Estrada em área de maior biodiversidade do Brasil causa temor por gado e mineração

Thiago Gomes / Agência Pará

O governo brasileiro deseja criar uma conexão rodoviária entre o Acre e o Peru, vizinho amazônico do nosso país, desde meados da década de 1970.

Adormecido até recentemente, os planos mudaram com a eleição de Jair Bolsonaro e, conforme mostrou matéria da Folha de São Paulo, o processo para abrir o caminho entre a malha viária brasileira e a peruana está a todo o vapor.

A ideia pode causar a morte de diversas espécies, fragilizar populações indígenas e, em última instância, abrir uma vereda para a destruição do Parque Nacional da Serra do Divisor, dono da área com maior biodiversidade do mundo, com a invasão de mineradoras e criações de gado em um dos rincões do país.

Indígenas puyanawa receberam Ministro do Meio Ambiente, um dos principais defensores da criação da estrada, que pode afetar diversas espécies endêmicas da região e certamente afetará biodiversidade da Serra do Divisor

Não há conexão rodoviária entre o nosso Brasil e o Peru. Desde 1989, está previsto em lei que o Parque Nacional da Serra do Divisor teria, em seu meio, uma rodovia que conectaria a cidade de Mâncio Lima a Pucallpa, na Amazônia Peruana.

Esse projeto, entretanto, estava esquecido há anos. Além do custo de uma obra monumental, que poderia acabar como a Transamazônica (iniciada durante a ditadura militar e até hoje não concluída), existe um custo para as vidas do povo Puyanawa, que vive na região do Parque Nacional da Serra do Divisor.

Privatização e rodovias afetam a diversidade

Agora, além da pressão para a extensão da rodovia, pipocam projetos para privatizar o território protegido, além de tentativas de autorização da extração de madeira, criação de gado e mineração na região.

“O entorno da nossa terra já está todo comprometido. Já sabemos o prejuízo que as invasões causam. Os brancos vivem caçando na nossa terra, e as instituições ambientais não têm uma política para impedir. Imagina uma rodovia. Quantos milhões de pessoas vão transitar? Vai aumentar o agronegócio? Vai. Mas a nossa sobrevivência não está no agronegócio”, afirmou o cacique Joel Puyanawa, vereador pelo PT de Mâncio Lima, à Folha.

“Essa rodovia ameaça 100% a nossa terra, destrói o nosso sítio sagrado. Basta o prejuízo que tivemos com o coronel. Se a rodovia sair, extermina a história do nosso povo”, conclui ao jornal paulista. Joel relembra a história de Mâncio Lima, coronel da Seringa que escravizou indígenas para extração da borracha e é tido como herói pela elite acreana.

O governo brasileiro pressiona pela aprovação do projeto e Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente, afirma que o projeto colabora para a integração nacional.

Com a criação da estrada, o desejo de investidores, invasores e garimpeiros pelo santuário da biodiversidade brasileira no pulmão verde do mundo vai crescer, não há dúvida.

Resta saber se o governo Bolsonaro terá tempo suficiente para destruir o Parque Nacional da Serra do Divisor.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Sangue humano é encontrado em máscara funerária de civilização antiga do Peru

Um grupo de pesquisadores do Projeto Arqueológico Sicán, no Peru, descobriu vestígios de sangue humano e proteína de ovo de ave em uma máscara funerária de ouro de mil anos. O objeto pertence à civilização Lambayeque, …

Ebrahim Raisi

Irã anuncia retomada de negociações sobre acordo nuclear

Conversas sobre salvação do pacto assinado em 2015 estão paralisadas desde a eleição do novo presidente iraniano, o ultraconservador Ebrahim Raisi, gerando preocupação internacional. O Irã anunciou nesta quarta-feira (27/10) que vai retomar até o final …

Polônia é multada em € 1 milhão por dia por desobedecer decisão judicial da UE

A Polônia foi condenada nesta quarta-feira (27) a pagar para a Comissão Europeia, órgão Executivo do bloco, uma multa diária de € 1 milhão por não ter encerrado as atividades da câmara disciplinar da …

Startup ajuda pequenas empresas a monitorarem vacinação dos funcionários

A startup brasileira White Tents lançou uma versão em formato freemium — isto é, gratuita mas com alguns recursos pagos — de sua plataforma digital para pequenas empresas que queiram monitorar a vacinação de até …

Argentina vacinará brasileiros na região de fronteira e turistas estrangeiros menores de 18 anos

O governo argentino anunciou uma nova flexibilização para a entrada de estrangeiros no país, a vacinação de turistas menores de 18 anos e de cidadãos de países vizinhos que atravessarem a fronteira por via …

CPI da Pandemia conclui trabalhos e pede o indiciamento de Bolsonaro

Senadores aprovam relatório sobre atuação do governo na crise do coronavírus que propõe punição de 78 pessoas e duas empresas, após seis meses de depoimentos, coleta de provas e repercussão na mídia. A CPI da Pandemia …

Sinais de possível 1º exoplaneta fora da Via Láctea são detectados

Pela primeira vez na história, é possível que os cientistas tenham descoberto um planeta em outra galáxia. O possível exoplaneta recebeu o nome de M51-ULS-1 e se encontra a 28 milhões de anos-luz de distância na …

China vai vacinar crianças a partir de três anos contra a covid-19

Imunizantes aprovados são das farmacêuticas chinesas Sinopharm e Sinovac, fabricante da Coronavac. País será um dos primeiros a começar a vacinar essa faixa etária. No total, China já vacinou 76% da população. Ao menos cinco províncias …

"Bolsonaro ignora todas as necessidades culturais dos brasileiros", diz Gilberto Gil à revista Télérama

A imprensa francesa desta segunda-feira (25) destaca o show de Gilberto Gil nesta noite na Filarmônica de Paris. O músico brasileiro conversou com o jornal Le Monde e com a revista Télérama. "Gilberto Gil", embaixador …

"Peças extraordinárias" achadas na Indonésia podem ser da lendária "ilha do Ouro"

Tesouros no valor de milhões de dólares encontrados nos últimos cinco anos ao longo do rio Musi podem ser do antigo império malaio Serivijaia, na ilha de Sumatra, que por 300 anos dominou as rotas …