Cientistas descobrem 2 novos “satélites” naturais da Terra

(dr) Lauri Voutilainen

Cientistas húngaros confirmaram a existência de duas gigantescas nuvens de poeira circulando ao redor da Terra a uma distância de cerca de 400 mil quilômetros – a descoberta foi apresentada na revista MNRAS.

Segundo diz Judit Sliz Balogh, da Universidade de Budapeste, na Hungria, autora principal do estudo publicado este mês na Monthly Notices of the Royal Astronomical Society, “as nuvens de Kordylewski são os dois objetos mais imperceptíveis na vizinhança imediata da Terra”.

“Elas estão aproximadamente na mesma distância que a Lua, e é por isso que os astrônomos nunca as notam. Por isso, estamos muito satisfeitos por podermos confirmar a existência destes dois pseudo-satélites do nosso planeta“, disse.

Já no século XVIII, os cientistas haviam estabelecido que pequenos corpos celestes podem se mover na mesma órbita que um planeta se estiverem perto de pontos na frente ou atrás dele onde a gravidade do Sol e do planeta está equilibrada.

Atualmente, são conhecidos seis quasi-satélites da Terra: 2016 HO3, 2010 TK7, 2003 YN107, 2004 GU9, 2001 GO2 e 2002 AA29. À exceção do 2016 HO3, todos os demais giram em trajetórias instáveis, inclusive alguns deles já saíram da órbita do nosso planeta alguns anos ou décadas depois de serem descobertos.

O nome das nuvens é uma homenagem ao astrônomo polonês Kazimierz Kordylewski, que, observando dois pontos de Tróia na órbita da Terra em 1961, notou que em um deles havia um grande acúmulo de poeira que eclipsava a luz do Sol e das estrelas.

Essa descoberta, como notou Sliz Balogh, foi recebida com ceticismo pela comunidade científica, já que os astrônomos não acreditavam que objetos com essa magnitude pudessem manter a estabilidade nesses pontos. Os cientistas verificaram repetidamente os cálculos de Kordylewski, mas não puderam confirmar ou refutar a descoberta.

Para encontrar vestígios da existência dessas nuvens, os astrônomos húngaros começaram a observar não o calor e a luz que suas partículas de poeira emitem, mas como as colisões das partículas alteram a polarização dos raios solares passando pelos pontos de Tróia.

Depois de vários meses de observações, Sliz Balogh e seus colegas conseguiram encontrar vestígios de que a luz solar foi linearmente polarizada em quase 20% na região L5, o ponto de Tróia localizado diretamente atrás da Lua.

Analisando suas propriedades, os cientistas chegaram à conclusão de que o objeto foi gerado não por uma, mas por duas nuvens de poeira, cada uma delas é cerca de três vezes maior do que a Lua, principal satélite da Terra.

Ainda não está claro o quanto estáveis são essas nuvens e há quanto tempo a Lua é “perseguida”, girando com elas em torno do nosso planeta.

Em conjunto com seus colegas cientistas, Sliz Balogh planeja encontrar respostas para essas questões observando as nuvens de Kordylewski com a ajuda de telescópios orbitais mais poderosos, cujo funcionamento não será afetado pela poluição luminosa e pela poeira na atmosfera.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Fóssil quase completo revela segredos sobre leão marsupial que aterrorizou a Austrália

A recente descoberta do fóssil de um esqueleto quase completo de um leão marsupial extinto revelou alguns dos seus segredos. Segundo a equipe de cientistas, cujo estudo foi publicado no dia 12 de dezembro na revista …

Boris, um robô altamente avançado, era na verdade um homem disfarçado

Em um fórum dedicado à robótica, a estação televisiva Rússia 24 apresentou um robô humanoide altamente avançado. Mas Boris era apenas um disfarce. “O Boris já aprendeu a dançar e não é ruim nisso”, foi assim …

Senado dos EUA responsabiliza príncipe saudita pelo homicídio de Khashoggi

Os senadores norte-americanos aprovaram por unanimidade uma resolução que refere que o príncipe herdeiro é “responsável pelo homicídio”, solicitando ao governo da Arábia Saudita que “garanta a aplicação de medidas apropriadas”. O Senado dos Estados Unidos …

Desigualdade cria ambiente propício para extrema direita no Brasil, diz Dilma

Personificada no presidente eleito Jair Bolsonaro, a extrema direita estava latente no Brasil e aproveitou-se da desigualdade para pavimentar seu crescimento. A avaliação foi feita pela ex-presidente Dilma Rousseff, derrotada nas eleições de outubro ao …

Químicos usados em panelas e roupas tornam os pênis menores

Um novo estudo científico concluiu que a exposição a altos níveis de compostos perfluoroalquílicos, mais conhecidos por PFCs, atrofia o crescimento dos órgãos sexuais masculinos, tornando os pênis menores e afetando também a fertilidade dos …

Atriz pornô é condenada a pagar 293 mil dólares a Donald Trump

Stormy Daniels foi condenada a pagar 293 mil dólares a Donald Trump para cobrir os gastos do presidente dos EUA com a Justiça. A atriz pornô Stormy Daniels, cujo nome real é Stephanie Clifford, foi condenada …

McDonald's vai reduzir uso de antibióticos na produção da carne

A resistência aos antibióticos representa uma ameaça à saúde global e à segurança alimentar. Quanto mais antibióticos são dados ao gado, mais rapidamente as bactérias podem se adaptar e se tornar resistentes. Quando se trata de …

Uma tonelada de chocolate invadiu as ruas de uma cidade na Alemanha

Um “rio” de chocolate invadiu as ruas de Werl, na Alemanha, esta semana. Um tanque de uma fábrica local produtora de chocolate transbordou, derramando cerca de uma tonelada de chocolate nas ruas da cidade, se …

Sonda da NASA captou o som do vento em Marte

A sonda InSight da NASA pousou em Marte em 26 de novembro, tendo a missão de estudar o interior do Planeta Vermelho. Por enquanto, nos presenteou com o som do vento no nosso planeta vizinho. No …

Voyager 2 da NASA já entrou no espaço interestelar

Pela segunda vez na história, um objeto feito pelo homem alcançou o espaço entre as estrelas. A sonda Voyager 2 da NASA saiu da heliosfera – a bolha protetora de partículas e campos magnéticos criada …