Há uma criptomoeda que se valorizou 800% em um mês – e não é a bitcoin

antanacoins / Flickr

Apesar de todas as dúvidas geradas pelo midiático crescimento da Bitcoin, nas últimas semanas, uma criptomoeda muito menos conhecida tem apresentado uma valorização bastante expressiva.

Trata-se da IOTA, um produto de investimento que se autodeclara a “coluna vertebral” da economia da Internet das Coisas (IoT, da sigla em Inglês para Internet of Things), termo usado para definir a comunicação via web entre objetos e equipamentos.

O valor da IOTA aumentou 774% desde o início de novembro até agora, apurou a BBC. Isto fez com que sua capitalização de mercado chegasse aos 12 mil milhões de dólares, permitindo que ingressasse na lista das cinco maiores divisas virtuais do mundo, a par de bitcoin, bitcoin cash, ehtereum e ripple, de acordo com o site MarketWatch.

O aumento foi verificado após a publicação de relatos de que várias empresas tecnológicas de renome, incluindo a Microsoft, coordenavam esforços com a ONG alemã que monitora a IOTA para criar um mercado seguro de dados, para que estes não sejam desperdiçados.

O cofundador e diretor executivo da IOTA, David Sonstebo, disse à rede americana CNBC que “99% dessa valiosa informação se perde no vazio”.

“A IOTA incentiva a ideia de compartilhar os dados por meio de transações livres de pagamento de uma taxa e assegurando gratuitamente a integridade da informação”, declarou.

Segundo o site especializado Cryptocurrencychart, no dia 6 de dezembro, a IOTA chegou a valer 4,5 dólares por unidade, enquanto a bitcoin ficou nos 12,9 dólares.

Crescimento polêmico

Ao contrário das moedas convencionais, as criptomoedas são representações digitais de um valor e não são emitidas por um banco central ou por uma entidade de crédito. São divisas virtuais.

A mais popular é mesmo a bitcoin, que teve um crescimento de 1.200% no seu valor, no último ano.

As moedas virtuais não são reguladas por governos, grandes bancos ou fundos de investimento, mas por investidores privados.

A bitcoin é basicamente um arquivo digital que existe online e que funciona como uma moeda alternativa. Não é impressa por governos ou bancos tradicionais, mas é criada por um processo computacional complexo conhecido como “mining” (mineração).

Todas as moedas e todas as transações feitas com as criptomoedas ficam registradas em um índice global – conhecido como blockchain, uma espécie de banco de dados descentralizado que usa um sistema de criptografia para registrar as transações.

Dessa forma, os arquivos não podem ser copiados ou defraudados e as transações não podem ser rastreadas.

As principais formas de comprar criptomoedas são com dinheiro “real”, vendendo produtos ou serviços remunerados em bitcoins, ou por meio de novas empresas que fabricam suas próprias moedas virtuais.

A IOTA diferencia-se das outras criptomoedas por não usar a tecnologia “blockchain”, mas uma outra chamada tangle, que promete ser mais veloz e não gera cobrança de taxas.

A maior bolha financeira da história?

Muitos analistas, incluindo o Nobel da Economia, Joseph Stiglitz, acreditam que a bitcoin será a maior bolha financeira da história.

“Por que as pessoas querem bitcoins? Por que as pessoas querem uma moeda alternativa? A verdadeira razão é para participar de atividades ilícitas: lavagem de dinheiro, evasão fiscal”, afirmou Stiglitz, citado pela BBC.

Para lá das advertências dos economistas, governos e bancos centrais, os investidores continuam apostando no crescimento do mercado das criptomoedas, ainda que continue a dúvida: se e quando essa bolha irá estourar.

Ciberia // BBC / ZAP

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Nada a ver com atividade ilícitas e sim deixar a prisão deste sistema bancário fraudulento e injusto… Que os bancos se reinventem 🙂

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …