Facebook mantém suspensão de Donald Trump

Painel de especialistas diz que foi correta a decisão de proibir o ex-presidente de postar na mídia social, mas critica forma como ela foi tomada e encomenda nova revisão.

Um painel independente de jornalistas, juristas e ativistas designado pelo Facebook decidiu nesta quarta-feira (05/05) por manter a suspensão da conta do ex-presidente americano Donald Trump na rede social.

O painel, que delibera sobre as decisões de conteúdo da empresa, considerou que foi correta a decisão de proibir Trump de postardepois que ele usou a ferramenta para fomentar a invasão do Capitólio em janeiro. A invasão terminou com cinco mortes e foi considerada um grave atentado à democracia americana.

O risco contínuo de violência, afirmou o painel, “justificava” a suspensão.

A decisão torna difícil para Trump voltar às principais mídias sociais do mundo, que serviram de trampolim para ele montar uma base eleitoral, chegar à presidência e, uma vez na Casa Branca, manter a comunicação com seus adeptos, contornando a mídia tradicional.

Twitter e YouTube também baniram Trump em janeiro, sob o argumento de que o risco de dano e o potencial de violência que ele criou eram grandes demais para permitir que ele continuasse postando.

“Decisão certa, mas arbitrária”

Na decisão publicada nesta quarta-feira, o conselho ressaltou que “apoia” a suspensão das contas do ex-presidente porque suas publicações durante o ataque ao Capitólio “violaram gravemente as regras” de utilização da rede social, mas considerou que a sanção, por tempo indefinido, é arbitrária.

“Não é permitido que o Facebook mantenha um usuário fora da plataforma por um período indefinido, sem nenhum critério por quanto tempo ou se a conta será restaurada”, disseram os especialistas. O painel disse que o Facebook “pode impor uma suspensão limitada de tempo ou a exclusão da conta”.

“Em vez de aplicar uma das sanções estabelecidas por violações graves, o Facebook concebeu uma suspensão indefinida que não está incluída nas suas políticas de conteúdo (…) uma sanção arbitrária”, detalhou o organismo independente.

Os 20 membros do conselho ainda lamentaram que o veto tenha ocorrido “sem critérios que possam ser examinados pelos utilizadores ou observadores externos” e, portanto, pediram à empresa que “reexamine” sua sanção e imponha outra em conformidade com os regulamentos internos da rede social.

Decisão terá que passar por revisão

Esta revisão deve ocorrer durante os próximos seis meses, e o Facebook comprometeu-se, desde o momento da criação do conselho em 2019, a cumprir todas suas resoluções.

Se o Facebook determinar que deve suspender o veto indefinido, Trump poderá voltar a utilizar suas contas no Facebook e no Instagram, embora no momento ainda esteja bloqueado na maioria das outras redes sociais, como Twitter e YouTube.

Mark Meadows, ex-chefe de gabinete de Trump, condenou a decisão da empresa que gere o Facebook. Para ele, a decisão tem um efeito negativo na liberdade de expressão.

É um dia triste para a América, é um dia triste para o Facebook”, disse Meadows, em entrevista ao canal Fox News.

O antigo conselheiro de Trump Jason Miller chegou a anunciar que o ex-presidente lançaria a sua própria plataforma digital, “com dezenas de milhões de seguidores”, mas, no momento, existe apenas um “blog” associado a um site com algumas mensagens datadas de fevereiro deste ano.

Outras redes

Outras redes sociais tomaram medidas semelhantes às do Facebook, após a invasão do Capitólio, e mantiveram Trump sem o direito de postar.

O YouTube anunciou que vai esperar até que “o risco de violência diminua”, antes de permitir que o ex-presidente volte a colocar vídeos no seu canal.

O Twitter – a rede social preferida de Trump, que tem quase 89 milhões de seguidores – suspendeu a conta do ex-presidente, de forma irrevogável. Mas Jack Dorsey, o fundador da rede social, lamentou não ter existido a possibilidade de “promover uma conversa saudável”.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Pandemia de Covid-19 vai acabar "quando o mundo decidir acabar com ela", diz diretor da OMS

A pandemia de Covid-19 vai acabar "quando o mundo decidir acabar com ela", disse neste domingo (24) o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Ghebreyesus. O representante da ONU discursou na abertura …

Google está “criando Deus”, alerta ex executivo da Google

Segundo um ex-executivo do Google, a singularidade está chegando. E, segundo ele isso representa uma grande ameaça para a humanidade. Mo Gawdat, ex-diretor de negócios da organização moonshot do Google, que na época se chamava Google …

Pandemia causa a maior redução na expectativa de vida desde a Segunda Guerra

Desde a descoberta do coronavírus SARS-CoV-2, mais de 4,9 milhões de pessoas morreram oficialmente em consequência da infecção, segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins. Nesse cenário, a pandemia da covid-19 reduziu a expectativa de vida …

Forças Armadas da Noruega assinam contrato bilionário de mísseis para caças F-35

Noruega tem sido um parceiro ativo no programa de caças dos EUA F-35, tendo em conta que 18 empresas deste país nórdico são parceiros diretos. Subsequentemente, a Noruega decidiu adquirir 52 caças F-35 para substituir …

Brasil fez lobby para mudar relatório climático, diz Greenpeace

Vários países, entre eles o Brasil, tentaram fazer mudanças em um crucial relatório da ONU sobre como combater o aquecimento global, afirmou o Greenpeace nesta quinta-feira (21/10), citando um grande vazamento de documentos. Os documentos aos …

Site da Coreia do Sul é usado para hospedar vírus e distribuí-lo via torrents

Uma campanha de distribuição de malwares na Coreia do Sul está disfarçando cavalos de troia de acesso remoto como um jogo para o público adulto, compartilhado via serviço de hospedagem de arquivos, como o WebHard, …

América Latina pode levar ‘muitos anos’ para superar impacto da pandemia, alerta FMI

Os efeitos negativos da pandemia de Covid-19 em termos de produtividade, emprego e capital humano na América Latina e Caribe podem "demorar muitos anos para serem revertidos". O alerta foi feito nesta quinta-feira (21) pelo …

Dinossauro “garça do inferno com cara de crocodilo” é descoberto

Dois dinossauros carnívoros de dentes pontiagudos com crânios de crocodilo apareceram uma vez nas margens do rio na Ilha de Wight, na Inglaterra, revelam novos fósseis. Os cientistas deram às criaturas nomes científicos que se traduzem …

As 9 acusações contra Bolsonaro no relatório da CPI - e a manobra governista para tentar blindá-lo

Após o relatório da CPI da Covid no Senado acusar o presidente Jair Bolsonaro de nove crimes durante a pandemia, um senador da bancada governista tentou uma manobra para "blindar" o chefe do Executivo e …

Nova onda de covid-19 atinge o Leste Europeu

Uma nova onda de covid-19 se alastra pela Europa, sobretudo em países do Centro e do Leste, onde as taxas de imunização se mantêm mais baixas. A alta nos casos em vários países faz com …