Dinossauros gigantes sul-americanos podem ter cruzado continentes, diz estudo

(dr) Travis Tischler / Museu Era dos Dinossauros

Savannasaurus: um novo espécime de dinossauro

Savannasaurus: um novo espécime de dinossauro

Alguns dos gigantes da família dos dinossauros podem ter se originado na América do Sul, cruzado a Antártida e chegado até a Austrália 100 milhões de anos atrás.

Os dinossauros podem ter tido a oportunidade de fazer a jornada quando uma onda breve de calor permitiu a passagem por ligações de terra entre os continentes.

Dois fósseis descobertos na Austrália trouxeram mais evidências para reforçar essa teoria.

As duas espécies são saurópodes – um grupo de grandes dinossauros herbívoros com pescoços longos e cabeças pequenas -, mais tarde classificados como titanossauros, que estão entre os maiores dinossauros a habitar o planeta.

O coordenador da pesquisa, Stephen Poropat, do Museu Australiano Era dos Dinossauros, disse que os espécimes aumentam o conhecimento de como era a região do continente australiano entre 95 e 98 milhões de anos atrás.

“Assim temos uma ideia melhor da fauna como um todo”, disse.

“O resultado é que podemos começar a juntar as peças de como o clima afetou esses dinossauros, como as posições dos continentes os afetaram e como eles se desenvolveram ao longo do tempo”.

Árvore geneológica

Um dos fósseis dos dinossauros foi encontrado na cidade de Winton, na região centro-oeste de Queensland.

Ele foi chamado Savannasaurus elliottorum em referência aos Elliott, a família que encontrou a pilha de fósseis em sua propriedade quando cuidava de ovelhas.

(dr) Judy Elliott / Museu Era dos Dinossauros

Poropat entre as vértebras do dinossauro gigante

Poropat entre as vértebras do dinossauro gigante

O esqueleto do dinossauro estava encrustado em uma rocha e levou dez anos para ser remontado.

Os pesquisadores também descobriram ossos de outra espécie de saurópode, o Diamantinasaurus matildae.

“Este novo espécime de Diamantinasaurus ajudou a preencher diversas lacunas nos nossos conhecimentos da anatomia desse dinossauro”, disse Poropat.

“A caixa craniana em particular nos permitiu refinar a posição do Diamantinasaurus na árvore genealógica dos saurópodes.”

Jornada polar

Os dois espécimes ajudaram a mostrar que os titanossauros viviam em todo o planeta há 100 milhões de anos.

Isso foi possível devido à disposição dos continentes e ao clima da época.

O professor Paul Upchurch, da University College de Londres, disse que a Austrália e a América do Sul se conectavam com a Antártida durante a maior parte do período Cretáceo.

Quando o Savannasaurus ainda existia, há 95 milhões de anos, a temperatura global era ligeiramente mais alta que a de hoje, mas mais frio nos polos.

“Suspeitamos que o ancestral do Savannasaurus era da América do Sul, mas não entrou na Austrália até aproximadamente 105 milhões de anos”, disse.

“Naquele período, a temperatura global aumentou, permitindo aos saurópodes atravessar massas de terra em latitude polares.”

// BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

China revela análise de substância estranha encontrada na Lua em 2019

Em julho de 2019, a equipe da missão chinesa Chang'e 4 encontrou uma substância estranha na Lua. A descoberta foi anunciada em agosto do mesmo ano, chamando a atenção da comunidade científica, mas nada foi …

Cientistas alertam OMS para transmissão aérea do coronavírus além de dois metros

A transmissão aérea do novo coronavírus interpela os especialistas desde o início da pandemia. Nessa segunda-feira, um grupo de 239 cientistas alertou as autoridades de saúde do mundo inteiro, e em particular a OMS, …

Governo tem que tirar garimpeiros de terras yanomami em 15 dias para começar a enfrentar covid-19 em áreas indígenas

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região determinou que o Governo Federal deveria retirar os garimpeiros das terras yanomami de Roraima como medida para conter o avanço do novo coronavírus nos territórios indígenas. A decisão liminar …

Encontrada a origem da vida no universo

Uma estrela morre por segundo no universo. Mas esses objetos estelares não somem totalmente, algo sempre fica para trás. Certas estrelas entram em supernova, que geram um buraco negro ou uma estrela de nêutrons, enquanto a …

Bolsonaro afirma que está com covid-19

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira (07/07) que seu exame para detectar a covid-19 teve resultado positivo. Bolsonaro, de 65 anos, se submeteu ao exame na segunda-feira, após dizer que estava sentindo sintomas leves da …

Caso de peste bubônica é confirmado na China

Enquanto o mundo vem buscando tratamentos para a pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2), antigas doenças e ameças podem ressurgir, como um sinal de alerta para a sociedade. É esse o caso relatado pelas autoridades da saúde …

Petição que substituir estátua de Cristóvão Colombo por uma do músico Prince

O histórico processo de revisão das estátuas, nomes de rua e outras homenagens a personagens ligados ao racismo ou outros massacres étnicos prevê a retirada de tais homenagens, mas não somente: figuras efetivamente merecedoras dos …

EUA podem proibir aplicativos chineses, incluindo TikTok, diz secretário de Estado

Mike Pompeo já acolheu uma medida semelhante da Índia, que emitiu uma ordem provisória bloqueando o TikTok e outros 58 aplicativos ligados à China em meio ao primeiro choque fronteiriço mortal em décadas. O secretário de …

Brasil tem mais de 65 mil mortes por covid-19

O Brasil superou a marca de 65 mil mortos por covid-19 nesta segunda-feira (06/07), segundo dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e do Ministério da Saúde. Foram 620 óbitos registrados nas últimas …

Homem cria uma "cadeira de rodas" off-road para que sua esposa possa ir a lugares que ela nunca imaginou

Quem precisa de uma cadeira de rodas para se locomover sabe que não é nada fácil percorrer certos terrenos. Viagens a lugares nevados, trilhas tropicais, montanhas… Tudo isso parece impossível. Mas não deveria ser. Aliás, …