Descoberta nova espécie de dinossauro do tamanho de um pastor alemão

Ilustração de como seria o novo dinossauro paquicefalossaurídeo descoberto nos EUA.

Ilustração de como seria o novo dinossauro paquicefalossaurídeo descoberto nos EUA.

A descoberta de dois novos dinossauros com a cabeça em forma de cúpula está dando pistas sobre a evolução destes gigantes do período Cretáceo.

Estes dois novos espécimes, que pertencerão a um novo género e a uma nova espécie da família dos paquicefalossaurídeos, foram encontrados nos Estados Unidos, mais especificamente em Kaiparowits, no Utah, e em Kirtland, no Novo México.

Os crânios fossilizados dos dois dinossauros datam de há 76,5 milhões de anos e 73,5 milhões de anos, respectivamente, segundo o Live Science.

São dois espécimes pequenos, do tamanho de um pastor alemão, que revelam protuberâncias salientes únicas na parte de trás do crânio, “muito diferentes” do que o pesquisador que liderou o estudo, David Evans, diz já ter visto antes.

O professor do Departamento de Ecologia e Biologia Evolucionária da Universidade de Toronto, no Canadá, assume assim estarmos perante dois novos géneros e novas espécies.

As referidas protuberâncias teriam apenas funções ornamentais, servindo para as diferentes espécies se distinguirem e também para atrair companheiros, afiança Evans.

“Os dois novos espécimes se destacam em termos de integridade e isto permite-nos ter um conhecimento muito melhor da sua anatomia e relações”, considera ainda Evans.

As cabras-montês do Cretáceo

Os dois crânios foram encontrados na parte sul da antiga Laramidia, a parte ocidental da América do Norte, o que só por si é já motivo de espanto, uma vez que a maioria dos fósseis de paquicefalossaurídeos têm sido encontrados a norte, em zonas onde se situam atualmente a cidade canadense de Alberta e o estado norte-americano de Montana.

Evans constata que a localização dos dois crânios dá indicações de que “os paquicefalossaurídeos podem ter se diversificado no sul antes de se mudarem para o norte e darem origem ao paquicefalossaurídeo conhecido como Stegoceras“.

Evidenciando que este é um fato “inesperado”, o pesquisador sublinha que a descoberta “conta uma história interessante sobre a evolução deste grupo que ainda não conhecíamos”.

No período Cretáceo, as partes ocidental e oriental da América do Norte estavam divididas por uma via marítima. Os pesquisadores acreditam que essa potencial migração dos paquicefalossaurídeos de um lado para o outro indicia que essa divisão de água deve ter se extinguido a dado momento.

Os paquicefalossaurídeos, conhecidos como “lagartos de cabeça grossa” ou “lagartos de cabeça dura”, eram dinossauros bípedes e herbívoros, que podiam atingir até cerca de quatro metros de comprimento. São considerados uma espécie de cabra-montês do período Cretáceo, uma vez que viviam nas montanhas e em pequenos grupos.

SV, ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Bill Gates vai financiar sete pesquisas de vacina contra COVID-19

Bill Gates, o fundador, ex-CEO e atual filantropo, anunciou durante entrevista no talk show norte-americano Daily Show With Trevor Noah que, por meio de sua própria fundação, estará financiando sete pesquisas clínicas que buscam descobrir …

Bolsonaro é denunciado no TPI por “crime contra a humanidade”

A Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD) denunciou o presidente Jair Bolsonaro por crime contra a humanidade no Tribunal Penal Internacional.  A denúncia foi protocolada nesta quinta-feira (2) na corte de Haia. Segundo …

O primeiro ‘autor’ do mundo era uma mulher

Enheduanna viveu no século 23 antes da nossa era na Mesopotâmia. Princesa, sacerdotisa e poeta, ela pode se orgulhar de ter sido a primeira autora do mundo a ter seu nome conhecido em uma época …

Maduro envia carta ao povo dos EUA pedindo "cessação das sanções"

Nicolás Maduro enviou uma carta ao povo dos Estados Unidos expressando uma mensagem de solidariedade e paz, e pedindo fim das ameaças militares e das sanções contra Venezuela. No documento, o chefe de Estado venezuelano exprime …

Governo dos EUA alerta população para novo "11 de Setembro" devido à covid-19

Chefe da Saúde Pública do país prevê que próxima semana será "a mais difícil e mais triste da vida da maioria dos americanos". Ele compara repercussão a dois dos maiores traumas da história dos Estados …

Quarentena em todo o mundo deixou a crosta terrestre mais "silenciosa"

As medidas de isolamento social adotadas para conter o novo coronavírus (SARS-CoV-2) estão deixando a Terra mais silenciosa - ao menos para os “ouvidos” sensíveis dos sismógrafos. É que as atividades humanas, tais como a circulação …

IA sincronizada com música cria rostos falsos, o resultado pode se aterrorizante

As pessoas ainda aprendem a melhor forma de empregar as redes neurais artificiais, aprendizado de máquina e avanços em inteligência artificial. Entre as pesquisas práticas há a busca por empregar essas técnicas de forma a …

Coronavírus: 92% das mães nas favelas dizem que faltará comida após um mês de isolamento

"Muitas pessoas entraram na linha de pobreza da noite para o dia. O casal que trabalhava no shopping na semana retrasada, que recebia por semana, fez a compra da semana passada e nesta semana já …

Dois anos após mortes de Marielle e Anderson, Anistia Internacional cobra identificação de mandantes

Dois anos após os assassinatos da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) e do motorista Anderson Gomes, em 14 de março de 2018, o crime permanece sem solução e ilustra a impunidade no combate à violência …

Coronavírus poderia ser a 1ª de muitas outras pandemias futuras, adverte cientista

Apesar do registro de mais de um milhão de infectados à escala mundial, a doença poderia ser suplantada por patologias bem mais perigosas. Comparando com as doenças que poderiam reaparecer como resultado do aquecimento global, o …