Nova missão da NASA: Humanos vivendo nas nuvens de Vênus

Don P. Mitchell, Paolo C. Fienga / Lunar Explorer Italia / IPF / Soviet Space Agency

Aspecto da superfície e do céu de Vênus, captado pela sonda Venera 13

Apesar de ser um planeta de temperaturas infernais, de atmosfera tóxica e pressões esmagadoras na superfície, a NASA trabalha em uma missão tripulada para Vênus – a High Altitude Venus Operational Concept (HAVOC).

A NASA pretende levar o homem a Vênus, porém, há uma série de obstáculos que precisam ser ultrapassados para que a missão HAVOC seja bem sucedida.

As temperaturas em Vênus chegam a atingir os 460ºC, sendo mais quente que Mercúrio, mesmo estando Mercúrio mais perto do Sol – a temperatura de um planeta não depende só da proximidade do Sol, mas também da superfície e da atmosfera.

As temperaturas registradas em Vênus chegam a ser mais altas que o ponto de fusão de alguns metais, incluindo o bismuto e o chumbo, que chegam a cair como neve em alguns pontos do planeta.

A atmosfera de Vênus é composta por 97% de dióxido de carbono, 3% de nitrogênio e ainda conta com alguns vestígios de outros gases.

Quanto à superfície, Vênus não passa de uma paisagem rochosa estéril composto por vastas planícies de rocha basáltica de características vulcânicas.

O planeta, geologicamente jovem, também passou por recentes eventos catastróficos causados pela acumulação de calor por debaixo da superfície, que leva a que derreta, libere calor e volte a solidificar.

Feita a descrição desse curioso planeta que ainda surpreende astrônomos, a questão é saber como a NASA pretende conduzir uma missão tripulada ao planeta infernal.

A missão

Como a superfície de Vênus é caótica, a ideia da NASA não inclui qualquer pouso na superfície e utilizará a atmosfera densa como base para a exploração: o plano é utilizar aeronaves que possam permanecer suspensas na atmosfera superior por longos períodos de tempo.

Surpreendentemente, a atmosfera superior de Vênus é o local mais semelhante à Terra no Sistema Solar – entre 50 km e 60 km de altura, a pressão e a temperatura de Vênus podem ser comparadas a regiões da baixa atmosfera da Terra.

A pressão atmosférica de Vênus a 55 quilômetros de altura é cerca de metade da pressão ao nível do mar na Terra.

Essa pressão, sentida nessa altura, não obriga os seres humanos a utilizar qualquer equipamento de pressurização, pois é aproximadamente equivalente à pressão sentida no topo do Monte Kilimanjaro.

Quanto à temperatura, os astrônomos afirmam que se situa entre 20ºC e 30ºC, um valor muito aceitável para os seres humanos.

Curiosamente, a atmosfera acima dessas altitudes (50km-60km), é densa o suficiente para proteger qualquer astronauta da radiação ionizante do espaço.

A proximidade do planeta ao Sol fornece ainda uma maior taxa de radiação solar do que na Terra (cerca de 1,4 vezes superior) o que poderia ser utilizado para produzir energia.

A aeronave

Segundo o conceito da NASA, o dirigível flutuaria em volta do planeta, soprado pelo vento, e poderia ser enchido com uma mistura de gás respirável, como oxigênio e nitrogênio, que proporcionaria a flutuabilidade necessária – o ar respirável é menos denso que a atmosfera de Vênus e, como resultado, o dirigível conseguiria flutuar.

Essa ideia da NASA também leva em conta o material do dirigível, que necessita ser resistente ao efeito corrosivo do ácido existente na atmosfera.

A atmosfera de Vênus é conhecida por conter ácido sulfúrico que cria nuvens densas, que são um dos principais contribuintes para o brilho visível do planeta quando visto da Terra. Atualmente, já existem no mercado vários materiais comerciais com uma alta resistência à acidez, como é o caso do teflon.

Contudo, a missão é ainda um plano de longo prazo e a NASA ainda não anunciou publicamente qualquer data para o HAVOC, que contará, primeiro, com pequenas missões de testes. Apesar de ser nosso vizinho planetário mais próximo, pouco se sabe sobre esse planeta inóspito.

A missão pode revelar mais dados sobre o planeta e ajudar ainda a entender a evolução do Sistema Solar, e talvez até mesmo de outros sistemas.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Opositor belarusso é achado morto na Ucrânia

Ativista Vitaly Shishov ajudava compatriotas a fugir da perseguição do regime de Alexander Lukashenko, considerado o último ditador da Europa. Polícia investiga possível assassinato encenado como suicídio. Um ativista de Belarus foi encontrado morto nesta terça-feira …

Polônia concede visto humanitário a atleta olímpica e alimenta tensões com Belarus

A Polônia concedeu nesta segunda-feira (2) um visto humanitário para a atleta olímpica bielorrussa Krystsina Tsimanuskaya. A jovem afirma que estava sendo obrigada a deixar o Japão após ter criticado sua equipe e temia …

EUA e Reino Unido teriam dado 'luz verde' a Israel para retaliar Irã após ataque a petroleiro

Irã rejeitou o envolvimento do país no ataque contra o petroleiro Mercer Street no mar Arábico que ocorreu na quinta-feira (29), condenando as acusações lançadas pelo governo israelense. Tel Aviv teria recebido "luz verde" de Washington …

Incêndios causam mortes e devastação no sul da Europa

A União Europeia EU) enviou ajuda para a Turquia nesta segunda-feira (02/08), e voluntários se juntaram a bombeiros na luta contra fortes incêndios que já duram seis dias e mataram oito pessoas no país. Em …

Golpe militar em Mianmar completa seis meses e já resultou em quase mil mortes de civis

Aterrorizados pela repressão da junta militar e pela propagação do coronavírus, poucos birmaneses se atreviam a ir às ruas para protestar neste domingo (1º), quando completam-se seis meses do golpe de Estado que mergulhou …

Governo italiano vende casas a 2 euros na região da Sicília

Mais uma vez o governo italiano está vendendo casas em áreas rurais da Itália, após o sucesso da campanha para repovoamento de áreas abandonadas. Além de promover a ocupação por meio de incentivos para jovens e …

Bolsonaro admite não ter provas de fraudes eleitorais

Em live para a qual convocou veículos de imprensa, Bolsonaro exibiu uma série de teorias falsas, cálculos equivocados e vídeos antigos, já verificados e desmentidos, mas que ainda circulam na internet, como supostas evidências de …

A incrível civilização antiga que mumificava os mortos 2 mil anos antes dos egípcios

"As mais antigas evidências arqueológicas conhecidas de mumificação artificial de corpos", segundo a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), estão presentes na América do Sul, na costa árida …

Delta pode causar covid-19 mais grave, alerta agência americana

Documento interno do órgão de prevenção de doenças dos EUA indica que a variante delta do coronavírus é tão contagiosa quanto a catapora e pode ser transmitida mesmo por indivíduos vacinados. "A guerra mudou", diz …

Vendas de vacinas anticovid impulsionam lucros de laboratórios

A empresa farmacêutica AstraZeneca anunciou nesta quinta-feira (28) que as vendas de sua vacina contra a Covid-19 alcançaram US $ 1,17 bilhão no primeiro semestre do ano. Este número corresponde à entrega de aproximadamente …