Ficar longe do Facebook aumenta bem estar e autoestima

rishibando / Flickr

Todos sabem que a chegada das mídias sociais mudou a forma de se relacionar no mundo. Com a popularização de ferramentas como o Twitter, Instagram e Facebook, as informações se descentralizaram e praticamente todo mundo tem direito a emitir opinião.

Ao lado das mídias sociais, palavras antes desconhecidas do grande público como startup, gadgets, selfie e o Vale do Silício, na Califórnia, caíram na boca do povo. Para se ter uma ideia do impacto do Facebook, a rede social criada por Mark Zuckerberg em 2004 acumula hoje cerca de 2 bilhões de usuários.

Na Terra somos 7 bilhões. Entre as 10 empresas mais valiosas do mundo, valendo quase 1 trilhão de reais, o Facebook é responsável por uma grande parte do gasto de tempo de um indivíduo.

Mas como nem tudo são flores, depois de mais de 10 anos desde sua fundação, a rede social é alvo de questionamentos sobre se teria ou não ultrapassado seu auge.

Para completar, o que não faltam são estudos apontando os malefícios para a saúde das redes sociais, como uma recente pesquisa que relaciona casos de depressão, raiva, isolamento e problemas de autoestima com o uso da ferramenta.

Os dados coletados pela Cyberphysiology, Behaviour and Social Networking, empresa especializada em comportamento nas redes sociais, demonstram que após deixarem o Facebook, a saúde mental dos usuários melhorou consideravelmente e sentimentos como raiva desapareceram.

Foram ouvidas cerca de 2 mil pessoas, com uma média de 34 anos e divididas em dois grupos: uma parte usaria o Facebook normalmente e a outra deixaria de visitar a rede por uma semana. Antes e depois dos estudos os selecionados responderam perguntas a respeito do uso do Facebook.

“O estudo evidencia que dando um tempo no Facebook leva ao aumento das sensações de bem estar. Os participantes que deixaram a rede social por uma semana demonstraram níveis significativos de melhoria emocional”, explica o autor da pesquisa Tromholt Morten falando para a revista Forbes.

Pelo bem ou pelo mal, o importante é apreciar com moderação.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Na Índia, campanha faz semáforo voltar ao vermelho se os motoristas buzinarem demais

Se a Índia é um país famoso por sua religiosidade, sua culinária, suas belezas naturais e, sendo o segundo país mais populoso, por ser a maior democracia por eleitorado do mundo, ela também carrega a …

Secularismo e tolerância a minorias predizem a prosperidade de um país

Pesquisadores da Universidade de Bristol e Universidade do Tennesse analisaram dados de quase 500 mil pessoas de 109 países e concluíram que mudanças na cultura geralmente vêm antes da melhora na riqueza, educação e democracia. Os …

Estudo: declínio de abelhas se aproxima da extinção em massa

De acordo com um novo estudo liderado por cientistas da Universidade de Ottawa (Canadá), a probabilidade de uma população de abelhas sobreviver em qualquer lugar diminuiu 30% no curso de uma geração humana. Os pesquisadores sugerem …

Pesquisador diz ter descoberto droga capaz de apagar memória ruim de separação amorosa

Um pesquisador de Montreal, no Canadá, diz ter encontrado uma maneira de acabar com o sofrimento causado por uma separação traumática — ele "edita" as memórias dolorosas usando um betabloqueador e sessões de terapia. Alain Brunet …

Documento revela que Facebook poderia ter virado uma "Wikipédia da vida privada"

Steven Levy, conhecido editor da Wired, conseguiu colocar as mãos em algo que ele talvez nunca imaginou encontrar: um diário de Mark Zuckerberg, CEO e fundador do Facebook, datado de 2006 e que mostra algumas …

Missão suicida: satélite queimará na atmosfera da Terra, mas por uma boa causa

Na próxima semana, a Agência Espacial Europeia (ESA) vai destruir um satélite, lançando-o em direção à atmosfera da Terra, só para vê-lo queimar durante a reentrada. Sim, tudo de propósito. Trata-se de um experimento muito …

Pé Grande vagueia pelo Reino Unido enquanto centenas de relatos são registrados

Apesar de a lenda do Pé Grande ser tipicamente americana, centenas de pessoas relataram ter visto a enigmática criatura em diversas localidades do Reino Unido. Se por um lado o Reino Unido é um país relativamente …

Um terço de todas as espécies de animais e plantas pode desaparecer em 50 anos

Um novo estudo da Universidade do Arizona (EUA) estimou que um terço de todas as espécies de plantas e animais do planeta pode ser extinta em até 50 anos devido aos efeitos da mudança climática. Para …

Huawei ataca governo dos EUA e lembra caso Snowden

Em comunicado publicado nesta quinta-feira (13), a Huawei voltou a se defender dos ataques feitos pelos Estados Unidos nesta semana, afirmando que, se tem alguém envolvido com espionagem internacional, esse alguém é justamente o governo …

Os efeitos políticos e religiosos do encontro entre Lula e o papa

Reunião no Vaticano vai além de troca de gentilezas entre dois líderes sul-americanos. Para especialistas, audiência tem repercussões para o ex-presidente, o PT e a própria Igreja Católica, que vive disputa de poder. A reunião entre …