Intervenção federal no Rio entra em nova fase

Fernando Frazão / Agência Brasil

Ao completar três meses nesta quarta-feira (16), a intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro entrará em nova fase. Se a primeira etapa foi dedicada a realizar diagnósticos e promover mudanças nos comandos das polícias Civil e Militar e na organização das secretarias ligadas ao tema, a partir de agora a população do estado verá mais policiais e viaturas nas ruas.

As afirmações são do porta-voz do Gabinete de Intervenção Federal (GIF), coronel Roberto Itamar.

Após três meses de intervenção, a população vai perceber mais policiamento nas ruas. Basicamente fruto do retorno da RAS [Regime Adicional de Serviço, hora extra policial], reposicionamento dos efetivos e retorno de policiais que estavam cedidos a outros órgãos. [Os policiais] também terão novas armas, coletes e viaturas”, anunciou Itamar.

O coronel disse que serão mais 1,3 mil homens nas ruas e que novas viaturas vão chegar, além das 265 que foram recém-entregues, totalizando 580 veículos.

Ele conversou por cerca de uma hora, nesta terça-feira (15), com as equipes da TV Brasil, Rádio Nacional e Agência Brasil na sede do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), que reúne representantes das forças de segurança do estado e onde fica o general Walter Braga Netto, interventor federal.

Itamar adiantou que uma nova comunidade será ocupada pelos militares nos próximos dias, a exemplo do que aconteceu na Vila Kennedy, zona oeste, onde o Exército opera desde 23 de fevereiro, e que agora volta totalmente ao controle do 14º Batalhão da Polícia Militar (BPM) de Bangu.

Segundo ele, os primeiros três meses foram dedicados à realização de diagnósticos da situação, reordenamento da estrutura de segurança, fortalecimento das corregedorias policiais e mudanças no sistema penitenciário, fatores que são fundamentais, mas não imediatamente percebidos pela população.

Roubo de veículos

Questionado sobre a situação na cidade do Rio, onde a população está assustada com frequentes confrontos em morros e comunidades como Rocinha, Cidade de Deus, São Carlos, Jacarezinho e outros, além de assaltos de rua, principalmente em coletivos, Itamar disse que a percepção de segurança tende a melhorar nos próximos meses.

Ele citou a redução de 13% no roubo de veículos, de março para abril, como um exemplo da diminuição da violência.

“Devem ser anunciados, muito em breve, a redução de vários índices de criminalidade, que traduzem a própria sensação de segurança da população, incluídos os roubos de rua. Os resultados estatísticos demoram um pouco a aparecer, mas a partir deste mês temos a certeza de uma tendência de redução nos índices”, adiantou Itamar.

Ciberia // Agência Brasil

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA:

Pessoas criativas têm 90% mais de probabilidade de ter esquizofrenia

Um grupo de cientistas da Universidade de Cambridge encontrou uma forte ligação entre formação em artes e o transtorno bipolar, depressão e esquizofrenia. Um estudo publicado no fim de abril no British Journal of Psychiatry aponta para uma forte ligação entre uma formação …

Psicólogo cria técnica para despertar a memória das testemunhas e vítimas de crimes

Um pesquisador da Universidade do Minho, no norte de Portugal, criou uma técnica para ajudar as testemunhas a recordarem com maior precisão o que aconteceu no local do crime. A eficácia da técnica já foi …

Familiares das vítimas do voo MH17 levam Rússia a tribunal

Nesta sexta-feira (25), cerca de 270 familiares de vítimas da queda do avião da Malaysia Airlines (MH17), anunciou que vai levar a Rússia perante o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos, em Estrasburgo (França). Jerry Skinner, o advogado especialista …

Brasil precisa dobrar investimento por 25 anos para ter infraestrutura de transporte com "mínimo de qualidade"

O brasileiro paga caro por energia elétrica, por uma banda larga de baixa qualidade, tem acesso precário a saneamento e um sistema de transportes insuficiente para conectar um território de dimensões continentais. A deficiência de infraestrutura …

Trump muda de ideia e retoma o “romance” com Kim Jong-un

Donald Trump diz que, afinal, a cúpula com o líder da Coreia do Norte ainda pode acontecer. Depois de ter cancelado abruptamente o encontro com Kim Jong-un, que estava previsto para 12 de junho, o …

Abastecido por balsas, Amapá passa à margem da crise dos combustíveis

Com praticamente todo o abastecimento de combustíveis feito por balsas, o estado do Amapá é das poucas unidades da federação que, até o momento, não sentiu o impacto direto da paralisação nacional dos caminhoneiros. “Temos recebido …

Japão tem bolsas de estudo para brasileiros

Quer estudar no Japão? O país oriental está com seis tipos de bolsas de estudo abertas para brasileiros em universidades japonesas. A oferta é do governo nipônico através do Ministério da Educação, Cultura, Esporte, Ciência …

Votação histórica na Irlanda acaba com a proibição do aborto

A Irlanda está pronta para acabar com a proibição do aborto. Estudos de boca de urna dão vantagem de 68% para 32% aos que votaram pela despenalização.  Esta é uma votação histórica na católica Irlanda. O país …

Ministro da Fazenda: greve dos caminhoneiros pode ter impacto relevante no PIB

O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, afirmou nesta sexta-feira (25) que, a persistir o desabastecimento causado pela greve dos caminhoneiros, pode haver impacto "relevante" no crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma …

Descoberto o método mais eficaz para abandonar o cigarro

O novo estudo tentou desafiar a teoria de que os cigarros eletrônicos são a melhor solução para quem pretende parar de fumar. Segundo o Washington Post, apesar de os cigarros eletrônicos serem fervorosamente defendidos, a verdade …