Hitler tomou decisões sob efeito de cocaína

O líder nazista usava drogas como cocaína, heroína, metanfetamina e morfina, segundo Norman Ohler, autor do livro sobre o abuso de estimulantes no Terceiro Reich.

No início, Adolf Hitler começou por injetar vitaminas para se sentir mais disposto, passando para esteroides e hormônios para curar doenças, até chegar ao uso de cocaína e um derivado de heroína.

Segundo Ohler, algumas decisões foram tomadas quando o líder nazista estava sob efeito da cocaína.

“Hitler usava drogas para manter as convicções que ele criou quando já estava sob efeito de drogas. Chegou a um ponto de evasão da realidade que suas ilusões de tomar o mundo inteiro foram escancaradas e mostradas como eram, meras ilusões completamente fora da realidade”, disse Ohler à BBC.

O livro de Ohler, Blitzed, foi publicado no ano passado na Alemanha, onde virou best-seller, e já foi traduzido para 18 idiomas.

As descobertas de Ohler se baseiam em arquivos históricos encontrados por ele em Berlim, sobretudo diários do médico pessoal de Hitler, Theodor Morell.

Ian Kershaw, historiador britânico considerado uma das maiores autoridades em Alemanha Nazista, elogiou o livro.

Segundo Ohler, em 1935 Hitler conheceu Morell, que lhe receitou vitaminas para se sentir melhor e evitar resfriados.

Durante batalhas contra a Rússia, em 1941, Hitler ficou doente e isso causou uma agitação no quartel-general nazista, já que o Fuhrer jamais adoecia e se mostrava sempre enérgico.

Desconfiado dos generais que tomaram o comando da guerra em sua ausência, Hitler pediu a Morell algo que o levaria de volta à sala de operações, e pela primeira vez tomou hormônios, esteroides e até abstratos de fígado de porco, injetados em seu braço.

Funcionou, e assim ele se manteve até o próximo estágio de dependência, em 1943.

Fim de guerra e descontrole

O líder fascista italiano Benito Mussolini queria abandonar o eixo do mal da Segunda Guerra Mundial e isso estava deprimindo Hitler. Diante do desespero do Fuhrer, Morell lhe deu uma dose de uma droga, parente farmacológico da heroína, antes de uma reunião com Mussolini em julho de 1943.

Hitler falou euforicamente durante toda a reunião e Mussolini não disse uma palavra.

“Começou a ficar um pouco constrangedor porque naquela reunião ele realmente estava louco. Em reuniões com generais que estavam deprimidos ou no mínimo preocupados com o curso da guerra, Hitler chegava completamente eufórico dizendo que o conflito terminaria bem para a Alemanha”, conta Ohler.

De acordo com o autor, é possível até observar efeitos da abstinência em vídeos mais próximos do final da Segunda Guerra, quando o acesso a drogas era mais restrito e Hitler tremia durante os discursos.

O uso de drogas não afetou apenas seu sistema motor. Algumas decisões estratégicas estratégicas, diz Ohler, foram mesmo tomadas sob efeito de drogas. Por exemplo, Hitler estava sob efeito de cocaína quando a Batalha das Ardenas foi arquitetada e comandada.

Trata-se da contraofensiva alemã lançada no final de 1944, sua última grande cartada.

A operação foi planejada em segredo com o objetivo de forçar os países aliados a negociar um tratado de paz, mas a superioridade aérea dos aliados massacrou as tropas nazistas.

“Ele estava completamente drogado e fora da realidade quando deu aquela ordem, não falou com ninguém sobre aquela ‘ideia fantástica’ e seus generais simplesmente não conseguiam acreditar naquela ofensiva sem sentido que custou milhares de vidas. Ele estava confiante de que aquela última ofensiva traria vitória à Alemanha” diz Ohler.

Ironicamente, Hitler pregava vários tipos de abstinência, inclusive a sexual. Também não bebia café, aboliu a carne de sua alimentação e dizia que “quanto mais um homem sobe na vida, mais precisa se abster”.

Dependentes químicos eram enviados a campos de concentração e o uso de drogas era associado aos judeus. Ao mesmo tempo, no Exército havia o “Decreto de Estimulantes” que distribuía sistematicamente metanfetamina entre os soldados antes das batalhas.

// BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Japão pretende desenvolver tecnologia ultrarrápida 6G até 2030

O governo japonês elaborará uma estratégia abrangente sobre as futuras redes de comunicação sem fio ultrarrápidas 6G e montou um painel para discutir o assunto, declarou ministra japonesa do Interior e Comunicações. O anúncio foi feito …

Tesla atinge valor de mercado de US$ 100 bi — e Musk receberá um grande bônus

A Tesla é uma das companhias mais promissoras do mundo, mas ainda gera dúvidas entre os investidores, devido aos problemas para atingir as metas de produção e polêmicos acidentes envolvendo seus veículos — além de …

Por que o príncipe da Arábia Saudita hackeou celular de Jeff Bezos, segundo investigação da ONU

Uma intriga internacional envolve, desde 2018, o homem mais rico do mundo e uma ditadura ultrafechada acusada de matar seus inimigos com requintes de crueldade. E, agora, o caso está sendo investigado por especialistas em …

Garoto de apenas 6 anos arrecada $270 mil para ajudar animais em incêndios australianos

Nos incêndios que devastaram algumas regiões da Austrália, mais de 1 bilhão de animais morreram. No esforço para salvar os animais resgatados e tentar, o mais rápido possível, lhes oferecer um novo lar, este garotinho …

A descoberta dessa nova célula imunológica pode ser um tratamento “universal” para o câncer

Um novo estudo da Universidade de Cardiff (País de Gales) descobriu um tipo de célula imune que poderia levar a uma “terapia universal” contra o câncer. Estamos falamos de uma célula T equipada com um tipo …

Governo brasileiro diz que UPS está interessada na privatização dos Correios

A privatização dos Correios tem despertado o interesse de diversas empresas estrangeiras de logística. Há algum tempo, Alibaba e Amazon manifestaram desejo em participar do processo de desestatização da estatal brasileira. Agora, a UPS também teria …

Coronavírus. OMS diz que ainda é cedo para decretar urgência internacional

Em uma reunião realizada nesta quinta-feira (23) em Genebra, o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, descartou, por enquanto, lançar um alerta de urgência internacional contra o coronavírus que se espalha …

Parlamento britânico valida definitivamente acordo do Brexit

O Parlamento britânico adotou em definitivo o acordo do Brexit, abrindo caminho para a saída do Reino Unido da União Europeia dentro de nove dias. O texto que regula os termos do divórcio, negociado entre o …

Brasil piora em ranking mundial de corrupção

O Brasil caiu uma posição no principal ranking internacional de corrupção, passando da 105ª para a 106ª entre 180 países, segundo o relatório divulgado nesta quinta-feira (23/01) pela ONG Transparência Internacional. O Brasil continua sendo um …

Cidade inteira é colocada em quarentena na China por causa de vírus exótico que se espalha pelo mundo

A China colocou toda a cidade de Wuhan sob quarentena para tentar evitar o contágio do vírus mortal 2019-nCoV, uma nova cepa do coronavírus identificada pouco tempo atrás. O município é o local onde uma epidemia …