Inflação em fevereiro foi de 0,33%, a menor taxa para o mês desde 2000

A inflação do Brasil em fevereiro ficou em 0,33%, a menor taxa para este mês desde 2000, prosseguindo a trajetória de baixa desde o começo de 2017 e no marco da profunda crise econômica que atravessa o país, informou hoje o Governo.

O Índice de Preços no Consumidor Amplo (IPCA) de fevereiro, divulgado esta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é menor que o de janeiro deste ano, quando ficou em 0,38%.

A inflação de fevereiro foi quase três vezes menor que a do mesmo mês de 2016 (0,90%) e é o melhor resultado para um segundo mês do ano desde 2000 (0,13%).

Desta forma, após os dois primeiros meses de 2017, o indicador acumula uma variação de 0,71%, uma porcentagem inferior a 2,18% referente ao mesmo período do ano anterior.

A redução da inflação em fevereiro foi possível principalmente pela queda de 0,45% dos preços dos alimentos e das bebidas, o melhor resultado para este setor desde julho de 2010, após o avanço de 0,35% que registraram em janeiro.

O setor têxtil comportou-se na mesma linha, com um leve retrocesso nos preços de 0,13%, que se acumula à queda de 0,36% anotada nesta atividade durante o mês precedente.

Com exceção do setor da educação, cujas tarifas subiram 5,04% no mês, o resto das atividades registrou tímidas subidas, lideradas pela comunicação (0,66%), saúde (0,65%) e despesas pessoais (0,31%).

O aumento nos preços da educação “reflete os reajustes frequentes praticados no início do ano letivo, especialmente os aumentos nas mensalidades dos cursos regulares, cujos valores subiram 6,99%”, indicou o órgão governamental em comunicado.

A forte desaceleração da inflação provocou que o índice anual até fevereiro ficasse em 4,76%, em comparação com o 5,35% registado nos doze meses imediatamente anteriores.

O dado é compatível com a meta de inflação que o Governo impôs para 2017, que é de 4,5%, mas com uma margem de tolerância de um ponto e meio percentual, o que eleva o teto máximo até 6,0%.

O mercado financeiro prevê que o Brasil vai fechar 2017 com um aumento de preços de 4,36%, segundo uma sondagem entre economistas divulgada esta semana pelo Banco Central.

O Brasil concluiu 2016 com uma inflação de 6,29%, uma taxa abaixo do então teto de tolerância (6,5%) e muito inferior ao 10,67% medido em 2015, quando registrou o seu maior nível nos últimos treze anos.

O menor ritmo na inflação é um sintoma positivo, segundo os especialistas, que pode aliviar em parte a grave crise econômica que o país atravessa, que encadeia dois anos consecutivos em recessão, algo que não acontecia desde a década de 1930.

O Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil, sendo a maior economia da América do Sul, retrocedeu 3,6% em 2016, queda que se uniu ao 3,8% registrado em 2015, o que provocou uma taxa de desemprego recorde, acima dos 12%, a estagnação do consumo interno e um desajuste profundo nas contas públicas.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Cientistas finalmente descobriram como capturar o espectro todo da luz solar para gerar hidrogênio

Pela primeira vez, cientistas da Universidade Estadual de Ohio (EUA) desenvolveram uma molécula que é capaz de coletar a energia de todo o espectro da luz solar. O processo, 50% mais eficiente que as atuais …

Você agora pode ouvir a voz de uma múmia de 3 mil anos

Com uso de tomografia computadorizada, impressão 3D e laringe eletrônica, pesquisadores do Reino Unido reconstruíram o trato vocal de uma múmia egípcia. Para a realização do projeto que teve início em 2013, foi preciso combinar medicina, …

Krakatoa, o inferno de Java: a erupção há 137 anos que foi sentida no planeta inteiro

Em 1883, o mundo presenciou um evento natural tão bombástico e violento que pôde ser notado de alguma forma por praticamente todos os habitantes do planeta. A erupção do vulcão Krakatoa, na Indonésia, lançou detritos a …

Educação e confiança fazem da Dinamarca país menos corrupto do mundo

Imagine poder almoçar tranquilamente num restaurante ou fazer compras enquanto deixa o seu bebê no carrinho, estacionado do lado de fora na calçada. Essa cena, que faz parte do cotidiano dos dinamarqueses, só é …

Brasil adianta ponteiros do Relógio do Juízo Final

O Relógio do Juízo Final teve seus ponteiros ajustados nesta quinta-feira (23/01) para a marca de apenas 100 segundos para a meia-noite, simbolizando o maior perigo para a humanidade registrado desde criação do dispositivo em …

Estudo comprova ligação entre estresse e cabelos brancos

Pesquisadores brasileiros e americanos investigaram processo de embranquecimento dos cabelos e concluem que estresse leva à liberação de substância que pode danificar células-tronco regeneradoras de pigmentos. Quando Maria Antonieta foi capturada durante a Revolução Francesa, consta …

Japão pretende desenvolver tecnologia ultrarrápida 6G até 2030

O governo japonês elaborará uma estratégia abrangente sobre as futuras redes de comunicação sem fio ultrarrápidas 6G e montou um painel para discutir o assunto, declarou ministra japonesa do Interior e Comunicações. O anúncio foi feito …

Tesla atinge valor de mercado de US$ 100 bi — e Musk receberá um grande bônus

A Tesla é uma das companhias mais promissoras do mundo, mas ainda gera dúvidas entre os investidores, devido aos problemas para atingir as metas de produção e polêmicos acidentes envolvendo seus veículos — além de …

Por que o príncipe da Arábia Saudita hackeou celular de Jeff Bezos, segundo investigação da ONU

Uma intriga internacional envolve, desde 2018, o homem mais rico do mundo e uma ditadura ultrafechada acusada de matar seus inimigos com requintes de crueldade. E, agora, o caso está sendo investigado por especialistas em …

Garoto de apenas 6 anos arrecada $270 mil para ajudar animais em incêndios australianos

Nos incêndios que devastaram algumas regiões da Austrália, mais de 1 bilhão de animais morreram. No esforço para salvar os animais resgatados e tentar, o mais rápido possível, lhes oferecer um novo lar, este garotinho …