Manifestantes protestam contra homenagem a Bolsonaro na Itália

Fernando Frazão / ABr

Quase 200 pessoas se reuniram nesta segunda-feira (1º) na pequena cidade de Anguillara Veneta, norte da Itália, para protestar contra a concessão do título de cidadão honorário ao presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, que recebe a homenagem em uma cerimônia oficial.

Sob uma chuva persistente e em meio à neblina, representantes de vários partidos de esquerda, assim como do sindicato CGIL e da associação antifascista ANPI, protestaram com bandeiras e cartazes contra a honraria ao presidente brasileiro de extrema direita.

“Que visite a cidade de onde vem sua família é justo, mas não que o apresentem como um modelo a seguir com a concessão do título de cidadão honorário”, criticou Antonio Spada, vereador da oposição.

Ele fez um apelo de última hora para as autoridades locais: “Pedimos para suspender o título de cidadão honorário por precaução. Uma pessoa que neste momento é acusado pelo Senado brasileiro de crimes contra a humanidade, é inoportuno receber um título como este”, disse em entrevista à RFI .

Andrea Segalla, que trabalha em uma escola em Anguillara, segurava um cartaz com as palavras “Misógino – Racista – Xenófobo = Fascista“. “Bolsonaro não respeita as mulheres e os direitos humanos. Não queremos ele aqui” disse Segalla.

Homenagem em reduto da extrema direita

“Fora Bolsonaro”, afirmava um cartaz, enquanto outro, escrito a mão, declarava “Anguillara ama o Brasil, mas não Bolsonaro”.

Entre os manifestantes mais indignados estava o missionário italiano Massimo Ramundo, que viveu por 20 anos no Brasil, 12 deles no Maranhão, estado que tem 34% do território ocupado pela floresta amazônica.

“É uma vergonha. Estou furioso com a prefeita desta cidade. Ela não sabe o que Bolsonaro fez e disse, não escutou suas declarações de teor racista, contra os indígenas, os vacinados, as mulheres. Além disso, ele quer que a Amazônia seja um negócio. Não respeita os valores do papa Francisco”, afirmou o religioso.

Andrea Segalla, que trabalha em uma escola em Anguillara, segurava um cartaz com as palavras “Misógino – Racista – Xenófobo = Fascista”. “Bolsonaro não respeita as mulheres e os direitos humanos. Não queremos ele aqui” disse Segalla.

Pequenos grupos de simpatizantes do presidente também compareceram à manifestação, organizada na cidade de onde sua família emigrou há mais de um século.

Com chapéus e bandeiras do Brasil, os simpatizantes do presidente, em menor número, preparam-se para defender a homenagem. “É um grande presidente e tem o direito, porque é descendente de italianos. Tudo o que a CPI (do Senado) fala dele é mentira”, afirmou o brasileiro Cláudio Resende, de 65 anos, que mora na Itália há 17 anos.

Estou aqui para dizer que não está sozinho”, declarou Silvana Kowalsky, 50 anos, que viajou de Vicenza, a 85 quilômetros de distância, para expressar seu apoio.

Ao saber que Bolsonaro iria receber o título na Villa Arco Del Santo, a 4km do centro, eles se dirigiram os local. Na estradinha na frente deste antigo casarão cerca de cem apoiadores esperavam o presidente cantando o hino nacional e gritando “Mito! Mito!

Bolsonaro chegou em torno ao meio dia (8h em Brasília) acompanhado por uma grande comitiva e escoltado por diversos carros de segurança. Depois de entrar nar no pátio da Villa, ele desceu do carro e veio em direção aos frenéticos apoiadores. Em seguida entrou no casarão para o almoço com a prefeita Alessandra Buoso e recebeu o título de Cidadão Honorário.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …

Reino Unido convoca reunião urgente do G7 sobre ômicron

Na presidência rotativa do grupo, governo britânico anuncia encontro de emergência de ministros da Saúde para debater nova variante do coronavírus. OMS apela para que fronteiras se mantenham abertas. O governo do Reino Unido convocou neste …

Covid: o que se sabe sobre nova variante detectada na África do Sul

Há a expectativa de que, na sexta-feira (26/11), a Organização Mundial da Saúde (OMS) batize com um codinome grego uma nova variante do coronavírus que foi registrada pela primeira vez na África do Sul e …

Ministro acredita que 5G no Brasil pode ficar até mais barato que 4G

O Leilão do 5G, realizado no início do mês, permitiu que cinco novas operadoras de telefonia móvel entrassem no mercado brasileiro para oferecer o serviço. As novatas são Brisanet, Consórcio 5G Sul, Cloud2u, Winity II …

Cuidado com o que 'encontram' em Marte, diz estudo sobre supostas descobertas de fósseis

Vários pesquisadores têm anunciado descobertas de possíveis organismos no Planeta Vermelho, mas dois cientistas advertem contra processos naturais que criam pseudofósseis. É necessário ter cuidado sobre supostos fósseis encontrados em Marte, advertem cientistas em um comunicado …

Famílias vendem crianças para sobreviver no Afeganistão

Situação no país ficou ainda mais caótica desde que o Talibã voltou ao poder em agosto. E a escassez de meios de sobrevivência tem levado pais e mães a venderem tudo, inclusive os próprios filhos. Com …

Crescer no Brasil faz mulheres nem perceberem que são vítimas de tantas violências, afirma ativista

Trinta por cento das mulheres brasileiras já foram ameaçadas de morte por seus parceiros ou por seus ex-companheiros. Uma em cada seis mulheres já enfrentou uma tentativa de feminicídio. Esses números de uma pesquisa …

Terra pode desenvolver 'anéis de Saturno' formados por lixo espacial

Atualmente existem milhares de escombros orbitais que constituem uma ameaça para os voos espaciais humanos e as missões robóticas. O professor de robótica da Universidade de Utah, Jake Abbott, afirmou em uma entrevista ao The Salt …

África do Sul identifica nova variante da covid-19

Variante com múltiplas mutações é potencialmente mais contagiosa e estaria por trás do aumento "exponencial" de casos na África do Sul, dizem autoridades. Reino Unido reage rápido e impõe restrições de viagem ao país. Cientistas da …

Naufrágio que matou ao menos 27 no Canal da Mancha era previsível, denunciam ONGs

  Uma quinta pessoa foi presa na madrugada desta quinta-feira (25), suspeita de tráfico humano e envolvimento no naufrágio que matou 27 migrantes no Canal da Mancha, entre a França e a Inglaterra, na quarta-feira …