Cardeal George Pell é condenado a 6 anos de prisão por pedofilia na Austrália

Mazur / catholicchurch.org.uk

Após ser condenado em fevereiro, George Pell recebe sentença por crimes de pedofilia contra dois menores nos anos 1990. Ele foi chefe das finanças do Vaticano e assessor próximo do papa Francisco.

O cardeal australiano George Pell, que chegou a ser o terceiro na hierarquia do Vaticano, foi sentenciado nesta quarta-feira (13/03) a seis anos de prisão por crimes de pedofilia contra dois menores, cometidos há mais de 20 anos.

O juiz Peter Kidd, do tribunal do estado de Victoria, detalhou que Pell deverá cumprir três anos e oito meses da condenação antes de pedir liberdade condicional, o que poderá fazer a partir de outubro de 2022. A defesa de Pell já apresentou recurso contra a sentença, que será analisado em junho.

Na leitura da sentença, o juiz disse que o cardeal, que na época dos crimes era arcebispo de Melbourne, atuou com “surpreendente arrogância” e que no julgamento “sustentou sua inocência, o que é seu direito”, mas ao mesmo tempo nunca mostrou “remorso ou contrição”.

Atualmente com 77 anos de idade, Pell tinha 55 anos na época do crime. O cardeal foi condenado por crimes sexuais contra dois meninos de coral, de 13 anos, cometidos na sacristia dos padres da Catedral de São Patrício, onde era o arcebispo. As outras convicções estão relacionadas a contatos físicos indevidos com os meninos.

Os nomes das vítimas não foram citados, apenas que um está vivo e que o outro morreu de overdose de heroína em 2014. O pai da segunda vítima se mostrou “decepcionado pela curta condenação” e expressou sua tristeza pelo que considerou uma punição inadequada para esses crimes. A vítima sobrevivente considerou a decisão do juiz “meticulosa e analítica”.

“É difícil para mim me permitir sentir a gravidade deste momento, o momento em que a sentença é proferida, o momento em que a justiça é feita”, disse o homem por meio de uma declaração lida por um de seus advogados.

“Aprecio que o tribunal tenha reconhecido o que me foi infligido quando criança. No entanto, não há descanso para mim. Tudo está ofuscado pelo recurso de apelo”, acrescentou.

O juiz ressaltou na sentença que o abuso dos dois meninos do coro foi “um ataque sexual descarado e forçado contra as vítimas”. “Os atos foram sexualmente gráficos, ambas as vítimas estavam visivelmente e audivelmente angustiadas durante a ofensa”, ressaltou o juiz, ao insistir que Pell estava consciente de seus atos e não reagiu quando uma das crianças lhe pediu que os deixasse ir.

Após ler a sentença, o juiz, que realçou que sua decisão “não foi simples” e assegurou que levou em consideração tanto a gravidade dos crimes como a idade e a saúde de Pell, pediu ao cardeal que assinasse o registro de agressores sexuais, no qual permanecerá “por toda a vida”.

A sentença foi divulgada depois que um júri considerou, de forma unânime, Pell culpado em dezembro dos crimes pelos quais era acusado, embora o veredito tenha sido anunciado apenas em 26 de fevereiro, após o arquivamento de um segundo caso contra o hierarca da Igreja Católica por supostos abusos sexuais de menores na década de 1970 na sua cidade natal, Ballarat.

// DW

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Líbano inicia luto nacional e recebe ajuda internacional

Diversos países enviam suprimentos médicos a Beirute. Presidente da França chega ao Líbano para avaliar situação. Megaexplosão deixou ao menos 137 mortos, incluindo diplomata alemão, e mais de 5 mil feridos. Beirute amanheceu nesta quinta-feira (06/08) …

StarShip finalmente levanta voo: a nave que um dia levará cem humanos para Marte e Lua

A SpaceX fez um lançamento de teste com sucesso do seu gigantesco protótipo do StarShip SN5 em Boca Chica, Texas (EUA), a uma altura planejada de 150 metros. A massiva torre de aço inoxidável flutuou no …

EUA conduzem lançamento de teste do míssil balístico Minuteman III

O projétil não tinha ogiva de combate, mas era equipado com três veículos recuperáveis que foram submetidos a testes. Militares dos EUA lançaram na manhã desta terça-feira (4) um míssil balístico Minuteman III a partir da …

Beirute soma mais de 100 mortos e 4000 feridos após explosões

O Líbano vive nesta quarta-feira (5) um dia de luto nacional, após as explosões na região portuária de Beirute, na tarde de ontem. A tragédia soma pelo menos 100 mortos, 4.000 feridos e 300.000 …

Mensagem na areia salva marinheiros desaparecidos no Oceano Pacífico

Trio de marinheiros que havia se desviado de rota e ficado sem combustível foi localizado numa pequena ilha da Micronésia após três dias. Aeronaves avistaram sinal gigante de SOS escrito na areia da praia. Três homens …

Problemas cardíacos duradouros se apresentam em 78% dos pacientes de coronavírus

O entusiastas do retorno da economia para a normalidade defendem suas opiniões geralmente com base no fato da maioria dos pacientes exibirem sintomas leves ou sequer ter qualquer sintoma de coronavírus, comparando negligentemente o Covid-19 …

Governo britânico vai pagar parte da conta de consumo em pubs e restaurantes

Incentivos não vão faltar para quem estava com saudades de frequentar bares, pubs e restaurantes no Reino Unido. Durante o mês de agosto, o governo britânico vai bancar parte da conta de quem sair …

Cientistas revelam origem de estranhos meteoritos encontrados na Terra

Uma equipe de cientistas norte-americanos teoriza que alguns dos meteoritos, que não se encaixam nas duas categorias principais, têm uma origem até hoje desconhecida por astrônomos. Um grupo significante de meteoritos, que existem hoje na Terra, …

Twitter pode ser multado em US$ 250 milhões por abuso de dados dos usuários

O Twitter confessou que, possivelmente, será multado em até US$ 250 milhões pela Comissão Federal de Comércio dos EUA (FTC, no original em inglês) por ter desrespeitado um acordo firmado em 2011 com a agência …

OMS afirma que não há solução milagrosa para lutar contra Covid-19

A Organização Mundial de Saúde avisou na segunda-feira que não há, nem haverá uma solução milagre contra a pandemis de Covid-19, não obstante a corrida que se verifica actualmente de forma a descobrir uma vacina …