Harley-Davidson se rende à Europa e transfere parte da produção para fora dos EUA

Um jogo de cintura para fugir das taxas alfandegárias impostas pela UE. A Harley-Davidson estima que as tarifas impostas prejudiquem seu negócio, traduzindo-se em um custo adicional de 2.200 dólares, cerca de R$ 8.300, por cada moto exportada. Assim, a empresa vai transferir parte da produção para a Europa.

Nesta segunda-feira (25), a famosa fabricante de motocicletas Harley-Davidson anunciou que vai transferir parte da sua produção dos Estados Unidos para outros países, a fim de evitar as tarifas impostas pela União Europeia, mas disputa entre a Casa Branca e a Europa ameaça as vendas internacionais da empresa.

Em retaliação às tarifas impostas pelo governo dos Estados Unidos sobre o aço e o alumínio, a União Europeia impôs tarifas este mês a uma longa lista de exportações americanas politicamente sensíveis, incluindo motocicletas.

A empresa estima que a nova taxa irá custar entre 90 a 100 milhões de dólares por ano, cerca de 340 a 378 de reais.

Em comunicado, a Harley-Davidson, sediada em Wisconsin, informou ao regulador que a tarifa de 25% irá se traduzir em um custo adicional de 2.200 dólares por cada moto exportada dos Estados Unidos para a União Europeia, que a empresa não quer refletir no preço final a ser pago pelo consumidor, informa o Jornal de Negócios.

Até o fim deste ano, o impacto das tarifas nas contas da fabricante será de 30 a 45 milhões de dólares. Segundo a Slate, a tarifas sobre as motos aumentaram de 6% para 31%. Para contornar o problema, a empresa irá transferir parte da sua produção para a Europa nos próximos 9 a 18 meses.

“A Harley-Davidson acredita que o tremendo aumento dos custos, se passado para os revendedores e clientes de retalho, terá um impacto negativo, imediato e duradouro, no negócio nessa região”, refere a empresa, no comunicado citado pela Reuters.

A Europa é o segundo maior mercado da empresa. No ano passado, a Harley-Davidson vendeu quase 40 mil motos na Europa, que representaram 14% das vendas totais.

Ainda assim, a fabricante tem feito muitos esforços para aumentar suas vendas no exterior, para evoluir dos atuais 43% do volume total para 50%. Depois de suas vendas para o exterior terem caído para o valor mais baixo dos últimos seis anos, a empresa anunciou o fechamento da sua unidade de produção em Kansas City, Missouri.

A Harley-Davidson não adiantou, porém, se os funcionários vão perder o emprego. No entanto, se a transferência levar a cortes de empregos ou não, a “icônica marca americana movimenta a fabricação no exterior” não é o tipo de manchete que o governo de Trump espera que suas agressivas táticas comerciais gerem.

Harley-Davidson se rendeu à Europa, acusa Trump

Também nesta segunda, o presidente norte-americano se pronunciou sobre o assunto, criticando a decisão da fabricante Harley-Davidson de transferir uma parte da sua produção para a Europa, informou a Renascença.

“Surpreendido”, Donald Trump acusa a empresa que é um dos símbolos dos Estados Unidos de ter sido a primeira “a levantar uma bandeira branca“. “Eu lutei arduamente por eles e, no final das contas, não vão pagar tarifas na União Europeia”, disse no Twitter.

As tarifas são apenas uma desculpa para a Harley. Tenham paciência.”

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA:

NASA pode ter destruído as primeiras provas de vida em Marte

A NASA pode ter destruído provas da existência de vida em Marte nos anos 1970. O carbono esteve no solo marciano o tempo todo, mas, infelizmente, os Vikings podem ter incendiado tudo. Em 1976, a NASA …

Evo Morales inaugura linha mais veloz do teleférico de La Paz

O presidente da Bolívia, Evo Morales, inaugurou neste sábado a linha mais veloz do sistema de teleféricos da capital do país, o mais longo e extenso do mundo, uma das obras entregues por ocasião dos …

Fungo mortal está se tornando um problema de saúde mundial

Um patógeno que resiste a quase todos os medicamentos desenvolvidos para tratá-lo está se movendo rapidamente pelo mundo: infecções foram relatadas em 27 países, com diversas mortes. O mais estranho de tudo? Não é uma bactéria …

França conquista segunda Copa e se iguala a Uruguai e Argentina

A França venceu a Croácia por 4 x 2 e é campeã da Copa do Mundo da Rússia. O time francês foi aplicado taticamente, apostou na solidez de sua defesa e na eficiência de seus …

"Trump me sugeriu processar a União Europeia", diz primeira-ministra britânica

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, revelou neste domingo, 15, que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lhe disse para "processar a União Europeia" em meio às tratativas de negociações do Brexit - …

Descoberta "oficina de múmias" próximo a pirâmides de Gizé

Arqueólogos alemães e egípcios anunciaram neste sábado (14) ter descoberto uma "oficina de mumificação" perto da necrópole de Saqqara, no Egito. Arqueólogos egípcios anunciaram a descoberta de um antigo sepultamento e de uma oficina de mumificação …

Os romanos podem ter sido os primeiros caçadores de baleias

Ossadas de baleias cinzentas e baleias-francas do Atlântico Norte foram encontradas no Estreito de Gibraltar. Esses ossos sugerem que, nos primeiros séculos depois de Cristo, as baleias não só circulavam por mares europeus como também …

Cabine de avião da Ryanair despressuriza e 33 passageiros vão parar no hospital

Trinta e três passageiros de um avião da companhia low-cost Ryanair tiveram que ser hospitalizados depois que a cabine do aparelhou sofreu uma despressurização. O piloto precisou fazer uma aterrissagem de emergência em Frankfurt, na …

Marun nega participação em supostas fraudes no Ministério do Trabalho

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, negou hoje (14) em nota que tenha participado de supostas fraudes no Ministério do Trabalho para beneficiar sindicatos em Mato Grosso do Sul, seu reduto eleitoral. A informação …

Mosaico que retrata "espiões bíblicos" de Moisés é descoberto em Israel

A descoberta de uma série de mosaicos que datam de 1.600 anos atrás, no interior de uma antiga sinagoga, em Israel, está “revolucionando” tudo o que sabíamos sobre o Judaísmo da época, apresentando “novas pistas” …