Hitler tomou decisões sob efeito de cocaína

O líder nazista usava drogas como cocaína, heroína, metanfetamina e morfina, segundo Norman Ohler, autor do livro sobre o abuso de estimulantes no Terceiro Reich.

No início, Adolf Hitler começou por injetar vitaminas para se sentir mais disposto, passando para esteroides e hormônios para curar doenças, até chegar ao uso de cocaína e um derivado de heroína.

Segundo Ohler, algumas decisões foram tomadas quando o líder nazista estava sob efeito da cocaína.

“Hitler usava drogas para manter as convicções que ele criou quando já estava sob efeito de drogas. Chegou a um ponto de evasão da realidade que suas ilusões de tomar o mundo inteiro foram escancaradas e mostradas como eram, meras ilusões completamente fora da realidade”, disse Ohler à BBC.

O livro de Ohler, Blitzed, foi publicado no ano passado na Alemanha, onde virou best-seller, e já foi traduzido para 18 idiomas.

As descobertas de Ohler se baseiam em arquivos históricos encontrados por ele em Berlim, sobretudo diários do médico pessoal de Hitler, Theodor Morell.

Ian Kershaw, historiador britânico considerado uma das maiores autoridades em Alemanha Nazista, elogiou o livro.

Segundo Ohler, em 1935 Hitler conheceu Morell, que lhe receitou vitaminas para se sentir melhor e evitar resfriados.

Durante batalhas contra a Rússia, em 1941, Hitler ficou doente e isso causou uma agitação no quartel-general nazista, já que o Fuhrer jamais adoecia e se mostrava sempre enérgico.

Desconfiado dos generais que tomaram o comando da guerra em sua ausência, Hitler pediu a Morell algo que o levaria de volta à sala de operações, e pela primeira vez tomou hormônios, esteroides e até abstratos de fígado de porco, injetados em seu braço.

Funcionou, e assim ele se manteve até o próximo estágio de dependência, em 1943.

Fim de guerra e descontrole

O líder fascista italiano Benito Mussolini queria abandonar o eixo do mal da Segunda Guerra Mundial e isso estava deprimindo Hitler. Diante do desespero do Fuhrer, Morell lhe deu uma dose de uma droga, parente farmacológico da heroína, antes de uma reunião com Mussolini em julho de 1943.

Hitler falou euforicamente durante toda a reunião e Mussolini não disse uma palavra.

“Começou a ficar um pouco constrangedor porque naquela reunião ele realmente estava louco. Em reuniões com generais que estavam deprimidos ou no mínimo preocupados com o curso da guerra, Hitler chegava completamente eufórico dizendo que o conflito terminaria bem para a Alemanha”, conta Ohler.

De acordo com o autor, é possível até observar efeitos da abstinência em vídeos mais próximos do final da Segunda Guerra, quando o acesso a drogas era mais restrito e Hitler tremia durante os discursos.

O uso de drogas não afetou apenas seu sistema motor. Algumas decisões estratégicas estratégicas, diz Ohler, foram mesmo tomadas sob efeito de drogas. Por exemplo, Hitler estava sob efeito de cocaína quando a Batalha das Ardenas foi arquitetada e comandada.

Trata-se da contraofensiva alemã lançada no final de 1944, sua última grande cartada.

A operação foi planejada em segredo com o objetivo de forçar os países aliados a negociar um tratado de paz, mas a superioridade aérea dos aliados massacrou as tropas nazistas.

“Ele estava completamente drogado e fora da realidade quando deu aquela ordem, não falou com ninguém sobre aquela ‘ideia fantástica’ e seus generais simplesmente não conseguiam acreditar naquela ofensiva sem sentido que custou milhares de vidas. Ele estava confiante de que aquela última ofensiva traria vitória à Alemanha” diz Ohler.

Ironicamente, Hitler pregava vários tipos de abstinência, inclusive a sexual. Também não bebia café, aboliu a carne de sua alimentação e dizia que “quanto mais um homem sobe na vida, mais precisa se abster”.

Dependentes químicos eram enviados a campos de concentração e o uso de drogas era associado aos judeus. Ao mesmo tempo, no Exército havia o “Decreto de Estimulantes” que distribuía sistematicamente metanfetamina entre os soldados antes das batalhas.

// BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Presidente russo Vladimir Putin anuncia registro de 1ª vacina contra COVID-19

Nesta terça-feira (11), o presidente Vladimir Putin anunciou o registro da primeira vacina russa contra a COVID-19. "Tanto quanto sei, nesta manhã foi registrada, pela primeira vez no mundo, uma vacina contra a COVID-19", disse o …

O planeta anão Ceres é um Oceano, afirmam cientistas

O planeta anão Ceres — há muito considerado uma estéril rocha espacial — é um mundo oceânico com reservatórios de água marinha sob sua superfície, descobriu uma grande missão de exploração que divulgou seus resultados …

Líder da oposição de Belarus deixa o país

Ministro da Lituânia afirma que Svetlana Tikhanovskaya "está em segurança” no país vizinho. Regime de Alexander Lukansheko, no poder desde 1994, vem reprimindo protestos que acusam governo de fraudar eleições. O ministro das Relações Exteriores da …

Jovem negro é morto no dia do aniversário por PM que achou que ele fosse atirar

Nesse domingo (9), Rogério Ferreira da Silva Júnior comemorava o seu aniversário de 19 anos dando um rolê de moto. Enquanto passava pela Avenida dos Pedrosos, na Zona Sul de São Paulo, foi perseguido por …

Bill Gates opina sobre compra do TikTok pela Microsoft: “cálice envenenado”

Embora esteja afastado desde março do conselho de diretores da Microsoft, Bill Gates, cofundador e atual consultor de tecnologia da companhia, não deixa de estar atento às recentes notícias de que a gigante de Redmond …

Plataforma de gelo no Canadá quebra e cria iceberg pouco menor que Vitória, do Espírito Santo

Após um aquecimento de cerca de 9 ºC nas últimas décadas, a Milne, considerada "a última plataforma de gelo completa" no mundo, perdeu uma grande parte, formando um iceberg. Uma das maiores plataformas de gelo no …

Cientistas propõe adicionar drogas psicoativas na água potável

Pesquisadores do Reino Unido propuseram uma idéia radical para reduzir a taxa de suicídios: incluir o medicamento psicoativo lítio — um estabilizador de humor — na água potável da população. Parece uma idéia completamente radical, mas …

Magnata da mídia é preso em Hong Kong

Jimmy Lai, crítico do regime de Pequim e proprietário de jornal pró-democracia, foi detido com base em nova lei de segurança nacional imposta pela China. O empresário Jimmy Lai, uma das figuras mais influentes do movimento …

Twitter entra na briga pela compra do TikTok e pode fundir redes sociais

O banimento do TikTok nos Estados Unidos virou uma verdadeira novela mexicana. O aplicativo chinês, que tem até 45 dias para encontrar uma companhia americana para assumir suas operações no país e não ser bloqueado …

Motoboy é vítima de racismo de homem branco: "Você tem inveja disso aqui [minha cor]"

A manhã de sexta-feira (7) começou com mais um caso de racismo no Brasil. Um vídeo que viralizou no Twitter registra um homem branco fazendo injúrias raciais contra um entregador de delivery. As fortes imagens são …