Japonesas declaram guerra ao salto alto

Cerca de 20 mil mulheres assinaram uma petição online que pede ao governo do Japão que proíba as empresas de exigirem o uso de sapatos de salto alto por parte de funcionárias.

A petição foi iniciada pela atriz Yumi Ishikawa, que afirmou ter sido obrigada a usar o calçado desconfortável em seu trabalho de meio período numa funerária. “Depois do trabalho, todo mundo troca para tênis ou sapatilhas”, diz Ishikawa no texto da petição. Ela também chama a atenção para os efeitos sobre a saúde causados pelo uso diário de salto alto, como dores nas costas, joanetes e bolhas.

Ishikawa reclama que seus colegas de sexo masculino não enfrentam no Japão as mesmas expectativas desconfortáveis em relação aos seus trajes. Ela espera que petição “torne o trabalho mais fácil para todos, crie um ambiente de trabalho livres de encargos desnecessários”.

 

O movimento se tornou viral e foi apelidado de campanha #KuToo, um trocadilho com duas palavras japonesas – kutsu, que significa sapatos, e kutsuu, que significa dor. Nas 24 horas seguintes ao lançamento da petição, milhares de japonesas começaram a se pronunciar em defesa da causa.

Depois de uma reunião no Ministério do Trabalho do Japão, Ishikawa relatou a repórteres que se encontrou com uma funcionária que parecia simpatizar com a sua causa. O Ministério da Saúde do Japão também está analisando a petição.

“Hoje apresentamos uma petição que pede a introdução de leis que proíbem os empregadores de forçar as mulheres a usar saltos altos, pois se trata de discriminação sexual ou assédio“, disse Ishikawa na terça-feira (04/06).

Não seria a primeira vez na história recente que as empresas japonesas teriam que repensar seus códigos de vestuário. Em 2005, o governo do Japão encorajou as empresas a reduzir o consumo de eletricidade e diminuir o uso de ar condicionado em prédios comerciais. Como consequência, o padrão masculino de longa data que estipulava o uso de gravatas começou lentamente a ser flexibilizado.

Nos últimos anos, as mulheres japonesas têm denunciado a falta de progresso na luta contra o sexismo em instituições em todo o país. Um exemplo de grande repercussão ocorreu em agosto de 2018, quando foi revelado que a Universidade de Medicina de Tóquio distorcia os resultados de vestibular das mulheres para beneficiar os candidatos homens.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Líbano inicia luto nacional e recebe ajuda internacional

Diversos países enviam suprimentos médicos a Beirute. Presidente da França chega ao Líbano para avaliar situação. Megaexplosão deixou ao menos 137 mortos, incluindo diplomata alemão, e mais de 5 mil feridos. Beirute amanheceu nesta quinta-feira (06/08) …

StarShip finalmente levanta voo: a nave que um dia levará cem humanos para Marte e Lua

A SpaceX fez um lançamento de teste com sucesso do seu gigantesco protótipo do StarShip SN5 em Boca Chica, Texas (EUA), a uma altura planejada de 150 metros. A massiva torre de aço inoxidável flutuou no …

EUA conduzem lançamento de teste do míssil balístico Minuteman III

O projétil não tinha ogiva de combate, mas era equipado com três veículos recuperáveis que foram submetidos a testes. Militares dos EUA lançaram na manhã desta terça-feira (4) um míssil balístico Minuteman III a partir da …

Beirute soma mais de 100 mortos e 4000 feridos após explosões

O Líbano vive nesta quarta-feira (5) um dia de luto nacional, após as explosões na região portuária de Beirute, na tarde de ontem. A tragédia soma pelo menos 100 mortos, 4.000 feridos e 300.000 …

Mensagem na areia salva marinheiros desaparecidos no Oceano Pacífico

Trio de marinheiros que havia se desviado de rota e ficado sem combustível foi localizado numa pequena ilha da Micronésia após três dias. Aeronaves avistaram sinal gigante de SOS escrito na areia da praia. Três homens …

Problemas cardíacos duradouros se apresentam em 78% dos pacientes de coronavírus

O entusiastas do retorno da economia para a normalidade defendem suas opiniões geralmente com base no fato da maioria dos pacientes exibirem sintomas leves ou sequer ter qualquer sintoma de coronavírus, comparando negligentemente o Covid-19 …

Governo britânico vai pagar parte da conta de consumo em pubs e restaurantes

Incentivos não vão faltar para quem estava com saudades de frequentar bares, pubs e restaurantes no Reino Unido. Durante o mês de agosto, o governo britânico vai bancar parte da conta de quem sair …

Cientistas revelam origem de estranhos meteoritos encontrados na Terra

Uma equipe de cientistas norte-americanos teoriza que alguns dos meteoritos, que não se encaixam nas duas categorias principais, têm uma origem até hoje desconhecida por astrônomos. Um grupo significante de meteoritos, que existem hoje na Terra, …

Twitter pode ser multado em US$ 250 milhões por abuso de dados dos usuários

O Twitter confessou que, possivelmente, será multado em até US$ 250 milhões pela Comissão Federal de Comércio dos EUA (FTC, no original em inglês) por ter desrespeitado um acordo firmado em 2011 com a agência …

OMS afirma que não há solução milagrosa para lutar contra Covid-19

A Organização Mundial de Saúde avisou na segunda-feira que não há, nem haverá uma solução milagre contra a pandemis de Covid-19, não obstante a corrida que se verifica actualmente de forma a descobrir uma vacina …