Homem negro que perdeu movimento das pernas após 7 tiros de policial branco separava briga

Neil Hall / EPA

Menos de 3 meses após a morte de George Floyd, uma nova onda de protestos por justiça pelo povo preto toma os EUA. Jacob Blake, um homem negro morador de Wisconsin, tomou sete tiros e perdeu o movimento das pernas após uma ação policial. Ele estava acalmando uma briga quando o fardado atirou a queima roupa em suas costas.

A família de Blake, que tem apenas 29 anos e se encontra hospitalizado, confirmou à imprensa americana que ele ficou paraplégico e apelou às autoridades para que a Justiça seja feita em nome de Jacob. O nome do policial ainda não foi revelado.

“Estou pedindo e encorajando todos os cidadãos de Wisconsin e região para respirar por um momento e examinar o próprio coração. Cidadãos, policiais, bombeiros, clérigos e políticos, façam Justiça por Jacob nesse momento. Precisamos de paz e precisamos melhorar”, afirmou Julia Jackson, mãe de Jacob.

As imagens a seguir mostram o crime da polícia, que atirou sete vezes nas costas do pai de família. Os três filhos de Jacob viram a cena de dentro do carro.

Nova onda de manifestações antirracistas

A brutal tentativa de assassinato da polícia levou a uma nova onda de protestos do Black Lives Matter ao redor do país.

Em Kenosha, Winsconsin, onde o crime aconteceu, as manifestações estão sendo reprimidas por duro aparato militar do governo federal estadunidense. Dois jovens que participavam do movimento foram assassinados e o principal suspeito é um jovem de 17 anos que admirava a polícia, conforme reportagem da ABC News.

Os manifestantes alegam que o jovem faz parte de uma milícia de supremacistas brancos, tendo em vista que durante as manifestações outros homens abriram fogo diretamente contra os populares.

Donald Trump, presidente dos EUA, ordenou o envio da Guarda Nacional, força de policiais de todo o país para reprimir as manifestações e retomar o controle da cidade. Entretanto, em outras capitais e em Washington, D.C, mais protestos estão marcados, reforçando a segunda onda de manifestações pelo fim do racismo e pela refundação da polícia no país em 2020:

Eu não estou triste, não estou me sentindo culpada. Estou com raiva e estou cansada. Não consegui chorar nenhuma vez porque parei de chorar há anos. Estou cansada e paralisada; estamos assistindo policiais assassinando jovens pretos por anos e anos. Eu não quero a pena de ninguém. Eu quero mudança”, afirmou a irmã mais velha de Jacob, Letetra Widman, em um discurso tocante.

O Milwaukee Bucks, time de basquete de Wisconsin, está boicotando o 5º jogo dos playoffs da NBA contra o Orlando Magic em protesto contra a morte de Jacob. A NBA tem se prostrado contra a violência policial e em prol das vidas negras nos EUA, mostrando a importância dos esportes em questões sociais latentes na sociedade norte americana.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Especialista chinês: ascensão da China faz EUA entrarem em pânico e ficarem nervosos

O desenvolvimento econômico e a ascensão do país asiático fazem os EUA ficarem nervosos e entrarem em pânico, mas este medo se origina em seus preconceitos, disse em entrevista à Sputnik um especialista chinês. Li Junru, …

Interação de múons, a nova força da natureza que cientistas acreditam ter descoberto

Desde colar um ímã na porta de uma geladeira até jogar uma bola em uma cesta de basquete, as forças da física funcionam em todos os momentos de nossas vidas. Todas as forças que experimentamos todos …

Receita afirma que "só rico lê" e reforça preconceito de classe brasileiro

A Receita Federal deseja manter o projeto que cobra impostos sobre livros. Através da mesclagem entre PIS e Cofins, a nova CBS (Contribuição sobre bens e serviços), uma espécie de imposto sobre valor agregado, o …

Tribunal europeu dá aval a vacinação obrigatória

Corte de direitos humanos diz que medida pode ser necessária em sociedades democráticas e abre precedente no combate à covid-19. Tribunal julgava ação de famílias tchecas que se recusaram a vacinar os filhos. O Tribunal Europeu …

Covid-19: Governo chinês recompensa quem se vacina distribuindo ovos

Primeiro país afetado pela Covid-19, mas também o primeiro a se recuperar da pandemia, a China ainda encontra dificuldades para convencer sua população a se vacinar contra o coronavírus. O governo em algumas regiões …

Bloomberg revela planos de Biden de cortar orçamento do Pentágono

A administração Biden alegadamente pretende propor ao Pentágono um orçamento menor do que sob a administração Trump, reportou a agência Bloomberg citando três fontes. De acordo com agência, o orçamento será US$ 7 bilhões menor (cerca …

Cientistas revelam ameaça de grande desabamento de plataformas de gelo na Antártida

Novo estudo demonstrou que mais de um terço da área das plataformas de gelo na Antártida pode cair no mar se as temperaturas globais aumentarem em quatro graus, em comparação com o nível pré-industrial. De acordo …

“É como um lindo instrumento”: mais de 2 mil microfones desvendam o mistério o zunido dos beija-flores

O beija-flor faz um agradável zumbido quando paira na frente das flores para se alimentar. Mas só agora ficou claro como suas asas gera o som harmônico enquanto bate suas asas a impressionantes 40 vezes …

Barroso determina que presidente do Senado instale "CPI da covid"

Pedido para criar a comissão foi protocolado no início de fevereiro, mas Rodrigo Pacheco resistia. Colegiado deve apurar irregularidades e pode gerar desgaste ao governo. O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou …

Cientistas descobrem segredo do computador de mais de 2 mil anos

A Máquina de Anticítera permanecia há mais de um século como um dos grandes mistérios do planeta até março desse ano: espécie de primeiro computador da história, o mecanismo com mais de 2 mil anos …