Governo anuncia plano de investimentos para gerar emprego

Gabriela Korossy / Câmara dos Deputados

Jair Bolsonaro

Plano Pró-Brasil, da Casa Civil, prevê R$ 30 bilhões de investimentos públicos em obras para tentar recuperar economia, abalada pela crise do novo coronavírus, e se opõe à agenda liberal defendida por Paulo Guedes.

O governo federal anunciou nesta quarta-feira (22/04) um plano de investimentos públicos para a geração de empregos, em resposta aos impactos trazidos pela pandemia do novo coronavírus.

O chamado plano Pró-Brasil reúne ações de todos os ministérios e será coordenado pela Casa Civil. Ele prevê a criação de 1 milhão de empregos e a injeção de 30 bilhões de reais em investimentos públicos na economia. O governo não detalhou onde o dinheiro será investido. A principal frente de atuação estará no Ministério da Infraestrutura.

De acordo com o ministro-chefe da Casa Civil, Walter Braga Netto, não se trata de um programa de governo, mas de Estado, com um universo temporal de dez anos, prevendo-se que se prolongue até 2030.

A fase de estruturação do programa será feita entre maio e julho, os detalhes de cada projeto ministerial serão apresentados em setembro, e a sua “implantação em larga escala” ocorrerá a partir de outubro, disse Braga Netto.

Apesar de Braga Netto assegurar que todos os ministros aprovaram o programa, nem o da Economia, Paulo Guedes, nem qualquer outro representante da equipe econômica estiveram presentes na apresentação do Pró-Brasil.

O plano de investimentos do Estado apresentado por Braga Netto contrasta fortemente com a agenda liberal de Guedes, que defende mais investimentos privados e atuação do mercado.

Ao ser questionado se a estratégia de recuperação do país seria semelhante ao Plano Marshall – o programa do governo dos Estados Unidos para recuperar a Europa após a Segunda Guerra Mundial –, Braga Netto disse não se tratar de um programa de recuperação econômica. “Ele é de crescimento socioeconômico. É para toda a estrutura, toda essa infraestrutura que foi, vamos dizer, abarcada, foi atingida pelo coronavírus”, explicou.

Segundo o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, o foco da estratégia deve estar na promoção de obras com dinheiro público e privado, como forma de gerar empregos e reativar a economia. Freitas disse que, no seu ministério, o programa prevê investimentos públicos de R$ 30 bilhões para a retoma de cerca de 70 obras que estão paralisadas, e R$ 250 bilhões em contratos de concessões à iniciativa privada.

Entretanto, declarações contrastantes dadas pelos ministros envolvidos na estratégia sinalizam que a proporção de dinheiro público e privado nos investimentos pós-pandemia ainda não está definida.

Segundo o portal de notícias G1, Guedes defendeu junto ao presidente Jair Bolsonaro que serão necessários investimentos privados para viabilizar o Pró-Brasil. Bolsonaro minimizou os questionamentos sobre a ausência de Guedes no anúncio do plano e disse o ministro estará mais envolvido na estratégia. “O ministro Paulo Guedes participou um pouquinho lá e vai participar um poucão na semana que vem”, afirmou.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Chantilly: em dificuldades finaceiras, um dos mais belos castelos da França pede socorro

A pandemia e o fim da ajuda de um poderoso mecenas colocam em risco o futuro de uma das propriedades mais majestosas da França, o castelo de Chantilly, ao norte de Paris. A reportagem …

Como fumantes de longa data pararam de fumar usando cogumelos mágicos apenas 3 vezes

É mais difícil largar do cigarro do que da heroína, dizem alguns. Mas pesquisadores da Johns Hopkins relataram que um pequeno número de fumantes de longa data que falharam em muitas tentativas de abandonar o …

Gangorra que uniu imigrantes no muro da fronteira dos EUA ganha prêmio

Lembra das gangorras que permitiram que famílias mexicanas brincasse de lados opostos do muro da fronteira EUA-México? O projeto das três gangorras ganhou o prêmio “Design do Ano 2020” pelo Museu de Londres. O arquiteto norte-americano …

Irã diz ter batido recorde de exportação de derivados de petróleo apesar das sanções dos EUA

O Irã bateu recorde de exportação de derivados de petróleo apesar das sanções impostas pelos Estados Unidos, declarou o ministro do Petróleo da República Islâmica, Bijan Zangeneh, nesta sexta-feira (22). Durante o 25º Show Petrolífero do …

A ameaça de epidemia que surge de nova espécie de mosquito Aedes detectada pela 1ª vez nas Américas

Durante a noite de 18 de junho de 2019, na base americana em Guantánamo, Cuba, um intruso foi pego por uma armadilha. A base é conhecida como um lugar onde os EUA aprisionam, por tempo indeterminado …

Homem é preso por tossir em policial que perguntou se ele tinha covid-19

O britânico Casey Saint foi condenado a 11 meses de prisão após tossir no rosto de um policial durante a pandemia do novo coronavírus. O morador de Bury St Edmunds, na Inglaterra, estava fazendo uma festa …

Astrônomos encontram "embrião" de planeta em formação a 330 anos-luz da Terra

Uma equipe de astrônomos encontrou algo que parece ser um planeta embrionário, girando em torno de sua estrela, bem pertinho dela, completando uma volta a cada mês. A estrela em questão é a HD 163296, que …

Físico propõe mega-satélite povoado por humanos orbitando Ceres

O físico Pekka Janhunen, do Instituto Meteorológico Finlandês, desenvolveu uma nova ideia para colonizar um lugar diferente da Terra, e não é a lua ou Marte. Em vez disso, Janhunen está sugerindo em um artigo publicado …

Biden promete "esforço de guerra" contra covid-19

O novo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, divulgou nesta quinta-feira (21/01) o plano de resposta de seu governo à pandemia de covid-19, que inclui dez decretos. A estratégia amplia iniciativas que já haviam sido antecipadas …

'Não teremos escolha': Google adverte que pode bloquear seu mecanismo de busca na Austrália

Governo australiano trabalha em uma nova lei que deve governar as relações entre os meios de comunicação e as gigantes que dominam a Internet, entre as quais se destacam Google e Facebook. O Google anunciou nesta …