Em Paris, Dilma Rousseff lança farpas contra Bolsonaro

Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

A ex-presidente do Brasil, Dilma Rousseff

A antiga Presidente do Brasil, Dilma Rousseff, participou no Sábado na “Fête de l’Humanité”, evento organizado pelo jornal comunista L’Humanité em La Courneuve, nas imediações de Paris.

Durante o muito esperado debate em que participou, Dilma Rousseff denunciou a situação vigente no seu país desde a chegada de Jair Bolsonaro no poder, em particular a permanência do antigo Presidente e figura proeminente do PT, Lula da Silva, na prisão.

Ao qualificar esta situação de “muito grave”, a antiga Presidente do Brasil considerou que “se é possível prender e condenar um ex-Presidente que tem a liderança do Lula, tudo é possível para qualquer pessoa.” Todavia Dilma Rousseff disse acreditar que “será muito difícil manter perante o mundo e perante a visão do povo brasileiro o Lula preso.”

Durante a sua participação na “Fête de l’Humanité” a antiga Chefe de Estado também se referiu a outro aspecto bastante comentado nas últimas semanas, os ataques do Presidente brasileiro e membros do seu executivo contra a Primeira-dama Francesa durante e depois da cimeira do G7, bem como contra a Alta Comissária da ONU para os Direitos Humanos e antiga chefe de Estado chilena, Michelle Bachelet, após esta última ter emitido críticas à actual política de Brasília.

A este respeito, Dilma Rousseff denunciou a “misoginia” de Bolsonaro e declarou “ter pedido desculpas” a ambas e manifestado “a solidariedade das mulheres do Brasil”.

Durante a sua intervenção, Dilma Rousseff evocou ainda a questão da Amazónia. “Ele [Bolsonaro] tem uma postura muito clara em relação aos direitos sociais e ambientais. Diz ter pena dos empresários porque são explorados pelo Estado e defende a redução dos direitos laborais ainda maiores do que a precarização que já foi feita. Ao mesmo tempo, considera um absurdo a protecção ao meio ambiente, à floresta amazónica e aos povos indígenas”, declarou Dilma Rousseff.

De referir que no âmbito da sua passagem por Paris, a antiga Presidente do Brasil tem em agenda esta Segunda-feira à noite uma conferência sobre “a crise da democracia na América Latina e no mundo” no Instituto de Ciências Políticas de Paris e esta Terça-feira deveria participar numa conferência intitulada “O Brasil será ainda o país do futuro? Juventude, educação e democracia” na Universidade da Sorbonne, também aqui em Paris.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …