Estudo mostra que gatos também formam ligação de segurança com seus humanos

Jamie Baker / Flickr

Muita gente acredita que só os cães são animais de estimação leais, e gatos apenas toleram os humanos para usufruir de benefícios como casa, comida e servidão eterna. Mas uma nova pesquisa mostra que gatos formam uma conexão com seus humanos da mesma forma que cachorros fazem.

“A maioria dos gatos é ligada de forma segura com seus donos e os usam como uma fonte de segurança em um ambiente novo”, diz a cientista especialista em animais, Kristyn Vitale, da Universidade Estadual de Oregon (EUA).

Em um experimento de comportamento, pesquisadores da universidade observaram como gatos reagiam com a presença ou ausência de seus donos em um ambiente estranho.

Os animais mostram dois tipos de ligação: segura e insegura. Em uma ligação segura, o animal desacompanhado de seu dono em um ambiente novo relaxa e continua a explorar este lugar assim que é reunido com seu dono. Já em uma ligação insegura, o animal continua apresentando comportamento de estresse, seja ficando muito grudado com o humano ou fugindo dele.

Um experimento assim foi feito com 79 filhotes de gatos e 38 gatos adultos. Primeiro, os felinos e seus humanos eram colocados juntos em uma sala, sendo que o humano se sentava em um círculo marcado no chão. Se o gato entrasse no círculo, o dono poderia interagir com ele. Depois de dois minutos, o humano saía da sala, e o gato ficava sozinho. Depois de outros dois minutos, o humano retornava e se sentava no círculo novamente.

Os gatos adultos participaram do teste apenas uma vez, mas os filhotes eram testados duas vezes, com intervalo de dois meses entre os dois testes. Entre os 79 filhotes, 39 passaram por treinamento e socialização neste intervalo, enquanto o restante formou o grupo controle.

O teste era filmado, e os pesquisadores analisavam o vídeo para classificar o tipo de ligação do gato com o humano. Nove dos filhotes não mostraram um comportamento que pode ser classificado, mas entre o restante, 64,3% tinham ligação segura e 35,7% ligação insegura. O treinamento não pareceu influenciar os resultados. O tipo de ligação observado no primeiro teste dos filhotes manteve-se no segundo.

Já entre os gatos adultos, 65,8% demonstraram ligação segura e 34,2% insegura.

O curioso é que essas porcentagens são próximas do observado em bebês humanos com seus pais (65%), e um pouco maiores do que as observadas em cachorros com seus donos (61%).

O estudo sugere que gatos têm a habilidade característica de formar conexões com humanos. Eles apenas expressam esta ligação de forma diferente dos cães. “Pesquisa sugere que podemos estar subestimando as habilidades sócio-cognitivas de gatos”, diz o estudo. O trabalho foi publicado na revista Current Biology.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Detectada "partícula fantasma" no Sol que confirma teoria da década de 1930

Uma equipe internacional de cientistas conseguiu, pela primeira vez, detectar diretamente a presença do ciclo carbono-nitrogênio-oxigênio (CNO) na fusão nuclear do Sol. Este ciclo representa uma das reações de fusão pelas quais as estrelas convertem hidrogênio …

Musk acertou? Tesla se aproxima dos US$ 500 bilhões de valor de mercado

Nesta segunda-feira (23), a Tesla atingiu o valor de mercado de US$ 498 bilhões. E isso em um momento em que não se sabe se a empresa vai conseguir atingir a sua meta de entregar …

Papai Noel é considerado 'trabalhador essencial' na Irlanda

Na mesma semana em que novas restrições de viagem foram colocadas em prática no Reino Unido e na Irlanda diante dos estragos causados pela segunda onda da pandemia de covid-19 na Europa, a Irlanda fez …

Especialistas da ONU advertem sobre viés racista em algoritmos

Os países devem fazer mais para combater o racismo, principalmente nos algoritmos de inteligência artificial utilizados para reconhecimento facial e controles policiais. Essas ferramentas podem reforçar discriminações, alertam especialistas da ONU. Segundo a especialista jamaicana …

Estudo de dentes de megalodonte revela segredos do tubarão de 18 metros

Especialistas em tubarões revelaram mais informações sobre um dos maiores predadores dos mares – o megalodonte. Nova pesquisa de dentes fossilizados da espécie Odotus megalodons, chamada também de megalodonte, sugere que os tubarões fêmeas desta espécie …

Escritor é alvo de censura e terá conta no Twitter suspensa por críticas contra Igreja Universal

O escritor J. P. Cuenca foi censurado por uma decisão judicial e terá sua conta do Twitter suspensa após o juiz da comarca de Campos dos Goytacazes (RJ), Ralph Machado Manhães Junior, acatar um pedido …

"Tesouro" espetacular de antigos artefatos de caça na Noruega é descoberto sob gelo derretido

Arqueólogos descobriram um “tesouro” de artefatos enquanto outra grande mancha de gelo derrete nas montanhas norueguesas, revelando um total de 68 flechas e muitos outros itens de um antigo local de caça de renas. As primeiras …

Não é mais 90%? AstraZeneca assume erro de eficácia da vacina da COVID-19

A AstraZeneca e a Universidade de Oxford, que estão desenvolvendo juntas uma vacina contra a COVID-19, revelaram na última quarta-feira (25) que houve um erro no momento da divulgação dos resultados dos testes da vacina …

6G colocaria China em posição de liderança 'inatacável' sobre EUA, diz analista

Enquanto os padrões de tecnologia 5G para redes celulares de banda larga ainda estão sendo implementados em vários países, a China recentemente lançou um satélite 6G em órbita. Descrito como o primeiro satélite 6G do mundo, …

Sri Lanka escava fosso para manter elefantes longe de lixão

Um fosso está sendo cavado ao redor de um lixão no Sri Lanka para impedir que elefantes invadam o local à procura de comida entre montes de resíduos plásticos. Os animais vão regularmente até o …