Mistério em torno de pintura com 118 anos encontrada na Antártida é desvendado

O mistério em torno de uma linda aquarela mostrando um pássaro morto descoberta numa antiga cabana na Antártida foi desvendado.

A pintura, de uma trepadeira-do-bosque, estava numa cabana construída por exploradores noruegueses e que depois foi usada pela trágica Expedição Terra Nova, empreendida em janeiro de 1912 – que resultou na morte do capitão britânico Robert Falcon Scott e mais quatro exploradores quando tentavam retornar do Polo Sul.

A imagem foi encontrada numa pilha de papéis cobertos de mofo e fezes de pinguins. Acredita-se que fora pintada por um dos integrantes da equipe de Scott, o médico, ornitólogo e especialista em história natural britânico Edward Wilson.

A ambientalista Josefin Bergmark-Jimenez, da Antarctic Heritage Trust, ONG neozelandesa voltada para a preservação da história dos grandes conquistadores da Antártida, descreveu a descoberta como o “maior momento” de sua carreira.

“Havia esta linda pintura, minha surpresa foi tamanha que dei um salto. Então levei ela para fora e não conseguia parar de olhar para ela – as cores, a vitalidade, é uma peça tão bonita”. “Não podia acreditar que estivesse lá“, acrescentou.

A descoberta ocorreu no ano passado, mas tinha sido mantida em segredo para que conservadores pudessem restaurar cerca de 1.500 artefatos de duas cabanas construídas por exploradores noruegueses em Cape Adare, em 1988. A pintura tem a inscrição “1899 Tree Creeper” (trepadeira-do-bosque) junto da inicial T.

De início, os especialistas não conseguiam identificar o artista, mas após visitar uma palestra sobre Edward Wilson e ver outros trabalhos seus, Bergmark-Jimenez se deu conta de que a pintura só poderia ser dele.

“Assim que vi sua grafia característica, sabia que ele tinha pintado o pássaro. Isto fez sentido, já que havia um artigo de jornal de 1911 sobre o grupo de Scott que foi para a Antártida através da Nova Zelândia (na pilha de papéis)”.

The Antarctic Heritage Trust

 Josefin Bergmark-Jimenez mostra a pintura, que estava numa pilha de papéis coberta de mofo e fezes de pinguins

Josefin Bergmark-Jimenez mostra a pintura, que estava numa pilha de papéis coberta de mofo e fezes de pinguins

Wilson nasceu em 1872 em Cheltenham, na Inglaterra, onde uma galeria de arte e museu levam o seu nome e exibem coleções permanentes de seu trabalho. Sua estátua de bronze, criada pela viúva de Scott, Kathleen Scott, fica em frente à prefeitura da cidade. Uma escola primária em Paddington, em Londres, também tem seu nome.

Lizzie Meek, da Antarctic Heritage Trust, conta que Dr Wilson era um homem notável. “Ele não era apenas um pintor talentoso, mas um cientista e um médico que foi integrante essencial das duas expedições de Scott (ao continente antártico, em 1911 e 1912).”

Josefin Bergmark-Jimenez explica por que a pintura está em condições tão boas. “As aquarelas são muito suscetíveis à luz, então o fato de este trabalho ter passado 100 anos escondido entre outros papéis em meio a condições de frio e escuridão foi o ideal para conservá-lo”.

Não se sabe por que e como a pintura foi deixada na cabana, já que a trepadeira-do-bosque é um pássaro do Hemisfério Norte. “É provável que Wilson tenha feito a pintura quando estava se recuperando de tuberculose na Europa”.

Mas o pássaro nunca “voará” de volta para o norte, já que todos os artefatos serão retornados à cabana após sua restauração; ela tem o status de Área de Proteção Especial da Antártida.

Especialistas, entretanto, fizeram uma reprodução de alta qualidade da pintura para o Museu de Canterbury, em Christchurch, na Nova Zelândia.

Canterbury Museum

 Edward Wilson morreu durante a expedição do capitão Robert Falcon Scott ao Polo Sul

Edward Wilson morreu durante a expedição do capitão Robert Falcon Scott ao Polo Sul

// BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Suécia suspende investigações de estupro contra Julian Assange

Autoridades da Suécia anunciaram nesta terça-feira (19) que vão desistir das investigações de estupro contra Julian Assange, fundador do WikiLeaks, que segue preso em Londres. Depois de terem sido suspensas em 2017, as investigações foram …

Novo mapa de Titã revela que a lua de Saturno é coberta por material orgânico

Cientistas montaram o primeiro mapa geológico global de Titã, uma das principais luas de Saturno, graças aos dados fornecidos pela sonda Hyugens — lançada em 1997 com a missão Cassini. Além de ser a única lua …

Desmatamento na Amazônia atinge maior nível desde 2008

Entre agosto de 2018 e julho de 2019, o desmatamento da Floresta Amazônica cresceu 29,5% em comparação com os 12 meses anteriores. Ao todo, a floresta perdeu uma área de 9.762 km² (equivalente a sete …

Conheça a vodka feita de ‘nada’, produzida a partir de energia solar, água e CO2

Bebida originária da Europa Oriental, a vodka é um destilado que pode ser obtido a partir do arroz, cevada, milho, trigo, centeio e até ervas. E se a gente te contasse que um grupo de empreendedores …

EUA mudam posição histórica e afirmam que colônias de Israel não são ilegais

Os Estados Unidos afirmaram nesta segunda-feira (18) que não consideram mais os assentamentos de Israel na Cisjordânia ocupada uma quebra do direito internacional. A mudança foi anunciada pelo secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, que …

Trump poderá depor no inquérito sobre seu impeachment na Câmara dos Representantes

O presidente Donald Trump anunciou nesta segunda-feira  que poderá testemunhar no comitê de investigação da Câmara dos Representantes, que avalia a possibilidade de pedir seu impeachment. O pedido foi feito pela líder dos democratas, Nancy …

Buraco negro supermassivo disparou estrela em altíssima velocidade

Há cerca de cinco milhões de anos uma estrela foi lançada do buraco negro supermassivo que fica no centro da Vial Láctea, Sagittarius A. Os cientistas imaginam que a velocidade inicial era de milhares de …

Ataque a tiros deixa mortos em festa de quintal na Califórnia

Quatro pessoas morreram e ao menos seis ficaram feridas neste domingo em um novo ataque com arma de fogo no estado da Califórnia, nos Estados Unidos. Familiares e amigos assistiam a um jogo de futebol no …

Jovem norueguesa monitora quase 500 perfis nas redes sociais para evitar suicídios

Ingebjørg Blindheim tem 22 anos e já ganhou o apelido de “salva-vidas”. A norueguesa monitora quase 500 perfis nas redes sociais buscando identificar usuários que possam estar próximo de cometer suicídio. Quando percebe uma situação de …

NASA pode ter encontrado pistas sobre Planeta X

O suposto Planeta X segue repleto de mistérios e a única coisa que se sabe é que há algum objeto grande e massivo na região do cinturão de Kuiper. O grande objeto estaria causando uma grande …