México vai ajudar vítimas da tempestade no Texas

(cv)

O governador do Texas, um dos estados mais atingidos pela tempestade tropical Harvey, ainda não anunciou se aceita ou não a oferta, mas já agradeceu a ajuda. O apoio poderia ainda ser estendido ao estado da Louisiana.

O México pretende enviar ajuda para lá da fronteira e ajudar os Estados Unidos a limpar o rastro de destruição deixado pelo furacão Harvey, que passou a tempestade tropical.

A oferta dos mexicanos foi feita ao Texas, um dos estados mais afetados pelo Harvey, e consiste no envio de alimentos e equipamentos de primeira necessidade. Greg Abott, o governador texano, ainda não aceitou publicamente o apoio, mas já agradeceu o gesto.

Carlos Manuel Sada, responsável mexicano pelas relações com os norte-americanos, disse, citado pela CNN, que “esta manhã já havia luz verde para começar a preparar os bens” que o México pretende enviar para os EUA. “Estamos satisfeitos por sermos capazes de ajudar os nossos irmãos do outro lado da fronteira em tempos de necessidade”, acrescentou.

Na lista de ajuda, estão 25 caminhões com arroz, feijão, café e chocolate, assim como 300 camas, nove geradores, equipamentos para o tratamento de água, três cozinhas, equipamentos de rádio e satélite.

Além dos bens materiais, o México disponibilizou ainda paramédicos, médicos e equipes de resgate para irem ao território norte-americano ajudar na recuperação da tempestade. Segundo Sada, a ajuda poderia ser estendida também a Louisiana.

Em 2005, um grupo de militares mexicanos foi enviado para os EUA para prestar apoio às vítimas do Katrina. “Se fosse ao contrário, acho que também nos ajudariam”.

No domingo, Greg Abott anunciou que a reconstrução do estado após a passagem do Harvey pode ascender aos 180 bilhões de dólares – cerca de R$ 550 bilhões.

Ao longo da última semana, o Harvey fez pelo menos 47 mortos e, neste momento, há ainda 43 mil pessoas em abrigos. No final da semana passada, a administração de Donald Trump pediu ao Congresso para aprovar uma “ajuda inicial” para o Texas e a Louisiana no valor de 7,85 bilhões de dólares (R$ 17 bilhões).

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Pesquisadores se deparam com '1º colar' humano de 160.000 anos

Fósseis de conchas de amêijoas de 160 mil anos encontradas em cavernas de Israel são os primeiros exemplares de conchas usadas como adorno no corpo humano, defendem pesquisadores. Há cerca de 160 mil a 120 mil …

A China diz ter identificado uma nova doença muito mais mortal do que o Covid-19

A embaixada da China no Cazaquistão alertou sobre uma nova pneumonia desconhecida que seria ainda mais mortífera do que o coronavírus (Sars-CoV-2) causador Covid-19, de acordo com o South China Morning Post (SCMP). “A taxa de …

The Sims ganhará reality show para premiar jogadores em US$ 100 mil

A longeva franquia The Sims, onde gamers gerenciam todos os aspectos da vida de avatares virtuais, vai ganhar um reality show. Veiculado pela emissora norte-americana CBS, a atração se chamará “Spark’d” e deve ir ao ar …

Nudes de 100 anos encontrados dentro de parede são avaliados em milhares de dólares

O senso comum sugere que as gerações passadas eram mais conservadoras que as atuais, especialmente no que diz respeito à sexualidade. Basta escavarmos um pouco a memória – ou as paredes de nossas casas – para …

Presidente interina da Bolívia testa positivo para covid-19

A presidente interina da Bolívia, Jeanine Áñez, revelou nesta quinta-feira (09/07) que foi infectada pelo novo coronavírus e que iniciará um período de quarentena. "Junto com toda a minha equipe, temos trabalhado pelas famílias bolivianas durante …

Após Bolsonaro tirar máscara em entrevista, ABI entra com ação contra presidente no STF

A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) apresentou nesta quinta-feira (9) uma queixa criminal ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra o presidente Jair Bolsonaro, depois que ele tirou a máscara em uma entrevista em que anunciou …

A quantidade de nitrogênio emitida pela pecuária já ultrapassou os limites seguros

A quantidade de nitrogênio emitida pela criação de animais para abate é superior ao que o planeta pode aguentar. Cientistas alertam que é necessário diminuir o consumo de carne e laticínios. As principais fontes de nitrogênio …

França vai adotar teste de saliva nos aeroportos para evitar 2ª onda de Covid-19

O governo francês anunciou nesta sexta-feira (10) a implementação de testes a base de saliva em seus aeroportos. A medida, que tem como objetivo evitar uma segunda onda de contaminação pelo coronavírus, visa principalmente os …

De 4.200 anos? Arqueólogos desvendam em Israel 'emoji' mais antigo do mundo

Arqueólogos israelenses encontraram evidências de arte rupestre sem precedentes em dólmens de 4.200 anos. O novo projeto de pesquisa faz parte de um estudo de dólmens (monumentos megalíticos tumulares construídos por humanos) na Alta Galileia e …

Governo remarca Enem para janeiro e fevereiro de 2021

O Ministério da Educação anunciou nesta quarta-feira (08/07) as novas datas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020, adiado em razão da epidemia de covid-19. As provas em papel serão aplicadas em 17 …