Haddad aposta em integração mais radical do Mercosul

Substituto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como candidato do PT nas eleições de outubro, Fernando Haddad irá propor uma integração mais radical do Mercosul se vencer o pleito.

O ex-prefeito de São Paulo avaliou nesta quinta-feira que a crise atravessada por Brasil e Argentina, dois dos membros do Mercosul ao lado de Uruguai e Paraguai, representa uma oportunidade para implementar uma política de integração mais forte no bloco.

“Essas crises são uma grande oportunidade para o Mercosul. Quando há pouco a perder, tomamos decisões mais ousadas”, ressaltou Haddad em entrevista concedida a correspondentes estrangeiros em São Paulo, dois dias depois de assumir oficialmente a candidatura.

Da prisão, Lula escolheu Haddad como o candidato à presidência do PT após ser vetado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de disputar as eleições do próximo dia 7 de outubro.

Haddad afirmou que a situação de Lula representa um trauma, mas disse estar confiante de que conseguirá capitalizar o apoio do ex-presidente, que liderava as pesquisas com cerca de 30% dos votos.

O ex-ministro, porém, afirmou não estar preocupado com a possível transferência de votos para outros candidatos da esquerda, como Ciro Gomes (PDT), e ressaltou que confia no programa do PT para conquistar os eleitores.

Ciro já reagiu à entrada de Haddad na disputa e elevou o tom das críticas ao adversário, afirmando que falta garra ao escolhido de Lula para enfrentar o momento difícil atravessado pelo país.

“Haddad é uma excelente pessoa, uma pessoa de bem, tenho por ele um grande afeto, grande estima e grande respeito, mas ele não conhece o Brasil, não tem a experiência, não tem a garra necessária neste momento difícil”, afirmou Ciro.

Segundo colocado nas duas últimas pesquisas realizadas por Ibope e Datafolha, ainda que empatado tecnicamente com Marina Silva (Rede), Geraldo Alckmin (PSBD) e o próprio Haddad, Ciro afirmou que falta brio ao petista para assumir o Brasil em um momento em que o país é ameaçado por um “fenômeno protofascista”, em referência ao deputado federal Jair Bolsonaro (PSL), líder em intenção de votos.

Bolsonaro está hospitalizado desde a semana passada no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, após ser esfaqueado em um ato de campanha na cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais.

Apesar de ter lugar praticamente garantido no segundo turno, Bolsonaro perderia contra a maioria de seus possíveis adversários nos cenários testados pelas pesquisas. Haddad, ainda sem ter a candidatura oficializada, era o único batido pelo deputado federal.

Haddad atribuiu a ascensão da extrema-direita em diversos países do mundo, inclusive no Brasil, ao “fracasso do projeto neoliberal”.

Dois dias depois de assumir a candidatura, o também ex-ministro de Educação detalhou alguns pontos de seu plano de governo e apostou na retomada do diálogo para estabelecer um “ambiente institucional sóbrio”.

Na economia, Haddad indicou as reformas tributária e bancária como prioridades. Já na política externa, o petista disse que reforçará acordos bilaterais e multilaterais.

Ciberia // EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Altar maia revela disputa pelo poder ao estilo de “Game of Thrones”

Uma equipe internacional de arqueólogos encontrou um altar de calcário esculpido no sítio arqueológico de La Corona, localizado no norte da Guatemala, há 1500 anos. A peça, chamada Altar 5, foi descoberta no ano passado, mas …

Depois do gato, o termômetro de Schrodinger

Parecida com a teoria do gato de Schrodinger, em que o gato dentro da caixa pode estar ao mesmo tempo vivo e morto, um novo princípio de incerteza sustenta que os objetos quânticos podem ter …

Padre acusado de agressão sexual se suicida em sua igreja na França

Jean-Baptiste Sèbe, um padre de 38 anos acusado por uma mulher de "comportamento indecente" e agressão sexual contra sua filha, se suicidou na terça-feira (18) em sua igreja na Normandia, informou nesta quarta-feira (19) a …

Gato ganha na Justiça o direito de passear em shopping do Rio

Rubinho era uma figura presente no centro comercial Cidade Copacabana, no Rio de Janeiro, até ter sido proibido de circular na área comum do estabelecimento. Agora, o tribunal deu provimento a uma medida cautelar, permitindo …

Os insetos estão “comendo” plástico (e isso ameaça a cadeia alimentar)

Os microplásticos já são um problema conhecido dos nossos oceanos, mas seu alcance pode ser maior do que imaginávamos. Segundo uma nova pesquisa, o problema deixou de ser apenas dos oceanos, tendo já chegado aos …

Funcionários do McDonald’s entram em greve nos EUA contra o assédio sexual

Trabalhadores do McDonald’s realizaram, nesta terça-feira (17), em dez cidades norte-americanas, uma greve laboral contra o assédio sexual na empresa, em consonância com o movimento #MeToo. De acordo com os organizadores, o objetivo foi protestar contra …

Facebook é acusado de discriminar mulheres em anúncios de emprego

O Facebook está novamente envolvido em polêmica, desta vez por ter ajudado os empregadores a discriminar candidatos com base no gênero. Segundo uma denúncia apresentada nesta terça-feira (17) na agência federal norte-americana, vários recrutadores utilizam o …

Em parecer ao STF, PGR insiste para que Eduardo Cunha continue preso

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, insistiu, em manifestação ao Supremo Tribunal Federal (STF), que o ex-presidente da Câmara e deputado cassado Eduardo Cunha continue preso preventivamente em Curitiba, onde se encontra desde outubro de …

Cúpula das Coreias: terra de paz, visita inédita a Seul e candidatura conjunta aos Jogos Olímpicos

Os líderes das duas Coreias se comprometeram em fazer da península coreana “uma terra de paz”, com o Norte disposto a avançar com o desmantelamento do seu programa nuclear, se os EUA também tomarem “medidas proporcionais”. O …

Maduro compara “inquisição” contra venezuelanos à perseguição dos judeus

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou nesta terça-feira (17) que há uma “campanha de inquisição” contra os venezuelanos, comparando a situação à perseguição dos judeus liderada pelo ditador Adolf Hitler.  De acordo com Maduro, países …