas camadas permitem que íons (e energia) fluam entre as camadas, sem permitir que elas se toquem”, explica Anna Shedletsky, CEO da Instrumental.

“Porém, se as camadas positivas e negativas entrarem em contato umas com as outras, o resultado pode ser uma explosão (ou fogo)”, diz a engenheira.

Em suma, parece que a Samsung tentou encaixar uma bateria de grande capacidade em um design muito fino, deixando o espaço para encaixar a bateria estreito demais para que as camadas não fossem pressionadas.

Isso explicaria como a Samsung conseguiu tornar a vida útil da bateria do Galaxy Note 7 mais longa do que a do Galaxy Note 5 sem tornar o aparelho fisicamente maior.

(dr) Instrumental

Interior do Samsung Galaxy Note 7

Interior do Samsung Galaxy Note 7 mostra o ponto que a Instrumental identificou como a provável causa das explosões

Segundo a Instrumental, “a Samsung quis inovar com o lançamento do phablet, e inovação significa forçar os limites”. No entanto, a empresa falhou na hora de realizar os devidos testes de segurança e validação do design do aparelho antes comercializá-lo.

Eles enviaram deliberadamente um produto perigoso às lojas“, diz a empresa de engenharia, que comprou e desmontou o Galaxy Note 7 para encontrar seu defeito explosivo.

Durante o primeiro recall do Note 7, as baterias foram substituídas por outras fabricadas em diferentes fornecedores.  Entretanto, isto não resolveu o defeito e acabou resultando no recolhimento total dos modelos enviados ao mercado, que totalizam cerca de 4,3 milhões de unidades.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Este é o único restaurante possível em tempos de coronavírus

Um restaurante sueco encontrou uma maneira criativa de promover o isolamento social sem fechar as portas. No meio do campo, o estabelecimento serve apenas um cliente por vez em uma experiência que contrasta com opções …

'É cada vez mais difícil acreditar que Bolsonaro chegue ao final do mandato', vê historiador José Murilo de Carvalho

A gravidade da crise causada pelo novo coronavírus no Brasil ficou mais evidente quando o país atravessou pela primeira vez, na terça-feira (19/05), a barreira de mil mortes por covid-19 registradas em 24h, segundo dados …

Estudo indica razão bizarra para a existência de barba nos homens

Humanos são bastante diferentes dos outros grandes primatas no que se refere ao pelo corporal: de forma geral temos bem menos que eles, especialmente as mulheres. Os homens, por outro lado, conseguem produzir uma barba longa, …

EUA querem fechar brecha em regra que bloqueia fornecimento de chips para Huawei

Reguladores dos EUA querem fechar uma brecha na nova regra que bloqueia o fornecimento global de chips para a Huawei. Recentemente, a fabricante chinesa também teve a sua presença prorrogada por mais um ano na …

Objetos escondidos por prisioneiros são descobertos em Auschwitz

Talheres e outros itens encontrados num duto de chaminé de um dos blocos daquele que foi o maior campo de extermínio nazista podem revelar detalhes sobre a vida no local, onde mais de um milhão …

Troca de ministros é exemplo de 'simplificação da política' de Bolsonaro

Constantes mudanças de ministro feitas por Jair Bolsonaro têm "impacto político importante", mas "simplificação da política" praticada pelo presidente o "mantém no cargo", disse sociólogo à Sputnik Brasil. Para Dario Sousa e Silva, professor da Universidade …

Pinguins fazem tour exclusivo em museu fechado por causa do coronavírus

Por todo o mundo a pandemia do novo coronavírus e a quarentena fecharam as portas dos museus, deixando as obras de arte solitárias nos corredores esvaziados das instituições, que já há meses não recebem visitantes. Enquanto …

Esse pode ser o único sintoma de Covid-19 em alguns pacientes

De acordo com publicação da Universidade de Utah, o coronavírus pode causar conjuntivite em casos raros e não parece ser o único sintoma de Covid-19, sendo acompanhada de febre, tosse e falta de ar. Mas …

Spotify reforça ambição de expandir para além do streaming de música

O Spotify teve uma alta em suas ações nessa terça-feira (19), depois de anunciar que terá, com exclusividade, um dos maiores podcasters do mundo na sua plataforma. "The Joe Rogan Experience", um podcast no estilo …

Israel é alvo de ciberataques generalizados

Vários websites de Israel foram atingidos nesta quinta-feira (21) por um ataque cibernético coordenado, com suas páginas principais sendo substituídas por imagens da capital, Tel Aviv, e de outras cidades israelenses em chamas. De acordo com …