Governo da Hungria promove ideia de procriação contra imigração

Em evento em Budapeste ao lado de líderes estrangeiros, premiê Viktor Orbán defende que casais cristãos tenham mais filhos. “Família tradicional” é a solução para queda da natalidade na Europa, e não a imigração, afirma.

O governo nacionalista do primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orbán, promoveu na quinta-feira (05/09), em Budapeste, uma “conferência demográfica” para discutir iniciativas para incentivar a procriação entre casais cristãos como forma de se sobrepor à imigração na Europa.

Ao lado dos líderes da República Tcheca e da Sérvia, além de outros políticos estrangeiros, líderes religiosos e diplomatas, Orbán diss que os países europeus devem promover “modelos tradicionais de família” e encorajar os casais cristãos a terem mais filhos. Ele rejeitou a ideia da imigração como solução para o declínio demográfico na Europa.

“Se aceitarmos a imigração como uma solução, estaremos contribuindo para uma substituição populacional”, afirmou Orbán, empregando um termo utilizado em círculos de extrema direita.

O húngaro criticou o que chamou de “novo tipo de argumentação verde” que sustenta que ter menos crianças é melhor para o planeta e para o meio ambiente, dizendo que essa teoria é antinatural e “acéfala”.

Orbán anunciou neste ano um pacote de incentivos financeiros às famílias como meio de estimular a procriação, que inclui isenções de impostos para toda a vida às mulheres que derem à luz quatro filhos ou mais.

“Apenas conseguiremos ter êxito quando construirmos um sistema de apoio familiar sob o qual os que decidirem ter filhos recebam garantias de um melhor padrão de vida do que aqueles que optarem por não tê-los”, disse o primeiro-ministro.

Ele defende que as políticas pró-família devem estar asseguradas pelas Constituições nacionais, que devem protegê-las de “ataques” proferidos por decisões “antifamília” da Justiça e por ações de ONGs que, segundo afirma, conseguem influenciar o processo decisório do país.

“De acordo com os valores húngaros, cada criança tem direito a ter um pai e uma mãe”, disse Orbán. “Quando falamos de família e subsídios familiares, apoiamos as famílias tradicionais.”

A nova Constituição húngara, aprovada em 2012 por meio da maioria parlamentar obtida pelo partido de Orbán, o Fidesz, estabelece que o país “protege a instituição do casamento como sendo a união entre um homem e uma mulher”.

Após assumir seu terceiro mandato no ano passado, o primeiro-ministro renomeou a direção política de seu governo como “democracia cristã”. Ele defende que “a condição para o sucesso [das políticas pró-família] é o ressurgimento da cristandade na Europa”.

O primeiro-ministro tcheco, Andrej Babis, o presidente sérvio, Aleksandar Vucic, e o ex-premiê da Austrália Tony Abbott, convidado de honra da conferência, elogiaram em seus discursos a liderança de Orbán.

Abbott afirmou que a maior ameaça às civilizações ocidentais não é a mudança climática, mas o declínio populacional. Ele criticou o príncipe Harry do Reino Unido e sua esposa, Meghan Markle, por afirmarem que não terão mais de dois filhos em razão dos efeitos ao meio ambiente.

“Ter menos crianças nos países ocidentais dificilmente trará melhorias ao meio ambiente, enquanto tantas crianças nascem em outras partes [do mundo]”, argumentou o australiano.

O evento, o terceiro realizado no país sobre o tema da demografia, ocorreu no dia seguinte a uma conferência sobre “comunicações cristãs”, em que foram discutidos meios de promover os valores cristãos nos órgãos de imprensa.

// DW

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Suécia vai abrir “CPI da Covid-19” para saber se governo fez bem ao não isolar a população

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, a Suécia tem ido na contramão de seus vizinhos. O país escandinavo preferiu manter um ritmo quase normal em suas atividades e não impôs o confinamento …

Uber testa modalidade que permite ao usuário reservar carro por hora

Na tentativa de achar novas fontes de receita para seu negócio de corridas compartilhadas, seriamente afetado pela COVID-19, a Uber está testando uma nova modalidade, focada nos passageiros que precisam fazer viagens mais longas e …

Revelada razão de comportamento instável de estrelas perto dos centros galácticos

Estrelas de ramo horizontal extremo são mais brilhantes e têm um ciclo de vida inferior ao das estrelas comuns, de acordo com um novo estudo. Os astrônomos estudaram o comportamento de um tipo especial de estrelas, …

Trump ameaça acionar Forças Armadas para conter protestos

No 7.º dia de manifestações antirracismo, Presidente dos EUA critica inação de governadores e promete enviar milhares de soldados para pôr fim a distúrbios. Visita de Trump a igreja é criticada como tentativa de autopromoção. O …

Não é apenas o coronavírus: surto de ebola retorna ao Congo

Foi confirmada, pelo ministro da Saúde do Congo, a descoberta de novos casos de Ebola na província de Équateur. O último surto do vírus altamente mortal ocorreu em 2018 e matou 33 pessoas no país. O …

Coronavírus: São Paulo se prepara para reabertura com 70% de leitos ocupados

O governo estadual de São Paulo ordenou a reabertura gradual dos estabelecimentos comerciais a partir dessa terça-feira (2). A gestão diz se basear no índice de infecções do novo coronavírus por cidade. Mesmo com 70% …

Júpiter é tão grande que quase virou um sol

Júpiter é o maior planeta do sistema solar. Assim, bem maior mesmo. Do tipo se você pegar todos os outros planetas e juntar suas massas, não chega nem aos pés dele. Nem mesmo metadinha. Esse gigante …

União Europeia pede que EUA reconsiderem sua decisão de cortar relações com a OMS

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e o chefe de relações internacionais da União Europeia, Josep Borrell, pediram neste sábado (30) que os Estados Unidos “reconsiderem a decisão anunciada” de romper …

Astronautas da NASA chegam à ISS em nave da SpaceX e entram para a história

Depois de viajarem pelo espaço por 19 horas, os astronautas Bob Behnken e Doug Hurley chegaram à Estação Espacial Internacional (ISS) a bordo da nave Crew Dragon alguns minutos antes do previsto. O lançamento histórico aconteceu …

Nova Zelândia se encontra em cima de enorme bolha de lava, segundo pesquisa

Durante os anos 70, pesquisadores propuseram a teoria de que o interior do planeta se agita lentamente como uma bolha de lava. Estas bolhas flutuantes surgem como plumas do manto derretido do centro da Terra, onde …