Estudo revela o segredo da posição típica e peculiar dos flamingos

Flamingos gastam menos energia quando estão de pé numa perna só do que quando estão sobre duas pernas, dizem cientistas. A postura é típica desses pássaros, mas nunca se soube ao certo por que se apoiam sobre apenas um membro.

Pesquisadores americanos mostraram que os flamingos não fazem qualquer esforço muscular para ficar nesta posição, o que reduz o gasto de energia do corpo. A pose ativa um mecanismo que permite que eles até mesmo durmam sobre uma perna.

Antes, cientistas cogitavam que a posição poderia ajudar a reduzir a fadiga muscular, conforme os animais alternavam de uma perna para a outra. Também já foi sugerido que o comportamento seria uma forma de regular sua temperatura corporal.

Agora, Young-Hui Chang, do Instituto de Tecnologia da Georgia, e Lena H. Ting, da Universidade Emory, desvendaram os mecanismos por trás da posição. A dupla realizou vários experimentos não só em animais vivos, mas também em espécimes mortos, e descobriu que mesmo os cadáveres ficavam apoiados sobre apenas uma perna sem cair.

Em um estudo publicado nas Biology Letters, da Royal Society (a Academia Real de Ciências do Reino Unido), eles descrevem o que chamaram de “mecanismo gravitacional passivo”. “Se você olha para o animal de frente, quando ele está sobre uma perna, percebe que a pata fica diretamente abaixo do corpo, o que significa que a perna fica angulada para dentro. Essa posição ativa o mecanismo”, disse Chang à BBC News.

No entanto, os flamingos mortos não conseguem permanecer de pé sobre duas pernas, o que indica que a posição (sobre uma perna) exige um esforço muscular. “Se você coloca as pernas totalmente na vertical, o mecanismo é desativado”, explicou o cientista.

Os pesquisadores também estudaram animais vivos e demonstraram que, quando ficam sobre uma perna e descansam, quase não se movem – o que destaca a estabilidade dessa posição passiva. No entanto, esses pássaros balançam quando realizam outras atividades enquanto estão nessa posição – como se limpar ou se comunicar.

Chang destaca que a anatomia que possibilita a postura passiva ainda não é totalmente compreendida – esse será o próximo passo do estudo. Mas explicou que o fenômeno não envolve o travamento de juntas das pernas.

“Se travassem, isso significaria que os membros permaneceriam fixos em ambas as direções. Mas observamos que eles permanecem fixos em uma direção, mas flexíveis na outra. É algo mais parecido com o mecanismo que trava uma porta“, disse Chang.

// BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Fábrica russa eliminará deficiências na produção da Sputnik V de acordo com recomendações da OMS

Em resultado de inspeções efetuadas na Rússia, o grupo de especialistas da Organização Mundial da Saúde fez várias observações sobre a fabricação da vacina Sputnik V. Estas são ligadas principalmente à proteção do meio ambiente …

Brasil ultrapassa Índia e volta a ser líder mundial em mortes diárias por coronavírus

Em meio ao avanço da terceira onda da pandemia, o Brasil ultrapassou a Índia e voltou à liderança do número de mortes diárias por covid-19 registradas, em média. São mais de 2.000 óbitos registrados por …

Rajadas rápidas de rádio ajudarão a mapear distribuição de matéria no universo

O novo levantamento dos dados coletados pelo radiotelescópio CHIME (Canadian Hydrogen Intensity Mapping Experiment) resultou em mais de 500 rajadas rápidas de rádio devidamente catalogadas, todas feitas durante o primeiro ano de atuação do telescópio. Agora, …

Lider da UE chama lei húngara anti-LGBT de vergonha

Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, afirma que vai usar poderes de que dispõe para garantir direitos de todos os cidadãos do bloco. Países pediram à UE que agisse. A presidente da Comissão Europeia, …

Apesar de ter vacinado mais da metade da população, Israel teme 2ª onda de Covid

O primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, alertou nesta terça-feira que o país pode enfrentar uma nova onda de coronavírus. Segundo ele, o aumento do número de doentes, causado pela chegada da variante Delta, “importada” por …

Cientistas resolvem enigma de esculturas de pedra de 3.200 anos da Turquia

Um recente estudo permitiu descobrir finalmente o significado e a função dos relevos em pedra criados há 3.200 anos no santuário de Yazilikaya, na Turquia, após 200 anos de conjeturas. No século XIII a.C., a alguns …

EUA não devem esperar retomada do diálogo com Pyongyang, diz irmã de Kim Jong-un

As expectativas de retomada do diálogo entre os EUA e a Coreia do Norte são erradas, podendo levar a uma "decepção ainda maior", declarou a irmã do líder norte-coreano. Na terça-feira (22), Kim Yo Jong, alta …

Ministro da Saúde diz que não há mudança de estratégia para a Coronavac

No início desta segunda-feira (21), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, revelou que não haverá qualquer mudança de estratégia para a aplicação da CoronaVac. A declaração do ministro foi feita em audiência ao Senado Federal, revelando …

Há 80 anos, Hitler invadia a URSS – e começava a perder a guerra

Adolf Hitler e seus generais vinham planejando há meses para este momento. No domingo, 22 de junho de 1941, havia chegado a hora: às 3h15 da manhã, a Wehrmacht, forças armadas nazistas, atacou a União …

Com apenas 2% da população imunizada, África quer fabricar suas próprias vacinas anticovid

A África do Sul anunciou nesta segunda-feira a primeira etapa para capacitar seu continente na produção de vacinas anticovid. A conclusão do projeto ainda não tem data prevista, mas a iniciativa já é vista …