Europa vota e salva a Internet (pelo menos por enquanto)

Pietro Naj-Oleari / European Parliament

O Parlamento Europeu votou contra a proposta legislativa que iria alterar as regras sobre os direitos autorais na internet no território da União Europeia. A rejeição adia o debate do tema para a próxima sessão legislativa, entre 10 e 13 de setembro.

“O Parlamento Europeu não vai, nem quer, acabar com a internet”, garantiu Axel Voss, relator da proposta de revisão das regras de direitos autorais nas plataformas digitais, na manhã desta quarta-feira (4), em coletiva de imprensa, em Bruxelas, que antecedeu a votação da legislação que promete mudar a internet para sempre.

Mas, por enquanto, a alteração das regras sobre os direitos autorais na internet não avança, dado que o Parlamento Europeu votou contra a proposta legislativa. A rejeição desta quinta-feira (5) adia para a próxima sessão legislativa o debate e aprofundamento do tema, informa o português Jornal de Negócios.

Já segundo o Diário de Notícias, a votação foi de 318 votos a favor e 278 contra. A lei foi assim devolvida à comissão de assuntos jurídicos para que o texto seja melhorado.

A comissão fica assim impedida de avançar nas negociações com outras instâncias europeias sobre a proposta que configura uma grande mudança nas regras da internet. Em setembro, o tema poderá voltar a ser abordado de forma mais abrangente.

A proposta tem sido alvo de muita polêmica e, segundo a deputada francesa Virgine Rozière, levou mesmo a “ameaças de morte”, escreve a rádio portuguesa Renascença.

Jean-Marie Cavada, da Aliança dos Liberais e Democratas pela Europa, acusa as grandes empresas digitais de divulgarem informações falsas. “Estão falando de liberdade, mas pensando em dinheiro”, acusa.

Por sua vez, Virginie Rozière acusa o Google de ter pressionado os jornais que financia a publicar as razões pelas quais o artigo 11º e o artigo 13º da legislação europeia (os dois artigos mais polêmicos) deviam ser rejeitados. E rejeita, ainda, que as novas regras são sinônimo de censura.

O objetivo da proposta, frisa a deputada, é regular grandes plataformas, como o YouTube. Rozière dá o exemplo francês: esse site reúne cerca de 80% do consumo de música em streaming, mas representa menos de 3% das receitas para os artistas – uma concorrência “desleal” para plataformas como o Spotify,  que dá uma percentagem das receitas aos detentores dos direitos autorais.

Além de implicar que empresas como o Google, YouTube ou Facebook tivessem que compartilhar suas receitas com os autores, a proposta em cima da mesa visava também a instalação de filtros contra a pirataria.

Em sinal de protesto, Wikipédia suspende serviço

Em protesto contra a reforma da diretiva europeia sobre os direitos autorais, a Wikipédia – as edições nas línguas espanhola e italiana – estiveram suspensas, sem possibilidade de acesso até a hora da votação.

Segundo o Diário de Notícias, a comunidade espanhola da Wikipédia afirma que a proposta, caso aprovada, “prejudicará significativamente a internet aberta que conhecemos hoje”, ao “ameaçar a liberdade online e impor novos filtros, barreiras e restrições no acesso”.

A própria Wikipédia fica em risco“, declarou, explicando o encerramento temporário da plataforma, como forma de alertar as pessoas. A edição italiana também esteve fechada desde terça-feira (3), em protesto.

Ainda assim, alguns dos eurodeputados responsáveis pela iniciativa afirmaram, em coletiva de imprensa, que “a Wikipédia está errada, porque a proposta afetará apenas páginas de internet para fins comerciais”.

De acordo com o jornal, a Fundação Wikimedia (organização sem fins lucrativos que promove a Wikipédia) colocou na sua página em inglês um alerta com informação sobre a nova legislação e meios para entrar em contato com os eurodeputados.

A versão em português não tem qualquer referência ao tema.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Cientistas revelam nova razão que explica dependência do álcool

De acordo com um novo estudo, a dependência do álcool tem uma relação direta com as mudanças climáticas: quanto mais frio é o clima e menos incidência de sol, mais as pessoas tendem a consumir …

Cientistas encontraram pássaro que é três espécies em uma só

Cientistas encontraram um pássaro incomum na Pensilvânia, que guarda um incrível segredo genético: a toutinegra é o híbrido de três espécies diferentes de pássaros. Uma equipe de cientistas encontrou um pássaro incomum na Pensilvânia, cuja mãe …

Hitler abraçou uma menina judia; 85 anos depois, a foto foi a leilão

Uma foto de 1933 mostra o ditador nazista ao lado de uma menina de seis anos de idade cuja avó era judia. A imagem, com uma dedicatória assinada por Hitler, foi arrematada em leilão por …

No deserto mais seco do mundo, a chuva mata

No deserto mais seco e mais antigo da Terra, as coisas não funcionam da mesma maneira que em outros lugares. A água, por exemplo, não é uma bênção. No deserto do Atacama, no Chile, as …

CIA pensou em usar “soro da verdade” nos interrogatórios do 11 de setembro

O “Projeto Medicação” foi posto de lado em 2003, mas, até lá, os médicos da CIA estudaram a hipótese de substituir as violentas técnicas de interrogatório pelo uso de um “soro da verdade” que fizesse …

Distração de professora provoca ferimentos em 40 crianças na China

A distração de uma professora que se esqueceu de apagar uma luz ultravioleta em uma escola de Tianjin, perto de Pequim, causou ferimentos e queimaduras em mais de 40 crianças, informou nesta sexta-feira a imprensa …

Hábito diário pode ajudar a prever morte prematura

A velocidade com que caminhamos fornece muitas pistas sobre o nosso estado de saúde e pode mesmo ajudar a prever uma morte prematura.  Segundo um novo estudo, realizado o por cientistas da Universidade do Sul …

Assassino de John Lennon sente “mais vergonha” a cada dia que passa

Mark David Chapman, que assassinou John Lennon em 1980, disse a um conselho de condicional que se sente “mais e mais envergonhado” a cada ano que passa por ter assassinado o ex-Beatle. “Há 30 anos, eu …

Submarino argentino ARA San Juan é achado um ano após ter desaparecido com 44 tripulantes

A carcaça do submarino argentino Ara San Juan, desaparecido desde 15 de novembro de 2017 com 44 tripulantes a bordo, foi localizada no fundo do oceano Atlântico, a 800 metros de profundidade, a leste da …

Cientistas determinam qual foi o pior período na história da humanidade

Cientistas americanos chegaram à conclusão de que em 536 d.C., "um dos períodos mais terríveis" começou na história da humanidade. Segundo o historiador medieval Michael McCormick, arqueólogo da Universidade de Harvard, um "nevoeiro misterioso" caiu sobre a …