Bomba perdida da Segunda Guerra Mundial fecha aeroporto de Londres

O Aeroporto da Cidade de Londres (London City Airport) foi fechado depois de trabalhadores terem encontrado uma bomba da Segunda Guerra Mundial próxima ao rio Tâmisa.

Nas margens do rio no leste da cidade, o terminal de aeroporto fica dentro da capital inglesa e, além de voos comerciais, é usado para pousos e decolagens de jatos e helicópteros particulares.

Os voos foram cancelados já na noite deste domingo (11), e o aeroporto permanece fechado nesta segunda-feira (12) para que a bomba seja desativada e retirada. Mais de 16 mil pessoas devem ser afetadas, avança a BBC.

O artefato histórico foi encontrado às 5h de domingo. Robert Sinclair, diretor do aeroporto, pediu desculpas pelo transtorno. “Reconheço que isso causa inconveniência para os passageiros, em especial para os residentes locais. O aeroporto colabora com a polícia e a Marinha real e une esforços para remover a bomba e resolver a situação o mais rápido possível”.

Em 1940, os aviões da Alemanha nazista deram início a uma operação de bombardeios conhecida como a “Blitz de Londres“, que durou oito meses. O ataque começou nas margens do Tâmisa, com bombas jogadas sobre o porto da cidade.

Londres já tinha sido atacada antes, mas os bombardeios registrados a partir de 7 de setembro de 1940 são considerados a primeira operação concentrada. A operação foi ordenada por Adolf Hitler em retaliação ao ataque da força aérea britânica em Berlim, realizado dias antes.

Registros históricos indicam que Londres ficou 57 dias consecutivos sob ataque, entre setembro e novembro. A ofensiva alemã continuou, ainda que não diariamente, por mais seis meses até maio de 1941.

Contudo, nem todas as bombas explodiram, e muitas continuam sendo descobertas em Londres, em especial durante obras. Apesar de terem quase 80 anos, esses artefatos podem ter preservado seu poder de destruição.

Por isso, as operações para desativar estas relíquias de guerra mobilizam a polícia e as forças armadas britânicas.

Em março do ano passado, uma bomba foi encontrada em uma região residencial de Londres. A área foi isolada e 80 moradores foram levados para um hotel. No domingo, a polícia montou um perímetro de isolamento a 214 metros da área onde a bomba foi localizada no aeroporto. Os moradores tiveram que ser realojados.

“Enquanto nos esforçamos para avançar com a operação o mais rápido possível e minimizar a interrupção, é importante que todas as providências e precauções necessárias sejam tomadas para assegurar que tudo está sendo tratado com segurança“, informou a polícia londrina.

Os passageiros que tiveram voos cancelados usaram as redes sociais para expressar confusão e frustração com o encerramento do aeroporto. Eles estão sendo orientados a procurar as companhias aéreas para remarcar os voos. Além deste aeroporto, Londres é atendida comercialmente por pelo menos mais quatro aeroportos: Heathrow, Gatwick, Stansted e Luton.

No ano passado, mais de 4,5 milhões de pessoas usaram o London City Airport, que passa por uma ampliação. A obra está orçada em mais de 445 milhões de euros (quase R$ 1,8 milhão) e, depois da expansão, a expectativa é que o aeroporto seja frequentado por mais 2 milhões de passageiros e receba 30 mil voos extra por ano.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Oásis egípcio escondia tumbas da era romana

Dois túmulos da época romana foram encontrados no complexo arqueológico de Beir Al-Shaghala, no oásis egípcio de Dakhla, anunciou esta semana o secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades, Mostafa Waziri. Construídos com diferentes estilos arquitetônicos e …

60% das espécies de café estão em risco de extinção

Pela primeira vez, o café integra a Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza como espécie em vias de extinção. De acordo com um estudo publicado esta semana nas revistas ScienceAdvances e Global Change Biology, 60% …

Pela felicidade dos professores, escola cria “licença do amor”

A escola de ensino médio de Dinglan, localizada na cidade chinesa de Hangzhou, apresentou esta semana a “licença do amor”, que visa melhorar o humor dos professores e, consequentemente, o trabalho com os alunos. Segundo relata …

Parte da Antártida está encolhendo (e não deveria)

Quando os cientistas falam sobre o derretimento da Antártida, geralmente se referem à Antártida Ocidental, onde gigantescos glaciares costeiros derramam grandes quantidades de água. Mas, do outro lado das montanhas transantárticas a leste, há um manto …

Estátua de diabo “alegre demais” gera polêmica na Espanha

Uma estátua que representa o diabo foi criticada por ser “alegre demais” pelos moradores da cidade de Segóvia, na Espanha. A escultura de bronze, que ainda não foi instalada, foi criada em homenagem a uma lenda …

Deputada britânica adiou o parto para votar contra o acordo do Brexit

Tulip Siddiq decidiu adiar o nascimento do segundo filho para poder votar contra o acordo do Brexit. A deputada trabalhista chegou ao Parlamento em uma cadeira de rodas. Tulip Siddiq decidiu adiar o nascimento do filho por …

Sorveteria em Florença cobra R$ 106 de turista por uma bola de sorvete

Uma sorveteria cobrou 25 euros (cerca de R$ 106) por um sorvete a um turista de Taiwan. Indignado, o turista reclamou ao guia que o acompanhava, que chamou a polícia. O estabelecimento foi multado em …

McDonald’s perde direitos do Big Mac para cadeia de fast food irlandesa

A irlandesa Supermac’s conseguiu uma vitória histórica: o Big Mac deixa de ser uma marca registrada na Europa. Mas a decisão ainda é passível de recurso. “É o fim do McBully”, disse Pat McDonagh, que recebeu …

Disco de gelo giratório gigantesco "invade" rio no Maine

Um enorme círculo de gelo giratório se formou esta semana no rio de Presumpscot, na cidade de Westbrook, no estado norte-americano do Maine. Esse disco bizarro, ainda que raro, é um fenômeno natural fruto da Física. …

Em um restaurante de Dubai, deixar comida no prato dá multa (e é mais cara que a refeição)

Com Dubai se tornando mais consciente do desperdício de alimentos, um restaurante se lembrou de uma maneira de fazer com que os clientes não deixem comida no prato. O restaurante Gulou Hotpot, em Al Barsha, uma sossegada …