Facebook completa 15 anos cercado por polêmicas, mas cheio de dinheiro

Kris Krug / Flickr

Mark Zuckerberg, fundador do Facebook

O Facebook completou 15 anos nesta segunda-feira, data em que a empresa comemorou os lucros recordes obtidos em 2018, mas que será lembrado como o pior ano de sua história nas relações pública devido às inúmeras polêmicas em que a rede social se envolveu.

Ao longo desse período, a rede social se tornou uma empresa que dominou o mundo da comunicação na internet. Só o Facebook, segundo dados divulgados pela própria companhia na semana passada, tem agora 2,3 bilhões de usuários – um terço da população global.

Apesar dos sinais de saturação no Ocidente nos últimos anos, o número de usuários do Facebook no planeta segue crescendo. Na América do Norte e na Europa, o ritmo de novos usuários caiu, mas segue avançando. E, com eles, as receitas de publicidade.

Em 2018, por exemplo, a receita líquida foi de US$ 22,1 bilhões, um recorde para a empresa de Menlo Park, na Califórnia. Junto com o Google, o Facebook controla cerca de 60% do dinheiro investido em publicidade online no mundo todo.

A onipresença do Facebook nas comunicações digitais é uma faca de dois gumes. É a principal razão pelos extraordinários lucros da empresa, mas também motivo pelo qual a empresa começa a ser alvo de críticas e fiscalizada com maior atenção por órgaõs de regulação dos diferentes governos do planeta.

No ano passado, o executivo-chefe da empresa, Mark Zuckerberg, teve que pedir perdão ao Congresso dos Estados Unidos pela gestão da rede social. A chefe de operações da companhia, Sheryl Sandberg, também reconheceu o domínio do Facebook aos parlamentares.

Fora dos EUA, Zuckerberg também foi à Eurocâmara, mas se recusou a prestar depoimento em um comitê internacional integrado por parlamentares de Argentina, Brasil, Canadá, Irlanda, Letônia, Singapura e Reino Unido, que exigia explicações sobre a propagação de informações falsas online e a influência política da rede social.

A maior polêmica em que o Facebook se envolveu em 2018 ocorreu em março, quando a imprensa revelou que a consultoria política Cambridge Analytica utilizou um aplicativo para compilar milhões de dados de internautas da plataforma, sem consentimento.

A empresa usou dados da rede social mais popular do mundo para elaborar perfis psicológicos de eleitores que teriam sido vendidos para a campanha do agora presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, durante as eleições de 2016.

O escândalo foi maiúsculo: as ações do Facebook desabaram na bolsa e representantes políticos em várias partes do mundo alertaram sobre a necessidade imediata de regulação da companhia. Meses mais tarde, em outubro, a rede social reconheceu que hackers roubaram dados pessoais de mais de 30 milhões de contas.

Os dois casos foram os mais famosos, mas 2018 foi um ano em que o Facebook não saiu das manchetes. Em um dos casos mais recentes, o “The New York Times” noticiou que Sandberg ordenou seus funcionários que investigassem os interesses financeiros de George Soros.

As violações da privacidade e a venda de dados dos usuários, o abuso das práticas de propaganda, a divulgação de informações falsas, a segurança na plataforma e as vulnerabilidades em relação aos hackers são vistos como calcanhar de Aquiles de uma das empresas mais poderosas da internet atualmente.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Um acelerador de partículas cósmico, muito mais poderoso do que o LHC foi descoberto no espaço

Cientistas rastrearam uma partícula fantasma para uma estrela despedaçada e descobriram um gigantesco acelerador de partículas cósmico. A partícula subatômica, chamada de neutrino, foi lançada em direção à Terra depois que a estrela condenada chegou muito …

Mulher de 'El Chapo' Guzmán é presa nos EUA acusada por narcotráfico

Foi presa nesta segunda-feira (22/02) nos Estados Unidos Emma Coronel Aispuro, 31, mulher de Joaquín "El Chapo" Guzmán, ex-líder do cartel de drogas mexicano Sinaloa. Aispuro, que tem cidadania mexicana e americana, foi presa no aeroporto …

Gana é o primeiro país do mundo a receber vacinas do programa Covax, da OMS

Gana recebeu nesta quarta-feira o primeiro lote mundial de vacinas financiadas pelo programa Covax, que proporciona aos países de renda baixa e média as primeiras doses de fármacos antiCovid. Os imunizantes foram enviados de …

Variante da Califórnia parece ser mais contagiosa e resistente a vacinas, aponta estudo

Um novo estudo confirma que a mutação do SARS-CoV-2 na Califórnia, EUA, é mais contagiosa e mais resistente a vacinas, embora a escala de sua ameaça ainda não esteja clara. Uma variante descoberta pela primeira vez …

Cheirinho de carro novo? Estudo alerta para risco de câncer em odor favorito de muitos

Um estudo publicado por pesquisadores da Universidade da California Riverside mostrou que o cheiro de carro novo, tão amado por todo mundo que acaba de comprar o seu veículo, pode ser um risco para saúde. Mas …

STJ anula quebra do sigilo de Flávio Bolsonaro no caso das "rachadinhas"

Ministros apontaram falta de fundamentação do juiz de 1ª instância. Decisões da próxima semana determinarão chance de o processo contra o senador ir adiante ou voltar ao início. A Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça …

Troca de comando na Petrobras: Bolsonaro repete interferência de Dilma na estatal?

As ações da Petrobras derreteram depois que o presidente Jair Bolsonaro decidiu mudar o comando da empresa. Na noite de sexta-feira (19/02), Bolsonaro anunciou o general da reserva Joaquim Silva e Luna para substituir o …

Uruguai, último país da América do Sul a receber vacinas, começa imunização em março

O presidente do Uruguai, Luis Lacalle Pou, informou nesta segunda-feira (22) que as primeiras vacinas contra a Covid-19 chegarão nesta quinta-feira ao país, o único na América do Sul que ainda não possui doses …

Cada ponto brilhante neste novo mapa cósmico é um buraco negro supermassivo

A equipe internacional sinterizou um conjunto tão impressionante quanto inédito de sinais de rádio emitidos por buracos negros supermassivos. Se tivéssemos um telescópio capaz de mostrar quaisquer objetos do universo, independentemente de quão distantes eles estão, …

Desvendado enigma de inscrição na obra "O Grito" de Edvard Munch

Uma frase escrita sobre uma das obras de arte mais conhecidas do mundo foi, durante um século, motivo de conjeturas e controvérsias entre os especialistas de arte em todo o mundo. Uma análise com escâner infravermelho, …