Não houve um segundo atirador no assassinato de John F. Kennedy

Walt Cisco, Dallas Morning News / Wikimedia

O presidente dos Estados Unidos, John F. Kennedy, em Dallas, em 1963, na sua limousine ao lado da mulher, Jackie, minutos antes de ser assassinado.

A velha teoria da conspiração que especulava que John F. Kennedy foi morto a tiro por um segundo atirador que estaria no infame “monte relvado” foi finalmente posta de lado.

O presidente dos Estados Unidos, John F. Kennedy, foi assassinado no dia 22 de novembro de 1963, quando seguia numa caravana presidencial em Dallas, no Texas.

Os resultados de uma nova análise de um vídeo do tiroteio, publicada na revista Haliyon, apoiam as descobertas oficiais da autópsia: John F. Kennedy sofreu um ferimento de bala causado pelo mesmo tipo de espingarda que a de Lee Harvey Oswald, disparada das imediações do prédio do Texas School Book Depository, localizado atrás da caravana presidencial, no momento do assassinato.

Lee Harvey Oswald foi preso imediatamente após o tiroteio. Mas, uma popular teoria da conspiração garante que John F. Kennedy foi, na realidade, baleado de um local diferente: um monte gramado.

O autor do estudo e investigador principal da IMSG Inc., Nicholas Nalli, se interessa pelo assassinato desde criança, e acredita que ainda é digno de uma investigação profunda, mesmo depois passado tanto tempo. “Os arquivos secretos de JFK foram publicados recentemente e o destino de alguns será decidido em breve”, afirmou.

“Por causa da quantidade de notícias atuais que não são baseadas em fatos, o estudo mostra que uma investigação científica exaustiva pode fazer a diferença. Penso que a questão é tão relevante hoje como era há quase 55 anos“, destacou.

Há várias filmagens do incidente, mas uma em particular mostra o tiroteio em detalhes. O filme de Abraham Zapruder mostra a cabeça do presidente norte-americano se movendo para trás e para a esquerda, fazendo com que Nalli percebesse que isso aconteceu devido a um efeito de retrocesso.

Mas Nalli notou também que os observadores haviam omitido um aspecto vital: a pressão da cabeça no momento do impacto fatal da bala. Através do uso da mecânica clássica, os investigadores notaram que o clique frontal da cabeça, visível no filme de Zapruder, fornece a prova de que John F. Kenedy foi baleado na cabeça por trás.

“Em vez de ignorar esse fato, como a maioria dos autores, decidi estudá-lo e modelá-lo explicitamente”, disse Nalli. Assim, o investigador desenvolveu um modelo de dinâmica de tiro unidimensional para explicar os movimentos observados na gravação.

O modelo faz cálculos explícitos do clique frontal que ocorreu antes da cabeça do presidente se mover para trás e para a esquerda após o disparo. O modelo usa parâmetros conhecidos da cena do crime, incluindo a massa da bala, a velocidade e o diâmetro, a frequência do obturador da câmera e detalhes da autópsia.

Essa foi a primeira vez que esse pormenor do caso foi considerado exaustiva e quantitativamente. Os cálculos mostram que as reações de Kennedy após o disparo são consistentes fisicamente com a ferida da bala causada por uma espingarda militar Carcano de alta energia – uma arma que era de Lee Harvey Oswald.

O tiro foi disparado da vizinhança do prédio do Texas School Book Depot, onde Oswald trabalhava, localizado atrás da caravana presidencial.

Embora os achados não descartem completamente uma conspiração, refutam as teorias mais conhecidas de que o tiro mortal foi disparado desde o infame “monte relvado”. Além disso, é posta de lado a ideia de que o filme de Zapruder é uma conspiração.

“Descobri que o filme de Zapruder mostra o presidente Kennedy sendo baleado por trás, e não do infame monte gramado, corroborando as descobertas oficiais da autópsia: essa é a única ‘arma fumegante’ no filme”, destacou o investigador.

Os modelos apresentados no estudo, apesar de terem sido desenvolvidos para serem aplicados ao assassinato do presidente norte-americano, poderiam ter aplicações mais amplas: os princípios físicos subjacentes poderiam formar uma base conceitual básica para entender os mecanismos envolvidos em dinâmicas similares.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Opositor belarusso é achado morto na Ucrânia

Ativista Vitaly Shishov ajudava compatriotas a fugir da perseguição do regime de Alexander Lukashenko, considerado o último ditador da Europa. Polícia investiga possível assassinato encenado como suicídio. Um ativista de Belarus foi encontrado morto nesta terça-feira …

Polônia concede visto humanitário a atleta olímpica e alimenta tensões com Belarus

A Polônia concedeu nesta segunda-feira (2) um visto humanitário para a atleta olímpica bielorrussa Krystsina Tsimanuskaya. A jovem afirma que estava sendo obrigada a deixar o Japão após ter criticado sua equipe e temia …

EUA e Reino Unido teriam dado 'luz verde' a Israel para retaliar Irã após ataque a petroleiro

Irã rejeitou o envolvimento do país no ataque contra o petroleiro Mercer Street no mar Arábico que ocorreu na quinta-feira (29), condenando as acusações lançadas pelo governo israelense. Tel Aviv teria recebido "luz verde" de Washington …

Incêndios causam mortes e devastação no sul da Europa

A União Europeia EU) enviou ajuda para a Turquia nesta segunda-feira (02/08), e voluntários se juntaram a bombeiros na luta contra fortes incêndios que já duram seis dias e mataram oito pessoas no país. Em …

Golpe militar em Mianmar completa seis meses e já resultou em quase mil mortes de civis

Aterrorizados pela repressão da junta militar e pela propagação do coronavírus, poucos birmaneses se atreviam a ir às ruas para protestar neste domingo (1º), quando completam-se seis meses do golpe de Estado que mergulhou …

Governo italiano vende casas a 2 euros na região da Sicília

Mais uma vez o governo italiano está vendendo casas em áreas rurais da Itália, após o sucesso da campanha para repovoamento de áreas abandonadas. Além de promover a ocupação por meio de incentivos para jovens e …

Bolsonaro admite não ter provas de fraudes eleitorais

Em live para a qual convocou veículos de imprensa, Bolsonaro exibiu uma série de teorias falsas, cálculos equivocados e vídeos antigos, já verificados e desmentidos, mas que ainda circulam na internet, como supostas evidências de …

A incrível civilização antiga que mumificava os mortos 2 mil anos antes dos egípcios

"As mais antigas evidências arqueológicas conhecidas de mumificação artificial de corpos", segundo a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), estão presentes na América do Sul, na costa árida …

Delta pode causar covid-19 mais grave, alerta agência americana

Documento interno do órgão de prevenção de doenças dos EUA indica que a variante delta do coronavírus é tão contagiosa quanto a catapora e pode ser transmitida mesmo por indivíduos vacinados. "A guerra mudou", diz …

Vendas de vacinas anticovid impulsionam lucros de laboratórios

A empresa farmacêutica AstraZeneca anunciou nesta quinta-feira (28) que as vendas de sua vacina contra a Covid-19 alcançaram US $ 1,17 bilhão no primeiro semestre do ano. Este número corresponde à entrega de aproximadamente …