Kennedy achava que Hitler sobreviveu à Segunda Guerra Mundial

Robert Knudsen / Wikimedia

O presidente John F. Kennedy fala ao país sobre o esforço espacial, em discurso na Rice University, em Houston, Texas (1962)

O presidente John F. Kennedy fala ao país sobre o esforço espacial, em discurso na Rice University, em Houston, Texas (1962)

À medida que o centenário do nascimento do presidente John F. Kennedy se aproxima, seu diário pessoal de 61 páginas a partir de 1945 está prestes a atingir o bloco de leilões. Uma passagem chocante revela que Kennedy acreditou que Adolf Hitler poderia ter sobrevivido após o fim da Segunda Guerra Mundial.

O diário do presidente norte-americano John F. Kennedy foi escrito numa época em que trabalhava como correspondente de guerra para as revistas Hearst. Ele mais tarde deu o livro a Deidre Henderson, que era sua assistente de pesquisa.

Segundo o jornal britânico The Independent, acredita-se ser o único diário do ex-presidente ainda em existência.

No próximo 26 de abril, o dia em que ele completaria seu centésimo aniversário, o diário irá a leilão. A RR Auction, de Boston, nos EUA, que está organizando a venda, espera conseguir US$ 200.000 para o artefato.

“Hitler tinha uma ambição ilimitada para o seu país que o tornava uma ameaça para a paz do mundo, mas tinha um mistério sobre ele na maneira como ele viveu e na maneira de sua morte que viverá e crescerá depois dele”, escreveu Kennedy depois de visitar os bunkers de Hitler em Berlim, e seu retiro no topo da montanha Eagle’s Nest, no verão de 1945, informou o Independent.

Depois de visitar o bunker onde Hitler supostamente cometeu suicídio, Kennedy estava cético acerca de sua morte.

A ideia de que Hitler terá encenado seu suicídio e fugido para a América do Sul não é nova. Segundo algumas testemunhas, Hitler foi enterrado no Paraguai. Mas segundo parece, o próprio John F. Kennedy faz parte das pessoas que acreditavam que Hitler poderá não ter morrido antes do fim da II Guerra Mundial.

“A sala onde Hitler deveria ter encontrado a sua morte mostrou paredes chamuscadas e vestígios de fogo”, escreveu ele. “Não há evidência completa, entretanto, que o corpo encontrado era o corpo de Hitler.”

Quando questionado sobre a entrada, a casa de leilões negou que Kennedy admirou Hitler, e exortou os leitores a não levar sua escrita fora de contexto.

Não há glorificação, e eu não tiraria isso do contexto“, disse Bobby Livingston, vice-presidente executivo de leilão RR, ao Independent. “Acho que Kennedy foi um historiador e ele está escrevendo sua compreensão do lugar de Hitler na história.”

Henderson também compartilhou sua crença de que Kennedy não estava glorificando os nazistas ou Hitler. “Quando JFK disse que Hitler ‘tinha o material do qual as lendas são feitas’, ele estava falando do mistério que o rodeia, não do mal que ele demonstrou ao mundo”, Henderson disse à People Magazine.

“Em nenhum lugar neste diário, ou em qualquer de seus escritos, há alguma indicação de simpatia por crimes ou causas nazistas “, concluiu Henderson.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

OMS considera elevado risco global de coronavírus

A Organização Mundial da Saúde admitiu nesta segunda-feira (27/01) um erro na avaliação de risco global do novo coronavírus, que surgiu na China, e disse que o nível correto é elevado. Anteriormente, ele havia sido …

Quem é Vanessa Nakate, ativista negra cortada de foto com Greta em Davos

O tema era o meio-ambiente, mas o debate sofre o futuro da humanidade ganhou outros vultos quando a jovem ativista climática de Uganda, Vanessa Nakate, descobriu que havia sido cortada pela agência de notícias Associated …

Sobreviventes retornam a Auschwitz nos 75 anos da libertação

Autoridades de 50 países participam da solenidade no antigo campo de concentração na Polônia, em meio a temores pelo aumento do antissemitismo. "Precisamos tomar cuidado para que não volte a acontecer", diz sobrevivente. Mais de 200 …

Por que cientistas querem tanto provar que Einstein e Galileu estavam errados

Ano entra, ano sai, e tanto a lei dos corpos em queda de Galileu Galilei quanto a teoria da relatividade de Albert Einstein são testadas novamente apenas para os pesquisadores confirmarem pela enésima vez que …

Morreu Kobe Bryant, um dos maiores astros da NBA

Neste domingo (26), o astro do basquete norte-americano, Kobe Bryant, faleceu em acidente de helicóptero, na cidade de Los Angeles, nos EUA. Autoridades e testemunhas levantam as primeiras hipóteses sobre a causa da queda. O lendário …

Coronavírus terá impacto no PIB chinês e na economia global

A nova epidemia de coronavírus é um balde de água fria na cabeça do mundo. A começar pelos chineses. Em 2003, o último vírus mortal se propagando pelo mundo inteiro – o SARS – …

Abelhas adoram cannabis e este caso de amor pode ajudar a salvar a espécie

Consideradas os seres vivos mais importantes do planeta, as abelhas são animais insubstituíveis, dos quais dependemos para viver. No entanto, nas últimas décadas, devido ao aquecimento global e o uso execessivo de pesticidas, elas estão …

Cientistas finalmente descobriram como capturar o espectro todo da luz solar para gerar hidrogênio

Pela primeira vez, cientistas da Universidade Estadual de Ohio (EUA) desenvolveram uma molécula que é capaz de coletar a energia de todo o espectro da luz solar. O processo, 50% mais eficiente que as atuais …

Você agora pode ouvir a voz de uma múmia de 3 mil anos

Com uso de tomografia computadorizada, impressão 3D e laringe eletrônica, pesquisadores do Reino Unido reconstruíram o trato vocal de uma múmia egípcia. Para a realização do projeto que teve início em 2013, foi preciso combinar medicina, …

Krakatoa, o inferno de Java: a erupção há 137 anos que foi sentida no planeta inteiro

Em 1883, o mundo presenciou um evento natural tão bombástico e violento que pôde ser notado de alguma forma por praticamente todos os habitantes do planeta. A erupção do vulcão Krakatoa, na Indonésia, lançou detritos a …