YouTube irá implantar novas medidas para bloquear vídeos extremistas

European Parliament / Flickr

-

O YouTube é mais uma rede social a fechar o cerco contra o conteúdo violento, inflamatório, extremista e, principalmente, terrorista. A Alphabet (Google) anunciou neste domingo (19) uma série de medidas para lutar contra a disseminação de vídeos com esse caráter no site, aplicando medidas que vão desde banimentos e remoção até a perda de monetização em canais identificados como tal.

O principal foco são os vídeos violentos e que trazem conteúdo terrorista, que serão deletados e terão suas contas de usuários banidas. O YouTube afirma estar trabalhando com grupos anti-extremistas para facilitar a identificação de tais clipes, principalmente aqueles voltados para a radicalização e recrutamento de indivíduos para suas causas.

Anúncios de organizações desse tipo também começarão a aparecer para usuários identificados como consumidores desse tipo de conteúdo, levando-os para sites de instituições de auxílio ou com discursos antiterroristas.

A ideia da empresa é fazer o possível para não apenas impedir a proliferação desse tipo de material, mas também tentar mudar a cabeça ou prestar auxílio a quem pode estar sendo alvo disso.

Discursos inflamatórios ou supremacistas, principalmente do tipo religioso, também estão na mira. Aqui, além da exibição de anúncios com ideais diferentes ou visões opostas, o YouTube bloqueará a monetização dos canais, como uma forma de que os autores não lucrem com as propostas.

Além disso, eles também aparecerão menos entre recomendados e relacionados, como maneira de minar seu alcance, e terão os comentários desabilitados, reduzindo o engajamento.

De acordo com o YouTube, medidas contra esse tipo de discurso vêm sendo tomadas há anos, mas os criadores desses conteúdos também aplicam métodos para burlar os mecanismos de proteção.

O trabalho com organizações civis, então, é essencial pelo conhecimento de tais táticas e melhorias mais rápidas aos mecanismos automatizados de detecção e bloqueio.

A atitude também vem como uma resposta à pressão cada vez maior de países europeus, que demandam uma ação mais incisiva das redes sociais contra a divulgação de conteúdo, principalmente, terrorista.

O Facebook, por exemplo, está na mira constante de governos e associações da sociedade civil por estar servindo como uma ferramenta fácil para que grupos extremistas divulguem suas ideias e atinjam possíveis novos membros.

A Alphabet falou rapidamente sobre os critérios que serão usados para remoção de conteúdo e sanções a canais, que são parecidos com os que são utilizados hoje para detecção de imagens com direitos autorais e conteúdos impróprios.

Um sistema de reconhecimento, baseado em deep learning, aprende não apenas com o que é submetido pelos engenheiros, mas também com os próprios clipes retirados do ar, de forma a evitar reupload.

Entretanto, a empresa deseja tomar cuidado para não tirar do ar conteúdo informativo.

Ela pondera, por exemplo, que as mesmas imagens de um atentado podem ser hospedadas no YouTube por uma agência de notícias ou um grupo extremista, e é justamente no trabalho dos engenheiros e na parceria com instituições que vai residir essa diferenciação, de forma a não gerar falsos positivos.

Em caso de dúvida, moderadores humanos terão a palavra final.

A Alphabet também tem a intenção de trabalhar com outras redes sociais – citando, nominalmente, o Facebook, Twitter e Microsoft – na criação de um fórum global de criação e desenvolvimento de algoritmos para lidar com conteúdo extremista.

A ideia é melhorar as ferramentas de detecção e também auxiliar companhias pequenas nesse trabalho, já que elas podem não ter os mesmos recursos e alcance que as gigantes.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

O misterioso "Monstro Tully" acaba de ficar ainda mais esquisito

Um fóssil de 300 mil anos descoberto na década de 1950 no estado de Illinois (EUA) tem gerado muitas discussões entre cientistas. Batizado de Tullimonstrum, ou Monstro Tully, ele se parece com uma lesma. Mas …

Com asilo a Evo Morales, diplomacia mexicana dá passo à esquerda

México assume liderança esquerdista na América Latina ao receber o ex-presidente boliviano. Para analistas, medida desvia atenção de problemas internos, mas é jogo perigoso diante da dependência econômica dos EUA. A viagem de Evo Morales ao …

Incêndios florestais matam quatro pessoas e centenas de cangurus na Austrália

O número de vítimas pelos incêndios no leste da Austrália, onde 140 focos ainda continuam ativos, subiu para quatro nesta quinta-feira (14), com a descoberta de um cadáver perto da cidade de Kempsey, em Nova …

Holanda reduzirá limite de velocidade para combater poluição

O governo da Holanda reduzirá o limite máximo de velocidade nas rodovias do país como parte de uma série de medidas para combater as emissões de óxido de nitrogênio, geradas em grande parte por veículos …

A polêmica sobre campos de extermínio nazistas que opôs a Polônia ao Netflix

O primeiro-ministro da Polônia, Mateusz Morawiecki, enviou uma carta ao Netflix insistindo em mudanças no documentário The Devil Next Door (o diabo ao lado), sobre campos de extermínio nazistas. Na carta enviada no domingo, 10, e …

O único problema de ser filho único é o estigma

Filhos únicos possuem uma péssima reputação. Quantas vezes você não observou algum pai ser criticado por escolher ter apenas um pimpolho? “Ele vai ficar mimado, muito sozinho, egoísta, etc. etc. etc”. É um senso comum. Parece, …

Epidemia mundial: Pneumonia mata uma criança de menos de 5 anos a cada 39 segundos

O Dia Mundial da Pneumonia é comemorado em 12 de novembro. A data foi proposta pela Organização Mundial da Saúde (OMS), com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância da prevenção da doença, …

Senadora se declara presidente da Bolívia

A parlamentar oposicionista e segunda vice-presidente do Senado Jeanine Áñez declarou-se presidente da Bolívia nesta terça-feira (12). Ela também afirmou que o país terá novas eleições após a formação de uma nova comissão eleitoral. "De acordo …

Bolsonaro anuncia saída do PSL

Em meio à crise por disputa de poder na legenda, presidente afirma que pretende criar novo partido. Cerca de 30 parlamentares aliados de Bolsonaro devem seguir exemplo e deixar o PSL. O presidente Jair Bolsonaro anunciou …

Israel mata comandante da Jihad Islâmica em ataque aéreo

Forças israelense bombardeiam casa de líder extremista na Faixa de Gaza. Militantes palestinos reagem disparando dezenas de mísseis contra Israel. Autoridades pedem que população fique em casa. Um importante comandante militar do grupo extremista palestino Jihad …