Hans Asperger colaborou ativamente com os nazistas na Segunda Guerra Mundial

EBC

Documentos recentemente descobertos sugerem que Hans Asperger, o pediatra cujo nome descreve uma forma de autismo, esteve ativamente envolvido no programa de eutanásia do regime nazista na Áustria.

As provas foram retiradas de documentos e registros de pacientes da era nazista que nunca tinham sido examinados antes. Nos registros, é sugerido que Hans Asperger, o pediatra responsável pela identificação da síndrome de Asperger, uma forma de autismo, enviou algumas das crianças que tratava para uma clínica de eutanásia.

O médico alegava estar “protegendo” seus pacientes das forças nazistas. Os registros e documentos das crianças mostram que elas foram enviadas por Hans Asperger para a clínica Am Spiegelgrund, em Viena, capital da Áustria, onde foram assassinadas.

Um total de 789 crianças teriam sido mortas na clínica em questão. De acordo com a BBC, o médico não era membro do partido nazista.

As provas, descobertas pelo historiador e médico austríaco Herwig Czech, foram relatadas na revista científica Molecular Autism.

O autor do estudo escreveu que o “professor Asperger consegui se acomodar ao regime nazista e foi recompensado pelas afirmações de lealdade com oportunidades de carreira”.

Um editorial da revista, escrito por acadêmicos de Cambridge, refere que Asperger “se tornou voluntariamente uma engrenagem na máquina de matar nazista” e “parte dos olhos e ouvidos do Terceiro Reich”.

Em 1980, em um discurso de inauguração na Universidade de Viena, pouco antes de sua morte aos 74 anos, Hans Asperger disse que foi perseguido pela Gestapo, a polícia secreta nazista, por se recusar a entregar suas crianças.

O médico identificou a síndrome de Asperger pela primeira vez em 1944. No entanto, o termo “psicopatia autista” foi usado até 1981, ano em que o psiquiatra Lorna Wing introduziu o diagnóstico da síndrome de Asperger.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Secularismo e tolerância a minorias predizem a prosperidade de um país

Pesquisadores da Universidade de Bristol e Universidade do Tennesse analisaram dados de quase 500 mil pessoas de 109 países e concluíram que mudanças na cultura geralmente vêm antes da melhora na riqueza, educação e democracia. Os …

Estudo: declínio de abelhas se aproxima da extinção em massa

De acordo com um novo estudo liderado por cientistas da Universidade de Ottawa (Canadá), a probabilidade de uma população de abelhas sobreviver em qualquer lugar diminuiu 30% no curso de uma geração humana. Os pesquisadores sugerem …

Pesquisador diz ter descoberto droga capaz de apagar memória ruim de separação amorosa

Um pesquisador de Montreal, no Canadá, diz ter encontrado uma maneira de acabar com o sofrimento causado por uma separação traumática — ele "edita" as memórias dolorosas usando um betabloqueador e sessões de terapia. Alain Brunet …

Documento revela que Facebook poderia ter virado uma "Wikipédia da vida privada"

Steven Levy, conhecido editor da Wired, conseguiu colocar as mãos em algo que ele talvez nunca imaginou encontrar: um diário de Mark Zuckerberg, CEO e fundador do Facebook, datado de 2006 e que mostra algumas …

Missão suicida: satélite queimará na atmosfera da Terra, mas por uma boa causa

Na próxima semana, a Agência Espacial Europeia (ESA) vai destruir um satélite, lançando-o em direção à atmosfera da Terra, só para vê-lo queimar durante a reentrada. Sim, tudo de propósito. Trata-se de um experimento muito …

Pé Grande vagueia pelo Reino Unido enquanto centenas de relatos são registrados

Apesar de a lenda do Pé Grande ser tipicamente americana, centenas de pessoas relataram ter visto a enigmática criatura em diversas localidades do Reino Unido. Se por um lado o Reino Unido é um país relativamente …

Um terço de todas as espécies de animais e plantas pode desaparecer em 50 anos

Um novo estudo da Universidade do Arizona (EUA) estimou que um terço de todas as espécies de plantas e animais do planeta pode ser extinta em até 50 anos devido aos efeitos da mudança climática. Para …

Huawei ataca governo dos EUA e lembra caso Snowden

Em comunicado publicado nesta quinta-feira (13), a Huawei voltou a se defender dos ataques feitos pelos Estados Unidos nesta semana, afirmando que, se tem alguém envolvido com espionagem internacional, esse alguém é justamente o governo …

Os efeitos políticos e religiosos do encontro entre Lula e o papa

Reunião no Vaticano vai além de troca de gentilezas entre dois líderes sul-americanos. Para especialistas, audiência tem repercussões para o ex-presidente, o PT e a própria Igreja Católica, que vive disputa de poder. A reunião entre …

Candidato de Macron à prefeitura de Paris renuncia devido a escândalo sexual

Reviravolta na campanha pelas eleições municipais em Paris a apenas um mês da votação. O candidato do partido presidencial, Benjamin Griveaux, renunciou nesta sexta-feira (14) à corrida pela prefeitura da capital. A decisão foi anunciada …