Procuram-se voluntários para ensinar as mulheres da Arábia Saudita a dirigir

حملة 26 أكتوبر

Mulher árabe dirigindo nos protestos de 26 de outubro de 2014

As mulheres sauditas, que poderão começar a dirigir a partir de junho, recorrem ao Twitter para conseguir contornar a desigualdade dos preços praticados nas escolas de condução na Arábia Saudita.

A partir de junho, as mulheres sauditas vão finalmente poder dirigir. O país árabe era o único no mundo que mantinha a proibição e, até agora, as cidadãs que fossem flagradas dirigindo corriam o risco de serem presas ou terem que pagar multa.

No entanto, segundo a Elle, o reino não tem facilitado o processo e as mulheres terão que pagar quase seis vezes mais que os homens para obterem a carteira de habilitação.

De acordo com a revista norte-americana, as mulheres com alguma experiência na direção precisam de apenas 30 horas de aulas e, por sua vez, as que não têm qualquer experiência necessitam de 90 horas.

O preço médio para uma hora de aula custa entre 60 a 75 riais, o que significa que as mulheres que nunca dirigiram vão ter de pagar cerca de R$ 6.500 para conseguir o número de horas exigido para estarem aptas ao exame de condução.

Além disso, os preços praticados pelas escolas femininas também são mais elevados se comparados aos das autoescolas para homens: um curso de direção para mulheres pode chegar aos 2400 riais (R$ 2.330), enquanto que o site do Ministério do Interior mostra que para um homem custaria apenas 435 riais (R$ 425).

Por isso, as mulheres sauditas mostram sua indignação nas redes sociais, tendo chegado a uma ideia para contornar a situação. Segundo a revista, tudo começou com o tuíte de Hanaa Aldhafery.

“Há por aí voluntários dispostos a ensinar outras pessoas a dirigir de forma gratuita? As aulas teriam que ser depois do Ramadã porque não queremos nenhum problema com a justiça e teriam que acontecer em parques de estacionamento longe de multidões. Se a resposta é sim, por favor escreva o nome da sua cidade em #مستعده_ادرب”, escreveu a saudita de 32 anos.

Traduzida para português, a hashtag significa algo como “estou pronto para ensinar” e, quantas mais pessoas estiverem disponíveis a ajudar, mais fácil será combater a desigualdade dos preços praticados no país.

Segundo a revista americana, desta forma, as mulheres que nunca dirigiram vão precisar apenas completar as 30 horas de aulas e conseguirão poupar cerca de R$ 3.200.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Ultrassom destrói células cancerosas

Cientistas do Instituto de Tecnologia da Califórnia e do Instituto de Pesquisa Beckman da Cidade da Esperança desenvolveram uma técnica de ultrassom direcionado de baixa intensidade que mata células cancerígenas sem afetar as células saudáveis …

Robôs são maior ameaça à humanidade que mudança climática, segundo especialista

Especialista em inteligência artificial acredita que robôs podem ser hackeados por terroristas, além de outros problemas, tornando-os potencialmente perigosos para o homem. Se por um lado a tecnologia pode ajudar o homem em suas tarefas do …

Sem capacidade para reciclar, Malásia devolve lixo para países desenvolvidos

A Malásia devolveu 150 contêineres de lixo ilegal para seus países de origem. Entre eles estão os Estados Unidos, a França, o Reino Unido e o Canadá, anunciaram as autoridades nesta segunda-feira (20). Segundo …

Defesa de Trump diz que processo de impeachment é ilegal

Em primeira manifestação formal desde o início do julgamento do presidente, defesa acusa oposição democrata de tentar interferir nas eleições de 2020. Os advogados do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disseram neste sábado que o …

Cidade de interior de SP inicia tarifa zero no transporte público

Enquanto diversas capitais ao redor do país aumentam o valor das passagens no transporte público, algumas outras cidades pensam diferente. Se o transporte coletivo gratuito parece um sonho inalcançável e utópico, algumas administrações públicas buscam maneiras …

Quantos anos de vida saudável os ricos ganham em relação aos pobres?

Um novo estudo europeu e americano descobriu que os ricos possuem cerca de nove anos de vida saudável a mais do que os pobres. A pesquisa foi bastante abrangente – os cientistas analisaram dados de mais …

O país sul-americano que deve crescer 14 vezes mais que a China neste ano

A Guiana ganhou na loteria e está prestes a resgatar o prêmio. Seus vizinhos, especialmente a Venezuela, aguardam intrigados para saber em que ela vai gastar. De acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI), a economia …

Portugal supera marca histórica de 500 mil imigrantes residindo no país; brasileiros são a maioria

Portugal atingiu um número recorde de imigrantes vivendo no país. O anúncio foi feito pelo governo nesta quarta-feira (15), durante debate no Parlamento sobre o Orçamento de Estado para 2020. "Os dados preliminares levam a dizer …

Papa Francisco nomeia primeira mulher para cargo de alto escalão no Vaticano

Pela primeira vez, uma mulher ocupará um cargo de alto nível no Vaticano. O Papa Francisco nomeou Francesca Di Giovanni para a função de vice-ministra da Secretaria de Estado da Santa Sé, órgão equivalente ao …

Khamenei chama Trump de "palhaço" e exalta ataque a bases dos EUA

Em primeiro sermão desde 2012, líder supremo do Irã afirma que Trump finge apoio ao povo iraniano e pede união após dizer que queda de avião foi "acidente trágico". EUA admitem que militares ficaram feridos. O …