Itália discute “emergência racista” após ataque com ovos a atleta negra

Alessandro di Marco / EPA

A atleta italiana Daisy Osakue, operada ao olho esquerdo depois de um ataque com ovos

A atleta italiana teve que ser operada do olho esquerdo devido a uma lesão na córnea, depois de ter sido atingida com ovos em um suposto ataque com motivações racistas.

De acordo com a BBC, Daisy Osakue foi atingida por ovos atirados de um carro em movimento, na segunda-feira (30), em Moncalieri, Turim, quando estava a caminho de casa.

Na sequência do ataque, a atleta italiana de 22 anos, cuja os pais são naturais da Nigéria, sofreu uma lesão na córnea do olho esquerdo e teve que ser operada. Osakue acredita que o ataque teve motivações racistas.

“Não queriam me atacar enquanto Daisy. Quiseram me atingir enquanto jovem negra. É uma área frequentada por prostitutas e eu fui confundida com uma”, explica a atleta, acrescentando que havia outras pessoas na rua, mas que acabou sendo a única escolhida.

Foi um ataque estúpido e gratuito. Um ataque racista. Gostaria de falar com essas pessoas e entender por que fizeram tal coisa. (…) Já tinha sido vítima de outros episódios racistas, mas apenas verbais. Quando a palavra passa aos atos significa que se ultrapassou outro muro”, afirma a jovem, citada pelo jornal espanhol ABC.

Osakue, que é considerada uma promessa no lançamento do disco, treinou nos EUA durante dez meses e decidiu voltar à Itália para encontrar “um país diferente”. “É óbvio que o clima de violência generalizada que vejo me assusta”, declarou.

Entretanto, a polícia de Turim afastou a possibilidade de o ataque ter motivações racistas, esclarecendo que o mesmo veículo já tinha sido sinalizado por estar envolvido em outros ataques semelhantes.

A atleta já deixou o hospital, mas a operação pode pôr em risco a sua participação nos Jogos Europeus de Atletismo, que começam no dia 7 de agosto em Berlim, na Alemanha. “Vou fazer tudo o que estiver ao meu alcance para estar presente”, afirmou aos jornalistas.

O caso amplia o debate sobre a política anti-imigração implementada pelo ministro do Interior, Matteo Salvini, que já recusou o argumento de “emergência racista”.

“Não digam bobagens. Lembro que, nos últimos três dias, a polícia deteve 95 imigrantes, enquanto outros 414 foram denunciados”, disse o vice-presidente do governo, em comunicado citado pelo diário espanhol.

“Todas as agressões devem ser punidas e condenadas, mas certamente que a imigração em massa permitida pela esquerda nos últimos anos não ajudou”, concluiu.

Por sua vez, o primeiro-ministro, Giuseppe Conte, adotou uma postura diferente e telefonou à jovem atleta quando ela deixou o hospital, notando que o país não pode baixar a guarda nesse tipo de ataque.

O governante regressou há dias de uma visita aos EUA, onde foi recebido pelo presidente Donald Trump na Casa Branca, que elogiou a política migratória do Executivo formado pela Liga e pelo Movimento 5 Estrelas.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Pessoas feias superestimam drasticamente suas aparências

Pessoas pouco atraentes parecem menos capazes de julgar com precisão sua própria atratividade, e tendem a superestimar sua aparência. Não faltam disparidades entre pessoas atraentes e pouco atraentes. Estudos mostram que os mais belos entre nós …

Noruega acusa Pequim de ciberataque contra serviços do governo

Pela primeira vez na história, o Serviço de Segurança Policial da Noruega (PST, na sigla em inglês) identificou a China como sendo responsável por um ataque hacker contra as autoridades do país nórdico. A agência de …

China supera marca de 1 bilhão de vacinas contra a covid-19 aplicadas

Quantia representa mais de um terço das doses aplicadas no mundo. Após início lento da imunização, autoridades chinesas querem vacinar completamente 40% da população até o final de junho. O número de doses de vacinas contra …

Brasileiros protestam no exterior contra Bolsonaro e gestão da epidemia

Dezenas de milhares de pessoas tomaram as ruas de várias capitais brasileiras neste sábado para protestar contra o presidente Jair Bolsonaro e sua gestão da pandemia, que já deixou mais de meio milhão de …

Relíquia do Jurássico: descoberto animal marinho cuja espécie vive há 180 milhões de anos

Um grupo de pesquisadores descreveu uma nova espécie de ofíuros – um animal marinho parecido com as estrelas-do-mar, que recebeu o nome de Ophiojura, informou nesta quinta-feira (17) Tim O’Hara, curador dos Museus Victoria (Austrália) …

Projeto de estrada cortando parque das cataratas de Iguaçu ameaça outras áreas de proteção pelo Brasil

Uma das paisagens naturais mais impressionantes do Brasil e reconhecida pela Unesco, o Parque Nacional do Iguaçu, que abriga as cataratas, no Paraná, pode ser cortado ao meio por uma rodovia asfaltada – em …

Por que a imunidade de rebanho está longe de ser realidade

Embora costume ser apresentada como simples cálculo matemático, alcançar a imunidade de rebanho não é tarefa fácil. Ela não só depende da infecciosidade das variantes, como da adoção de medidas sanitárias pela população. Apesar das campanhas …

Uso de maconha na adolescência pode atrapalhar o desenvolvimento do cérebro

O consumo de maconha pode ser prejudicial ao cérebro humano durante a adolescência, de acordo com estudo publicado na última quarta-feira (16). Segundo a pesquisa, realizada em regiões da Europa, o uso recreativo da planta pode …

EUA terão feriado para comemorar fim da escravidão

Data já celebrada na maioria dos estados vai se tornar feriado federal. O "Juneteenth" lembra dia em que os últimos escravos negros foram libertados no país, em 1865. Após aprovação pelo Congresso dos Estados Unidos na …

5 perguntas sobre os denisovanos, 'parentes' extintos dos humanos modernos que viveram na Terra há 50 mil anos

Desde que os primeiros vestígios dos denisovanos foram descobertos em 2008, os cientistas não descansaram tentando obter mais informações sobre eles. A tarefa, no entanto, não tem sido fácil, porque até agora só foram encontrados pequenos …