Empresa é multada por comprar reviews falsos na Amazon

Uma empresa de cápsulas de emagrecimento dos EUA foi multada em US$ 12,8 milhões por comprar reviews falsos para seus produtos disponibilizados na Amazon.

A Cure Encapsulations foi alvo de uma investigação da Comissão Federal de Comércio (FTC, na sigla em inglês) que resultou na primeira penalidade desse tipo por uma prática que vem se tornando cada vez mais comum no comércio eletrônico.

No processo, o governo acusa a fabricante de suplementos de pagar um site chamado Amazon Verified Reviews para realizar críticas positivas e infundadas sobre seus produtos, ocultando análises negativas feitas por clientes de verdade, além de manter a nota em, no mínimo, 4,3 de um total de 5. No momento em que esta reportagem é escrita, o serviço está inacessível.

A FTC aponta que a Cure Encapsulations usou de argumentos simplesmente falsos como uma forma de vender seus produtos, utilizando os reviews como mais uma ferramenta de marketing.

Entre as acusações vistas como problemáticas pelo órgão estão alegações de que os produtos da empresa seriam capazes de impedir a formação de gordura e garantir um emagrecimento rápido e sem esforço.

O componente principal usado pela empresa em seus produtos é a garcinia cambogia, que desde 2012 é citado como um inibidor natural de apetite, ganhando a atenção de celebridades e cidadãos comuns.

Entretanto, médicos e pesquisas científicas questionam sua real eficácia, com alguns estudos apontando até mesmo que o consumo contumaz desse tipo de substância pode gerar efeitos gastrointestinais danosos, o que levou até mesmo à proibição na venda de alguns destes produtos nos Estados Unidos.

A Cure Encapsulations, entretanto, estava fora desse banimento e, agora, se tornou a primeira condenada a pagar uma multa por causa de reviews falsos na Amazon. Do valor total, de US$ 12,8 milhões, a companhia deve pagar US$ 50 mil imediatamente, com o restante permanecendo suspenso até a finalização do processo, que ainda é passível de recurso.

O montante também pode ser reduzido caso ela cumpra outras determinações da FTC, como a de avisar aos compradores antigos sobre a aquisição de reviews falsos. Além disso, a empresa ficou proibida de vender suas cápsulas até que apresente comprovação científica válida sobre os efeitos que promete entregar.

Comentando o caso, o diretor do Bureau de Proteção ao Consumidor da FTC, Andrew Smith, afirmou que a publicação de reviews falsos fere os consumidores e também o mercado. Análises desse tipo, aponta Smith, são essenciais na experiência de compra pela internet, com esse tipo de manipulação artificial de notas e comentários impedindo a tomada de decisão consciente.

A Amazon não se pronunciou diretamente sobre o assunto, mas, no passado, já disse tomar todas as atitudes para coibir reviews falsos e também os sites que vendem esse tipo de postagem. A empresa garante que a “grande maioria” das análises publicadas em seu marketplace são legítimas, com aquelas sob suspeita sendo retiradas do ar assim que identificadas.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

'Morra quem morrer', diz prefeito na Bahia ao decretar reabertura do comércio

O prefeito da cidade de Itabuna (BH), Fernando Gomes, declarou em vídeo divulgado nas redes sociais que autorizará reabertura de estabelecimentos comerciais em 9 de julho. Ao anunciar a implementação do decreto que autorizará reabertura do …

Édouard Philippe, premiê francês, pede demissão e deixa cargo após três anos

O primeiro-ministro francês, Édouard Philippe, apresentou sua demissão nesta sexta-feira (3) ao presidente Emmanuel Macron, que aceitou o pedido. O anúncio foi feito nesta manhã pela assessoria do palácio do Eliseu, a sede da …

Crânio achado em tumba submarina revela aparência de homem da Idade da Pedra

Oscar Nilsson, um artista forense sueco, reconstruiu virtualmente a aparência de um homem da Idade da Pedra, cujo crânio sem mandíbula foi encontrado em uma estaca dentro de uma tumba submarina de aproximadamente oito mil …

Alemanha quer eliminar extremismo de direita de tropa de elite

Com reforma, Ministério da Defesa alemão pretende "apertar o botão de reset" no KSK, unidade de elite das Forças Armadas abalada por escândalos sobre envolvimento de seus membros com extremismo de direita. A ministra alemã da …

Putin, presidente "eterno"? Para mais de 75% dos russos, a resposta é sim

Vladimir Putin, presidente "vitalício"? Essa é uma das apostas da votação que termina hoje na Rússia, e que vem sendo apoiada por cerca de 73,55% dos eleitores, que até agora votaram “SIM” neste referendo. Se …

Funcionários da Tesla são demitidos por ficarem em casa

Quando a fábrica da Tesla na Califórnia (EUA) reabriu em meados de maio, o CEO, Elon Musk, tranquilizou os trabalhadores dizendo que não precisariam ir à fábrica se "se sentissem desconfortáveis". No entanto, apesar do comunicado, …

Brasil supera marca de 60 mil mortes por covid-19

Segundo dados das secretarias estaduais e do Ministério da Saúde, total acumulado de óbitos no país é de 60.632, com 1.448.753 infecções. Brasil tem ainda 826.866 pessoas recuperadas. O painel do Conselho Nacional de Secretários de …

Especialista pode ter encontrado a resposta para estátuas egípcias com nariz quebrado

Na arte e na simbologia religiosa do antigo Egito, a representação da figura humana era celebrada como possível receptáculo de nossas almas ou mesmo de um Deus, em estátuas que possuíam profunda função ritualística. Passados alguns …

Estrela massiva desapareceu sem deixar traços

Um objeto espacial integrante da galáxia anã Kinman desapareceu de nossas vistas, de acordo com uma pesquisa publicada na revista Monthly Notices of the Royal Astronomical Society. Essa estrela excepcionalmente grande foi descrita em 2001 …

Vacina da covid-19 produzida no Brasil será distribuída em dezembro, se aprovada

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) pode começar a distribuir a vacina contra a COVID-19 em dezembro deste ano, caso os testes finais se mostrem efetivos para evitar a propagação da doença. A vacina vem sendo …