Gatos eram considerados divindades no Antigo Egito — e até hoje são mantidos assim por seus donos

A história é um tema que atrai e fascina muita gente, principalmente quando elementos misteriosos se fazem presentes, como é o caso do Egito Antigo.

A civilização que se ergueu em meio ao Rio Nilo traz, até hoje, inúmeros mistérios, mas o que já se sabe é razão de profunda admiração. Dentre faraós, conquistas de território e uma arquitetura suntuosa, há um símbolo muito presente no Egito Antigo do qual pouco se fala.

Os gatos eram considerados animais sagrados para a civilização egípcia e tratados como divindades. Isto porque, graças a eles, as pragas que ameaçavam a agricultura local foram controladas. Com isso, além de preservar o cultivo, as doenças contraídas por meio de ratos, escorpiões e cobras também foram reduzidas, fazendo com que os egípcios adotassem os gatos como membros da família.

Uma das deusas egípcias mais conhecidas, Bastet (que também pode ser conhecida por Bast e Ubasti) era representada com uma cabeça de gato. Dentre suas bênçãos encontrava-se o prazer, a fertilidade, a música e o amor. Outras divindades que também eram representadas com traços felinos são Isis, a deusa da vida, e Ra, o deus do Sol.

A inspiração felina não acaba por aí e continua influenciando muitas tendências. Você sabia que o famoso “olho de gatinho”, o clássico delineado no mundo da maquiagem, também encontra as mesmas origens? Essa é uma homenagem aos bichanos que as egípcias faziam, imitando o contorno natural dos animais em seus olhos.

Vale lembrar que o império egípcio também é fonte de inspiração para muitos setores de jogos da indústria do entretenimento, como o Hotel e Cassino Luxor, em Las Vegas, e até um caça níquel na Betfair chamado Cat Queen, especialmente dedicado aos gatos do Egito Antigo.

Logo, não é de hoje que estes animais tão populares e dóceis conquistam cada vez mais adeptos, chegando a inspirar a criação de marcas de renome mundial, como a Hello Kitty, e estabelecimentos únicos e inesquecíveis, como os Cat Cafés, que fazem sucesso em países como Portugal, Estados Unidos e Japão. Tomar um café e brincar com um gatinho é um convite praticamente irrecusável.

Durante a exploração das escavações que nos revelaram mais sobre as antigas civilizações egípcias, foram encontradas inúmeras relíquias que remetiam aos gatos. Guardiões de uma simbologia enraizada entre as pessoas daquela época, as representações em mármore destes animais impunham respeito aos que cruzavam seu caminho.

Entre as relíquias, foram encontrados vasos com restos mumificados de gatos domésticos, o que leva a crer que, tal como os humanos mais nobres da época, os gatos também eram sepultados com honrarias, tamanho o respeito que tinham naquela cultura.

Alguns especialistas acreditam que uma raça específica protagonizou àquela época, cujo nome científico é Felis silvestres lybica, uma subespécie do gato selvagem africano que ostentava pelagem de coloração diferente na testa, em forma de “M”, e demonstrava uma fidelidade singular entre a família que o adotava e por outros gatos.

Ciberia //

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Quem é Vanessa Nakate, ativista negra cortada de foto com Greta em Davos

O tema era o meio-ambiente, mas o debate sofre o futuro da humanidade ganhou outros vultos quando a jovem ativista climática de Uganda, Vanessa Nakate, descobriu que havia sido cortada pela agência de notícias Associated …

Sobreviventes retornam a Auschwitz nos 75 anos da libertação

Autoridades de 50 países participam da solenidade no antigo campo de concentração na Polônia, em meio a temores pelo aumento do antissemitismo. "Precisamos tomar cuidado para que não volte a acontecer", diz sobrevivente. Mais de 200 …

Por que cientistas querem tanto provar que Einstein e Galileu estavam errados

Ano entra, ano sai, e tanto a lei dos corpos em queda de Galileu Galilei quanto a teoria da relatividade de Albert Einstein são testadas novamente apenas para os pesquisadores confirmarem pela enésima vez que …

Morreu Kobe Bryant, um dos maiores astros da NBA

Neste domingo (26), o astro do basquete norte-americano, Kobe Bryant, faleceu em acidente de helicóptero, na cidade de Los Angeles, nos EUA. Autoridades e testemunhas levantam as primeiras hipóteses sobre a causa da queda. O lendário …

Coronavírus terá impacto no PIB chinês e na economia global

A nova epidemia de coronavírus é um balde de água fria na cabeça do mundo. A começar pelos chineses. Em 2003, o último vírus mortal se propagando pelo mundo inteiro – o SARS – …

Abelhas adoram cannabis e este caso de amor pode ajudar a salvar a espécie

Consideradas os seres vivos mais importantes do planeta, as abelhas são animais insubstituíveis, dos quais dependemos para viver. No entanto, nas últimas décadas, devido ao aquecimento global e o uso execessivo de pesticidas, elas estão …

Cientistas finalmente descobriram como capturar o espectro todo da luz solar para gerar hidrogênio

Pela primeira vez, cientistas da Universidade Estadual de Ohio (EUA) desenvolveram uma molécula que é capaz de coletar a energia de todo o espectro da luz solar. O processo, 50% mais eficiente que as atuais …

Você agora pode ouvir a voz de uma múmia de 3 mil anos

Com uso de tomografia computadorizada, impressão 3D e laringe eletrônica, pesquisadores do Reino Unido reconstruíram o trato vocal de uma múmia egípcia. Para a realização do projeto que teve início em 2013, foi preciso combinar medicina, …

Krakatoa, o inferno de Java: a erupção há 137 anos que foi sentida no planeta inteiro

Em 1883, o mundo presenciou um evento natural tão bombástico e violento que pôde ser notado de alguma forma por praticamente todos os habitantes do planeta. A erupção do vulcão Krakatoa, na Indonésia, lançou detritos a …

Educação e confiança fazem da Dinamarca país menos corrupto do mundo

Imagine poder almoçar tranquilamente num restaurante ou fazer compras enquanto deixa o seu bebê no carrinho, estacionado do lado de fora na calçada. Essa cena, que faz parte do cotidiano dos dinamarqueses, só é …