Desmatamento da Amazônia disparou 278% mês passado, segundo dados de satélite

Neil Palmer / Wikimedia

Fotografia aérea de uma pequena parte da Amazônia brasileira próxima à Manaus

De acordo com novos dados de satélite do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) do Brasil, o desmatamento da Amazônia aumentou cerca de 278% em julho deste ano comparado a julho do ano passado.

Isso significa a perda de 2.253 quilômetros quadrados de vegetação, uma área maior que a cidade de São Paulo e quase duas vezes maior que a cidade do Rio de Janeiro – é a mais significante já registrada desde que o INPE começou a monitorar o desflorestamento utilizando a metodologia atual, em 2014.

Recentemente, no último 2 de agosto, Jair Bolsonaro demitiu o diretor do INPE Ricardo Galvão após este ter divulgado dados de satélite que mostraram um aumento de cerca de 88% do desmatamento em junho de 2019 comparado a junho do ano passado.

Bolsonaro, que fez campanha para a presidência prometendo abrir comercialmente a Amazônia para as indústrias madeireira, agrícola e de mineração, disse que os dados do INPE eram “mentirosos” e que Galvão deveria estar “a serviço de alguma ONG”.

Em resposta, de acordo com o Estado de S. Paulo, Galvão afirmou que o presidente fez “ataques inaceitáveis” que mais parecem “conversa de botequim” e que sua atitude foi “pusilânime e covarde”. Quem substitui o físico, engenheiro e membro da Academia Brasileira de Ciências na direção do Instituto é o coronel da reserva da Aeronáutica Darcton Policarpo Damião.

Segundo o Live Science, o governo de Bolsonaro também anunciou que contrataria uma empresa privada para assumir o monitoramento do desmatamento da Amazônia. Ainda, sugerindo censura, Bolsonaro afirmou que a divulgação de tais dados prejudica a imagem do país e que gostaria de recebê-los antes de eles se tornarem públicos.

Os dados que mostram o aumento absurdo do desmatamento na floresta vêm do programa de monitoramento por satélite do INPE chamado DETER (Sistema de Detecção do Desmatamento na Amazônia Legal em Tempo Real).

Lançado em 2004, seu objetivo é ajudar os cientistas do INPE a identificar e prevenir o desmatamento ilegal na Amazônia. A demissão de Galvão não é uma surpresa, uma vez que os sete meses de governo de Bolsonaro foram recheados de decisões políticas contra a legislação ambiental e pró interesses comerciais.

A Amazônia é a maior floresta tropical remanescente do planeta. Sua importância para o clima mundial é indescritível, uma vez que o “pulmão da Terra” é um enorme compensador das nossas emissões de carbono, absorvendo até 2 bilhões de toneladas por ano.

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO:

"Bicho vai pegar", diz Bolsonaro após autorizar uso do Exército e Força Nacional no Ceará

Presidente Jair Bolsonaro assina decreto que viabiliza uso do Exército e da Força Nacional para conter protestos de policiais militares no Ceará. Após diversos dias de protestos serem promovidos por policiais militares do estado do Ceará, …

Disney anuncia início de vendas do boneco do Baby Yoda

Depois de causar verdadeiro furor entre os fãs de ‘Star Wars’ e em gente que nunca ouviu falar da série de filmes, o boneco do Baby Yoda já tem data para chegar às lojas. O …

Arqueólogos encontram o que seria o túmulo de Rômulo, fundador de Roma

A descoberta é considerada "excepcional" pelos arqueólogos. O que poderia ser o túmulo de Rômulo (Romulus), o rei fundador de Roma, foi apresentado ao público pela primeira vez nesta sexta-feira (21), trazendo à tona uma …

Venezuela pede investigação do aeroporto de Lisboa em caso de tráfico de drogas

Polícia prendeu duas pessoas em Caracas, envolvidas em envio quinzenal de drogas para Portugal. Segundo autoridades venezuelanas, o transporte era feito em voos da TAP e o aeroporto de Lisboa foi acusado de cumplicidade. O Ministério …

Alemanha reforça medidas de segurança contra extrema direita após atentado

Após o choque do ataque racista em Hanau e pressionado por todos os lados a reagir, o governo alemão anunciou nesta sexta-feira (21) um fortalecimento da vigilância policial, especialmente em torno das mesquitas, diante de …

Tribunal autoriza Tesla a derrubar floresta nos arredores de Berlim

O Tribunal Administrativo Superior de Berlim-Brandemburgo, na Alemanha, autorizou nesta quinta-feira (20/02) a fabricante americana de carros elétricos Tesla a continuar derrubando uma floresta nos arredores de Berlim para a construção de sua primeira fábrica …

McDonald’s lança vela perfumada com ingredientes de hambúrguer

Quando você pensa que o McDonald’s já esgotou a sua cota de criatividade, eis que o marketing da franquia de restaurantes surge com as velas perfumadas com ingredientes de hambúrguer. Criadas para comemorar os 50 anos …

Câmara oculta no túmulo de Tutancâmon poderia abrigar rainha Nefertiti, revelam cientistas

Uma equipe de arqueólogos afirma ter encontrado evidências da existência de uma câmara oculta por atrás das paredes da famosa tumba de Tutancâmon, no Vale dos Reis, Egito. Essa câmara, segundo cientistas, poderia ser a …

Donald Trump critica Oscar por ter escolhido Parasita como Melhor Filme

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, não ficou nada satisfeito com a escolha de Parasita, longa sul-coreano, como vencedor do Oscar de Melhor Filme. O político disparou contra a Academia, que escolheu a produção de …

Vídeo viral de menino que sofre bullying gera onda de comoção e apoio global

Pessoas de todo o mundo se uniram em apoio a um menino australiano de nove anos depois que um vídeo mostrando sua profunda angústia por ter sofrido bullying viralizou nas redes sociais. Yarraka Bayle postou o …