Governo alemão pede uso do quipá em solidariedade a judeus

Após enxurrada de críticas por desaconselhar judeus a usarem chapéu característico do judaísmo, comissário alemão para combate ao antissemitismo pede que cidadãos vistam quipá em dia de protestos contra Israel.

O comissário do governo alemão para o combate ao antissemitismo voltou atrás em sua recomendação para que os judeus no país não usassem o quipá em público, em razão do aumento de ataques antissemitas na Alemanha.

Após a indignação gerada pelo alerta aos judeus – classificado pelo presidente israelense Reuven Rivlin de “capitulação ao antissemitismo” por parte da Alemanha – o comissário Felix Klein pediu aos alemães que usem o quipá no próximo sábado, no chamado Dia de Al-Quds, marcado por protestos contra Israel e em apoio aos palestinos.

Klein convocou todas as pessoas a usarem o quipá – a cobertura para a cabeça característica do judaísmo – em uma demonstração de solidariedade e de atitude positiva em relação à diversidade e liberdade religiosa.

“Convoco todos os cidadãos de Berlim e em toda a Alemanha a vestir o quipá no próximo sábado”, disse o comissário, afirmando que se incitará novamente contra os judeus por ocasião do Al-Quds.

“Se políticos e a sociedade unirem forças para lutar contra o antissemitismo, poderemos ter uma chance real de vencer essa luta”, disse Klein em declaração divulgada pelos portais do grupo de mídia alemão Funke.

Klein defendeu suas declarações anteriores mencionando um aumento de 20% dos crimes antissemitas no país de 2017 para 2018. Segundo o Ministério do Interior, nove em cada dez casos teriam sido praticados por indivíduos que apoiam grupos de extrema direita.

A marcha anual do Al-Quds – nome árabe de Jerusalém – reúne diversos grupos de oposição a Israel em Berlim,desde simpatizantes de grupos islamistas como Hamas e Hisbolá até neonazistas. A data foi estabelecida em 1979 pelo líder religioso iraniano aiatolá Khomeini, em protesto ao direito autoproclamado pelos israelenses de exercer soberania sobre Jerusalém.

O objetivo da comemoração anual, que marca o fim do mês sagrado dos muçulmanos, o Ramadã, é recordar a ocupação do leste de Jerusalém por Israel, na Guerra dos Seis Dias de 1967, conclamando a comunidade islâmica internacional à “libertação” e mobilizando-a contra o Estado judaico.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Metrô de Paris ficará em greve até segunda-feira contra reforma da Previdência

A greve dos metroviários de Paris contra o projeto de reforma da Previdência francesa foi prorrogada até segunda-feira (9). Nas assembleias-gerais realizadas pela categoria na manhã de quinta-feira (5), primeiro dia da paralisação, quase todos os …

"Operação Maleta Verde", o escândalo que atinge governo e oposição na Venezuela

Com semblante mais sério que de costume, Juan Guaidó, reconhecido como presidente interino da Venezuela pelos Estados Unidos, pelo parlamento da União Europeia e por vários países da América Latina, dirigiu-se a jornalistas reunidos em …

Sarampo causou mais de 140 mil mortes em 2018

De acordo com OMS, maioria das vítimas tinha menos de cinco anos de idade e não havia sido vacinada. No ano passado, foram registrados quase 10 milhões de casos da doença no mundo. O sarampo causou …

O que contribuiu em peso para o 'colapso maia'?

Pesquisas recentes reforçam a teoria de que o colapso de muitas das grandes cidades maias mesoamericanas estava relacionado a períodos prolongados de seca, alguns de até 200 anos. Nayelli Jiménez Cano, pesquisadora do Laboratório de Zooarqueologia …

Com 39% da população abaixo da linha da pobreza, Ruanda patrocina PSG e causa polêmica

O time de futebolParis Saint-Germain (PSG) divulgou nesta quarta-feira (4), uma parceria de três anos com o governo de Ruanda, sem especificar o valor. Em maio de 2018, o país africano já havia assinado um acordo …

Os pássaros estão encolhendo, e você nunca vai adivinhar por quê

De acordo com um novo estudo americano, devido a mudança climática, os pássaros estão encolhendo em tamanho, embora a envergadura de suas asas esteja ficando maior. “Descobrimos que quase todas as espécies estavam ficando menores. As …

Navio de combate alemão da 1ª Guerra Mundial é encontrado nas Malvinas

Um cruzador alemão, afundado pelos britânicos durante a Primeira Guerra Mundial em 8 de dezembro de 1914, foi achado perto da costa das ilhas Malvinas. Trata-se do SMS Scharnhorst, principal navio da esquadra do almirante Maximilian …

Impeachment de Trump avança nos EUA: entenda o caso em poucas palavras

Você já deve ter ouvido falar que a reação a um polêmico telefonema com um líder estrangeiro ameaça o futuro da Presidência de Donald Trump. O presidente americano enfrenta um inquérito de impeachment sob a acusação …

Twitter vai ser mais rígido com conteúdo adulto na internet e preocupa criadores

Desde o ano passado tem sido mais difícil para os criadores de páginas com o perfil NSFW (Not Safe for Work ou não seguro para ver no trabalho — impróprio, em tradução livre) ter seus …

Otan tenta exibir união, enquanto líderes são flagrados falando de Trump

Chefes de Estado e de Governo de 29 países participaram nesta quarta-feira (4) do segundo dia da cúpula de aniversário de 70 anos da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), em Watford, nos arredores …