Igreja destruiu arquivos sobre abuso sexual, admite cardeal

Botulph / Wikimedia

O Cardeal Reinhard Marx, Arcebispo de Munique

Durante cúpula no Vaticano sobre proteção de menores, presidente da Conferência Episcopal Alemã, Reinhard Marx, reconheceu o acobertamento de crimes sexuais do clero, no passado. Relatores exigem transparência.

O cardeal alemão Reinhard Marx reconheceu neste sábado (23/02) que a Igreja Católica “destruiu” arquivos sobre abusos sexuais cometidos por sacerdotes contra menores de idade.

Falando na cúpula realizada no Vaticano sobre “a proteção dos menores na Igreja”, o presidente da Conferência Episcopal Alemã confirmou que “os arquivos que poderiam ter documentado esses atos terríveis e indicado os responsáveis foram destruídos, ou nem chegaram a ser criados”.

Reivindicando a eliminação da norma do segredo pontifício nos casos de abusos a menores, o assessor próximo do papa Francisco reforçou: “Os processos e procedimentos estabelecidos para julgar os crimes foram deliberadamente ignorados, até mesmo cancelados ou anulados, e os direitos das vítimas foram pisados e deixados à mercê de cada indivíduo.”

A terceira e última sessão da cúpula foi aberta com uma oração e o depoimento de mais uma vítima. Aos 114 presidentes e vice-presidentes de conferências episcopais de todo o mundo presentes, Marx acrescentou que “qualquer objeção baseada no segredo só seria relevante se fosse possível indicar razões convincentes”, mas que “como estão as coisas, não conheço essas razões“.

O arcebispo de Munique foi um dos três relatores neste sábado: “Na era das redes sociais, em que todos e cada um podem estabelecer contato quase imediato e trocas de informação através do Facebook, Twitter, é necessário redefinir a confidencialidade e o segredo, e fazer uma distinção em relação à proteção dos dados”, referiu.

Também o presidente da comissão para proteção de menores, o cardeal americano Sean Patrick O’Malley, afirmou ser “importante rever todo o conceito de segredo pontifício” em casos de abuso. O cardeal Marx insistiu, ainda, na necessidade da “comunicação ao público do número de casos e os detalhes relativos aos mesmos, na medida do possível”.

“Se fracassarmos, perderemos a oportunidade de manter um nível de autodeterminação sobre a informação ou nos exporemos à suspeita do acobertamento”, advertiu, exortando que sejam “estabelecidas normas e regras transparentes para os processos eclesiásticos”.

A eliminação do segredo pontifício – que vítimas de abusos pelo clero exigiram em numerosas ocasiões, considerando que protege os agressores – é uma das propostas que mais se tem ouvido desde o início da cúpula, na quinta-feira.

Do evento, que se concluirá no domingo com uma missa e palavras de Francisco, participam, ao todo, 190 representantes da hierarquia religiosa.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Emocionante avanço da teoria para a realidade: bizarro efeito quântico é observado

No núcleo toda estrela anã branca — o denso resto de uma estrela que queimou todo seu combustível — existe um fenômeno quântico enigmático: enquanto ganha massa ela reduz de tamanho chegando a um ponto …

Estudo prevê 300 mil mortes por covid até fim do ano nos EUA

Pesquisadores da Universidade de Washington pintam cenário sombrio caso restrições não sejam respeitadas. Enquanto primeiros epicentros registram queda, outros estados americanos divulgam taxas de infecções recordes. A epidemia de covid-19 deve matar aproximadamente 300 mil americanos …

Coronavírus: Exportações devem cair mais de 20% na América Latina, diz ONU

As exportações da América Latina e do Caribe podem cair mais de 20% em 2020 devido às consequências da pandemia do coronavírus, que também terá um impacto negativo nas importações, disse uma agência da …

O que é nitrato de amônio, que pode provocar explosões como a de Beirute?

A recente tragédia no país árabe trouxe de novo à tona preocupações sobre o armazenamento do perigoso material, tornando necessário saber como esses incidentes ocorrem para os prevenir. A explosão de nitrato de amônio em Beirute, …

Astrônomos descobrem nuvens gigantes "escondidas" em Vênus há 35 anos

Uma equipe de astrônomos encontrou nuvens venenosas, com gotas de ácido sulfúrico em sua formação, em meio à densa atmosfera de Vênus. Curiosamente, essas nuvens já estavam presente na atmosfera venusiana há pelo menos 35 anos, …

Japão lembra 75 anos de bomba de Hiroshima e pede união contra armas nucleares

Esta quinta-feira (6) marca o 75º aniversário do primeiro ataque com bomba atômica do mundo. Cerca de 140 mil pessoas morreram no bombardeio à cidade japonesa, realizado pelo Estados Unidos no fim da Segunda Guerra …

Donald Trump determina bloqueio do TikTok e WeChat nos EUA em 45 dias

O presidente dos Estados Unidos Donald Trump assinou na noite de ontem (6) uma ordem executiva determinando o fim de relações com as empresas responsáveis pelos apps TikTok e WeChat no país norte-americano. Em comunicado emitido …

Brasil caminha para ter 200 mil mortes pelo coronavírus até outubro, diz especialista

Na semana em que o Brasil deverá registrar 100 mil mortes pelo novo coronavírus, um especialista brasileiro indica que o país caminha para dobrar esse número em dois meses, atingindo 200 mil óbitos pela pandemia …

Petição defende que França assuma controle do Líbano

Suspeita de que desastre em Beirute foi causado por negligência eleva indignação dos libaneses, que pedem mandato francês pelos próximos dez anos no país. Apelo recebe mais de 50 mil assinaturas após visita de Macron. Quase …

Macron visita Beirute devastada e cobra reformas no Líbano

Presidente francês visita local da explosão e ouve apelos por mudanças por parte da população, para quem o desastre é consequência de anos de corrupção, caos público e má gestão. O presidente da França, Emmanuel Macron, …