Mais de 1 milhão de anos: dentes de mamutes siberianos trazem à tona DNA mais antigo do mundo

Com a descoberta, os pesquisadores podem ser capazes de acessar as primeiras histórias de outros mamíferos e espécies extintas e entender melhor processos evolutivos e de cruzamento de espécies.

Equipe de cientistas descobriu que dentes de mamute preservados no permafrost (solo continuamente congelado adequado para a conservação de material genético), da Sibéria, de até 1,6 milhão de anos, retêm o DNA mais antigo já encontrado. Foram recuperadas as sequências do DNA dos restos mortais de três animais preservados na camada de gelo.

Os restos mortais dos animais foram descobertos na década de 70, quando os cientistas ainda não tinham métodos científicos para extrair o DNA. Agora os pesquisadores podem acessar as primeiras histórias de outros mamíferos e de espécies extintas. Os resultados da pesquisa foram publicados na revista Nature.

“Estou esperando há oito anos este estudo”, confessa Ludovic Orlando, especialista em DNA do Centro de Antropobiologia e Genômica de Toulouse, na França, que codirigiu em 2013 um estudo que sequenciou o DNA mais antigo até então: o genoma de um osso de uma perna de cavalo de 560 mil a 780 mil anos. “Estou feliz por perder este recorde”, brincou.

Os pesquisadores acreditavam na possibilidade de DNA sobreviver a mais de um milhão de anos, e agora puderam comprovar. Love Dalen, geneticista evolutivo do Museu Sueco de História Natural, que investiga DNA de mamutes desde 2007, analisou com sua equipe uma amostra de mamute-lanoso primitivo (Mammuthus primigenius) e duas amostras de mamutes-da-estepe (Mammuthus trogontherii), escavados pelo paleontólogo russo Andrei Sher.

Dalen esperava que o DNA nas amostras pudesse revelar a evolução dos mamutes e outras espécies em ação na época, mas, após experiências frustradas anteriores, o geneticista estava um pouco cético. Graças aos avanços na tecnologia de sequenciamento e bioinformática, sua equipe conseguiu decifrar milhões de pares de bases de DNA das três amostras.

A equipe de Dalen descobriu que o mamute da espécie encontrada na cidade de Krestovka pertencia a uma linhagem inteiramente nova. “Não podemos dizer que é uma espécie diferente, mas com certeza é semelhante”, explicou o cientista. Embora a amostra de Krestovka venha da Rússia, Dalen suspeita que essa linhagem foi isolada de outros mamutes-da-estepe que habitavam a América do Norte.

A equipe descobriu que os mamutes colombianos remontam metade de seus ancestrais à linhagem do mamute de Krestovka, e a outra metade aos mamutes-lanosos. As duas linhagens se misturaram há mais de 420 mil anos. A ideia de que novas espécies podem ser formadas por meio da mistura ganhou força entre biólogos evolucionistas. Mas este é o primeiro teste de especiação de híbrido de DNA antigo, diz Ludovic Orlando.

As diferentes espécies de mamutes provavelmente se misturaram na época da expansão glacial, diz Hendrik Poinar, um especialista em DNA da Universidade McMaster de Hamilton, Canadá. Sua equipe revelou evidências de que mamutes-lanudos e mamutes colombianos cruzaram posteriormente.

Tom van der Valk, bioinformático da Universidade de Uppsala, na Suécia, que liderou o trabalho sobre dentes de mamute com os biólogos evolucionistas Patricia Pecnerova e David Díez del Molino do Museu Sueco de História Natural, espera que este estudo incentive outros cientistas a seguirem esta linha de pesquisa.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

NVIDIA e Stefanini anunciam que desenvolverão Inteligência Artificial no Brasil

A Nvidia Enterprise e a Woopi, empresa do Grupo Stefanini focada em Inteligência Artificial (IA) anunciaram nesta quarta-feira (24) uma parceria para desenvolver soluções de IA e processamento de linguagem natural. E o primeiro projeto …

250 mil mortos por covid no Brasil: o que significa esse número

O Brasil acumula um quarto de milhão de mortes por covid-19, às vésperas de se completar um ano desde o primeiro caso de coronavírus ter sido identificado no país. Segundo as contas do consórcio de imprensa …

Na diplomacia das vacinas, Israel troca imunizante por reconhecimento de Jerusalém como capital

No combate à Covid-19, Israel é exemplo mundial. A metade da população do Estado hebreu já recebeu pelo menos uma dose da vacina contra o coronavírus e um terço está completamente imunizada, com as …

"Subestimar Rússia de Putin é sempre um erro", diz indicado de Biden para chefiar CIA

Nesta quarta-feira (24), William Burns, o indicado do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, para o cargo de diretor da CIA, disse que subestimar a Rússia é sempre um erro e acusou a China de …

Chinês é condenado a pagar indemnização à ex-mulher por trabalho doméstico

Um tribunal na China ordenou um homem a pagar compensações a sua ex-esposa pelo trabalho doméstico realizados por ela durante os cinco anos em que estiveram casados, segundo divulgou a imprensa chinesa nesta quarta-feira (24/02). O …

Oceano Atlântico cresce e Pacífico encolhe. Ciência tem nova resposta para fenômeno

Durante a era paleozoica, entre 200 a 540 milhões de anos atrás, o planeta Terra possuía somente um único e imenso continente – a Pangeia, rodeada por um único oceano, intitulado Pantalassa. Depois de uma série …

Um acelerador de partículas cósmico, muito mais poderoso do que o LHC foi descoberto no espaço

Cientistas rastrearam uma partícula fantasma para uma estrela despedaçada e descobriram um gigantesco acelerador de partículas cósmico. A partícula subatômica, chamada de neutrino, foi lançada em direção à Terra depois que a estrela condenada chegou muito …

Mulher de 'El Chapo' Guzmán é presa nos EUA acusada por narcotráfico

Foi presa nesta segunda-feira (22/02) nos Estados Unidos Emma Coronel Aispuro, 31, mulher de Joaquín "El Chapo" Guzmán, ex-líder do cartel de drogas mexicano Sinaloa. Aispuro, que tem cidadania mexicana e americana, foi presa no aeroporto …

Gana é o primeiro país do mundo a receber vacinas do programa Covax, da OMS

Gana recebeu nesta quarta-feira o primeiro lote mundial de vacinas financiadas pelo programa Covax, que proporciona aos países de renda baixa e média as primeiras doses de fármacos antiCovid. Os imunizantes foram enviados de …

Variante da Califórnia parece ser mais contagiosa e resistente a vacinas, aponta estudo

Um novo estudo confirma que a mutação do SARS-CoV-2 na Califórnia, EUA, é mais contagiosa e mais resistente a vacinas, embora a escala de sua ameaça ainda não esteja clara. Uma variante descoberta pela primeira vez …