Facebook, Microsoft, Twitter e YouTube formam grupo para combater terrorismo

Facebook, Microsoft, Twitter e YouTube anunciaram nesta segunda-feira que formaram um grupo para combater o terrorismo através do seu trabalho conjunto, a promoção de pesquisas e a colaboração com organizações e instituições.

A coalizão empresarial, chamada Global Internet Forum to Counter Terrorism, ajudará a transformar as quatro empresas em espaços “hostis aos terroristas e aos extremistas violentos”, afirmaram Twitter e YouTube em diferentes comunicados postados em seus blogs corporativos.

O grupo desenvolverá seu trabalho a partir de iniciativas como o Fórum Europeu de Internet ou a base de dados compartilhada de “hashes” (impressões digitais específicas de cada arquivo) que seus integrantes impulsionaram em dezembro do ano passado.

“A propagação do terrorismo e do extremismo violento é um problema global diligente e um desafio crucial para todos nós”, indicou o grupo, que ressaltou como as suas “políticas e práticas de eliminação” de conteúdos extremistas mostram “posturas firmes” a respeito desta marca.

“Acreditemos que trabalhando lado a lado, compartilhando os melhores elementos tecnológicos e operacionais dos nossos esforços individuais, podemos ter um maior impacto sobre a ameaça do conteúdo terrorista na rede”, declararam.

Ainda que o campo de ação do Fórum possa variar em função das sempre “mudáveis táticas de terrorismo e extremismo“, essencialmente se centrará em fornecer soluções tecnológicas, promover a pesquisa e compartilhar conhecimentos.

As empresas planejam trocar experiências, desenvolver técnicas de detecção e classificação de conteúdos sensíveis e definir métodos de aviso transparente para sua eliminação.

A investigação que o Fórum promoverá tem por objetivo nutrir as iniciativas destinadas a resistir discursos terroristas ou extremistas, bem como dar fundo às decisões técnicas ou de políticas que girem em torno da eliminação de conteúdos.

O grupo compartilhará informação com especialistas em contraterrorismo, provenientes de governos, grupos civis, instituições acadêmicas e empresas para “aprender lado a lado sobre terrorismo”.

Neste sentido, estabelecerá uma rede de intercâmbio de colaboração com o escritório de contraterrorismo do Conselho de Segurança das Nações Unidas e da iniciativa ICT4Peace para auxiliar empresas pequenas e melhorar suas ações de antiterrorismo.

Junto a estas duas organizações, o Fórum anunciou que impulsionarão uma série de oficinas de aprendizagem no Vale do Silício e outros lugares do mundo, ainda que não tenha oferecido informação mais detalhada.

Facebook, Microsoft, Twitter e YouTube aproveitarão também suas iniciativas existentes destinadas a combater os discursos de ódio na internet para “empoderar e formar organizações civis ou indivíduos que podem dedicar-se a um trabalho similar”.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Não precisa sofrer. Carnaval começa cedo em 2021

Com a chegada da quarta-feira de Cinzas, está declarado o fim do Carnaval 2020… Ok, vai… Dá para fazer mais um bota fora na sexta e sábado dessa semana, pois, como sempre, brasileiro dá o …

Coronavírus: antiga vacina pode ter resposta para prevenção contra Covid-19

Novos casos do coronavírus SARS-CoV-2 continuam a se espalhar pelo mundo, mesmo que em velocidade menor de propagação, e sem nenhuma vacina ou medicamento para a prevenção — pelo menos até agora. Já são mais de …

Líderes políticos condenam apoio de Bolsonaro a ato anti-Congresso

Presidente teria compartilhado com aliados convocação para manifestações a seu favor e contra o Legislativo. Lula, FHC, OAB e outras lideranças alertam contra ameaça às instituições democráticas e à Constituição. Líderes políticos de várias correntes e …

A menina de 6 anos que foi presa por se comportar mal na escola nos EUA

Imagens gravadas pela câmera corporal de um policial mostram o momento em que uma criança de seis anos foi presa em uma escola de Orlando, na Florida, em setembro de 2019. As mãos da menina foram …

Achado 'elo perdido' bacteriano fundamental a pensamento e memória do ser humano

Os canais de cálcio que se abrem e fecham em resposta a sinais elétricos no cérebro são essenciais para o pensamento, memória e contrações musculares. A descoberta de um canal de cálcio que é possivelmente um …

Novo estudo aponta Uber e Lyft como responsáveis por aumento de 70% da poluição

Um novo estudo divulgado pela Union of Concerned Scientists nesta terça-feira (25) afirma que as viagens feitas em carros de apps como o Uber e o Lyft foram responsáveis por um aumento de 69% nos …

Brasil tem primeiro teste positivo para coronavírus

Pela primeira vez, o teste em um paciente no Brasil deu positivo para o novo coronavírus causador da doença Covid-19. Segundo divulgou o Ministério da Saúde nesta terça-feira (25/02), trata-se de um homem de 61 …

Tese diz que ‘Parasita’ se inspirou em filme de Sérgio Mallandro e assusta por coerência

E se toda a inspiração do mago do cinema Bong Joon Ho viesse das grandes pérolas do nosso cinema dos anos 90? O diretor e roteirista de parasita já se declarou um fã da sétima …

Cientistas: a primeira vida alienígena que encontrarmos provavelmente será inteligente

Segundo cientistas do SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence), é mais provável que encontremos evidências de vida extraterrestre inteligente antes de encontrarmos microrganismos aliens, por exemplo. Por quê? Se você costuma ler notícias sobre a busca científica …

'Marte está vivo': sonda da NASA registra sismos no Planeta Vermelho

Os resultados dos primeiros 10 meses de observações da sonda InSight da NASA em Marte conseguiram revelar que o Planeta Vermelho é um mundo sismicamente ativo. "Marte está vivo", comentou a missão InSight no Twitter, acrescentando …