Putin diz que judeus podem ter interferido nas eleições norte-americanas

Em entrevista à NBC News, Vladimir Putin garantiu que o Estado russo não interferiu nas eleições presidenciais norte-americanas de 2016. “Talvez sejam ucranianos, tártaros, judeus. Só que com nacionalidade russa”, disse.

Depois da declaração, Vladimir Putin está sendo alvo de críticas por parte de organizações de defesa dos direitos humanos e por políticos norte-americanos de “dar vida a estereótipos antissemitas”.

“Determinados indivíduos podem ter usado determinadas ferramentas em outros países. Podem ter enviado informação relevante a partir da França, da Alemanha, da Ásia, da Rússia. O que isso tem que ver conosco?“, referiu Putin durante a entrevista no Kremlin, à jornalista Megyn Kelly.

Segundo o Público, a jornalista da CBS pressionou o presidente a garantir que não houve interferência russa e Vladimir Putin acabou mostrando alguma pressão devido às perguntas relacionadas com as eleições presidenciais de 2016. “E se forem russos? Não são responsáveis do governo. Há 146 milhões de russos. E então?“, questionou.

Pouco depois, a jornalista questionou Putin sobre se vê algum problema em que 13 cidadãos russos tenham interferido nas eleições, pergunta à qual o presidente russo respondeu que não estava minimamente interessado “porque não representa os interesses do Estado”.

“Talvez nem são russos. Talvez sejam ucranianos, tártaros, judeus. Só que com nacionalidade russa”, disse Putin, dando a entender que os judeus com nacionalidade russa não são cidadãos russos por inteiro.

A Liga Anti-Difamação (ADL), organização norte-americana de combate ao racismo e antissemitismo, acusou o presidente russo de “dar nova vida a clássicos estereótipos antissemitas que infectaram o país ao longo de séculos com um comentário que parece ter sido tirado das páginas dos Protocolos de Sião”.

O líder da ADL, Jonathan A. Greenblatt, disse ainda que as palavras de Vladimir Putin têm consequências profundas e que espera que o presidente as “clarifique rapidamente antes que causem mais danos às comunidades que apontou”.

Também o senador norte-americano Richard Blumenthal reagiu no Twitter, dizendo que as declarações de Putin devem ser denunciadas pelos líderes mundiais. “Por que Trump está em silêncio? A intolerância é intolerável”, afirmou.

Segundo o mesmo jornal, o congressista Don Beyer exigiu à Administração Trump que aplique o reforço das sanções norte-americanas à Rússia, aprovado pelo Congresso em 2017. “Este homem não é nosso amigo, e a Administração Trump tem que aplicar as sanções aprovadas pelo Congresso”, disse Beyer.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA:

Animais estão ficando noturnos; e a culpa é toda nossa

Os mamíferos que vivem em regiões onde a presença humana é maior estão mudando drasticamente seus hábitos. Essa é a conclusão de um estudo publicado na Science, na semana passada. Os animais selvagens têm medo dos …

Solidão faz mal ao coração; e provoca morte prematura

Uma pesquisa concluiu que a solidão faz mesmo mal à saúde, em especial ao coração, sendo um “forte indicador de morte prematura”. O fato de se sentir sozinho é mais relevante, em termos de “maus …

Ser religioso aumenta a expectativa de vida

Ser religioso pode aumentar a expectativa média de vida. Segundo um estudo, que analisou os obituários de mais de 1.000 pessoas nos EUA, as pessoas religiosas  vivem, em média, quase 4 anos a mais que …

Criado um sistema que "prevê" terremotos

Um grupo de cientistas da Itália, Estados Unidos, Nova Zelândia e Japão desenvolveu uma sistema capaz de prever a ocorrência de terremotos. O modelo foi testado entre 2009 e 2014. Os primeiros testes do modelo …

Cientistas inventam software que “vê” vários minutos no futuro

E se conseguíssemos ver o futuro? Hoje, estamos habituados à tecnologia que consegue prever as palavras que queremos escrever. Amanhã, esse tipo de software poderá conseguir prever nossas ações futuras. Uma tecnologia recente, criada por cientistas …

Manu? “Você deve me chamar de senhor presidente ou senhor”, responde Macron a adolescente

“Tudo bem, Manu?”, perguntou um adolescente, durante uma cerimônia oficial em homenagem aos veteranos de guerra, em Paris. Macron não gostou e repreendeu o jovem pela linguagem informal. Nesta segunda-feira (18) foi marcada por uma cerimônia …

Médica aposentada é acusada de matar centenas de pacientes com doses fatais de analgésicos

Uma médica de clínica geral, agora aposentada, seria a responsável pela morte de centenas de pacientes. A médica é acusada de prescrever doses fatais de analgésicos opiáceos a idosos no Reino Unido, nos anos 90. Jane …

Trump ameaça com novas taxas; China denuncia chantagem e admite contra-ataque

O cenário de guerra comercial entre a China e os Estados Unidos tem se intensificado e parece cada vez mais inevitável. Donald Trump ameaçou, nesta segunda-feira (18), impor novas taxas sobre produtos chineses no valor de …

Motorista é preso por alterar linha contínua para facilitar entrada no trabalho

Um homem foi preso pelas autoridades espanholas depois de ter alterado o traço contínuo de uma estrada do município de Lepe, na província de Huelva, comunidade autônoma da Andaluzia, na Espanha. Segundo noticia o El País, …

Ação contra a prisão preventiva para obter delações chega ao STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso concedeu prazo de cinco dias para que a Presidência da República e a Procuradoria-Geral da República (PGR) se manifestem sobre uma ação que chegou à …