Bomba perdida da Segunda Guerra Mundial fecha aeroporto de Londres

O Aeroporto da Cidade de Londres (London City Airport) foi fechado depois de trabalhadores terem encontrado uma bomba da Segunda Guerra Mundial próxima ao rio Tâmisa.

Nas margens do rio no leste da cidade, o terminal de aeroporto fica dentro da capital inglesa e, além de voos comerciais, é usado para pousos e decolagens de jatos e helicópteros particulares.

Os voos foram cancelados já na noite deste domingo (11), e o aeroporto permanece fechado nesta segunda-feira (12) para que a bomba seja desativada e retirada. Mais de 16 mil pessoas devem ser afetadas, avança a BBC.

O artefato histórico foi encontrado às 5h de domingo. Robert Sinclair, diretor do aeroporto, pediu desculpas pelo transtorno. “Reconheço que isso causa inconveniência para os passageiros, em especial para os residentes locais. O aeroporto colabora com a polícia e a Marinha real e une esforços para remover a bomba e resolver a situação o mais rápido possível”.

Em 1940, os aviões da Alemanha nazista deram início a uma operação de bombardeios conhecida como a “Blitz de Londres“, que durou oito meses. O ataque começou nas margens do Tâmisa, com bombas jogadas sobre o porto da cidade.

Londres já tinha sido atacada antes, mas os bombardeios registrados a partir de 7 de setembro de 1940 são considerados a primeira operação concentrada. A operação foi ordenada por Adolf Hitler em retaliação ao ataque da força aérea britânica em Berlim, realizado dias antes.

Registros históricos indicam que Londres ficou 57 dias consecutivos sob ataque, entre setembro e novembro. A ofensiva alemã continuou, ainda que não diariamente, por mais seis meses até maio de 1941.

Contudo, nem todas as bombas explodiram, e muitas continuam sendo descobertas em Londres, em especial durante obras. Apesar de terem quase 80 anos, esses artefatos podem ter preservado seu poder de destruição.

Por isso, as operações para desativar estas relíquias de guerra mobilizam a polícia e as forças armadas britânicas.

Em março do ano passado, uma bomba foi encontrada em uma região residencial de Londres. A área foi isolada e 80 moradores foram levados para um hotel. No domingo, a polícia montou um perímetro de isolamento a 214 metros da área onde a bomba foi localizada no aeroporto. Os moradores tiveram que ser realojados.

“Enquanto nos esforçamos para avançar com a operação o mais rápido possível e minimizar a interrupção, é importante que todas as providências e precauções necessárias sejam tomadas para assegurar que tudo está sendo tratado com segurança“, informou a polícia londrina.

Os passageiros que tiveram voos cancelados usaram as redes sociais para expressar confusão e frustração com o encerramento do aeroporto. Eles estão sendo orientados a procurar as companhias aéreas para remarcar os voos. Além deste aeroporto, Londres é atendida comercialmente por pelo menos mais quatro aeroportos: Heathrow, Gatwick, Stansted e Luton.

No ano passado, mais de 4,5 milhões de pessoas usaram o London City Airport, que passa por uma ampliação. A obra está orçada em mais de 445 milhões de euros (quase R$ 1,8 milhão) e, depois da expansão, a expectativa é que o aeroporto seja frequentado por mais 2 milhões de passageiros e receba 30 mil voos extra por ano.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …