Mistério em torno de pintura com 118 anos encontrada na Antártida é desvendado

O mistério em torno de uma linda aquarela mostrando um pássaro morto descoberta numa antiga cabana na Antártida foi desvendado.

A pintura, de uma trepadeira-do-bosque, estava numa cabana construída por exploradores noruegueses e que depois foi usada pela trágica Expedição Terra Nova, empreendida em janeiro de 1912 – que resultou na morte do capitão britânico Robert Falcon Scott e mais quatro exploradores quando tentavam retornar do Polo Sul.

A imagem foi encontrada numa pilha de papéis cobertos de mofo e fezes de pinguins. Acredita-se que fora pintada por um dos integrantes da equipe de Scott, o médico, ornitólogo e especialista em história natural britânico Edward Wilson.

A ambientalista Josefin Bergmark-Jimenez, da Antarctic Heritage Trust, ONG neozelandesa voltada para a preservação da história dos grandes conquistadores da Antártida, descreveu a descoberta como o “maior momento” de sua carreira.

“Havia esta linda pintura, minha surpresa foi tamanha que dei um salto. Então levei ela para fora e não conseguia parar de olhar para ela – as cores, a vitalidade, é uma peça tão bonita”. “Não podia acreditar que estivesse lá“, acrescentou.

A descoberta ocorreu no ano passado, mas tinha sido mantida em segredo para que conservadores pudessem restaurar cerca de 1.500 artefatos de duas cabanas construídas por exploradores noruegueses em Cape Adare, em 1988. A pintura tem a inscrição “1899 Tree Creeper” (trepadeira-do-bosque) junto da inicial T.

De início, os especialistas não conseguiam identificar o artista, mas após visitar uma palestra sobre Edward Wilson e ver outros trabalhos seus, Bergmark-Jimenez se deu conta de que a pintura só poderia ser dele.

“Assim que vi sua grafia característica, sabia que ele tinha pintado o pássaro. Isto fez sentido, já que havia um artigo de jornal de 1911 sobre o grupo de Scott que foi para a Antártida através da Nova Zelândia (na pilha de papéis)”.

The Antarctic Heritage Trust

 Josefin Bergmark-Jimenez mostra a pintura, que estava numa pilha de papéis coberta de mofo e fezes de pinguins

Josefin Bergmark-Jimenez mostra a pintura, que estava numa pilha de papéis coberta de mofo e fezes de pinguins

Wilson nasceu em 1872 em Cheltenham, na Inglaterra, onde uma galeria de arte e museu levam o seu nome e exibem coleções permanentes de seu trabalho. Sua estátua de bronze, criada pela viúva de Scott, Kathleen Scott, fica em frente à prefeitura da cidade. Uma escola primária em Paddington, em Londres, também tem seu nome.

Lizzie Meek, da Antarctic Heritage Trust, conta que Dr Wilson era um homem notável. “Ele não era apenas um pintor talentoso, mas um cientista e um médico que foi integrante essencial das duas expedições de Scott (ao continente antártico, em 1911 e 1912).”

Josefin Bergmark-Jimenez explica por que a pintura está em condições tão boas. “As aquarelas são muito suscetíveis à luz, então o fato de este trabalho ter passado 100 anos escondido entre outros papéis em meio a condições de frio e escuridão foi o ideal para conservá-lo”.

Não se sabe por que e como a pintura foi deixada na cabana, já que a trepadeira-do-bosque é um pássaro do Hemisfério Norte. “É provável que Wilson tenha feito a pintura quando estava se recuperando de tuberculose na Europa”.

Mas o pássaro nunca “voará” de volta para o norte, já que todos os artefatos serão retornados à cabana após sua restauração; ela tem o status de Área de Proteção Especial da Antártida.

Especialistas, entretanto, fizeram uma reprodução de alta qualidade da pintura para o Museu de Canterbury, em Christchurch, na Nova Zelândia.

Canterbury Museum

 Edward Wilson morreu durante a expedição do capitão Robert Falcon Scott ao Polo Sul

Edward Wilson morreu durante a expedição do capitão Robert Falcon Scott ao Polo Sul

// BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Jogador alvo de racismo toma atitude que todo mundo deveria ter e abandona gramado

Na última rodada da Liga Portuguesa, o Porto venceu fora de casa Vitória de Guimarães por 2 a 1. O gol que definiu a partida foi do malinês Marega. O ponta de lança recebeu um …

Ministra da Saúde de Macron vai disputar prefeitura de Paris em batalha de mulheres

O partido presidencial francês e seus aliados centristas encontraram neste domingo (16) na ministra da Saúde, Agnès Buzyn, 58, a sucessora ideal para Benjamin Griveaux. O candidato de Emmanuel Macron ao cargo de prefeito de …

Organização vende suposto DNA de Donald Trump e outros líderes globais

Nesta sexta-feira, uma organização chamada Earnest Project passou a oferecer a chance de possuir amostras de DNA de alguns líderes mundiais e outras celebridades. O grupo alega que coletou clandestinamente itens descartados pelos participantes do Fórum …

Tribunal alemão suspende derrubada de floresta para fábrica da Tesla

Justiça ordena que gigante americana interrompa corte de árvores nos arredores de Berlim enquanto analisa pedido de associação ambiental. Empresa de Elon Musk planeja construir ali sua primeira "gigafábrica" da Europa. Um tribunal na Alemanha determinou …

Satélites podem facilmente ser manipulados por hackers, alerta pesquisador

Talvez você já esteja por dentro da confusão toda em relação aos problemas que os satélites Starlink, da SpaceX, estão causando na comunidade astronômica. Os relativamente poucos satélites lançados (cerca de 240, como parte de um …

Na Índia, campanha faz semáforo voltar ao vermelho se os motoristas buzinarem demais

Se a Índia é um país famoso por sua religiosidade, sua culinária, suas belezas naturais e, sendo o segundo país mais populoso, por ser a maior democracia por eleitorado do mundo, ela também carrega a …

Secularismo e tolerância a minorias predizem a prosperidade de um país

Pesquisadores da Universidade de Bristol e Universidade do Tennesse analisaram dados de quase 500 mil pessoas de 109 países e concluíram que mudanças na cultura geralmente vêm antes da melhora na riqueza, educação e democracia. Os …

Estudo: declínio de abelhas se aproxima da extinção em massa

De acordo com um novo estudo liderado por cientistas da Universidade de Ottawa (Canadá), a probabilidade de uma população de abelhas sobreviver em qualquer lugar diminuiu 30% no curso de uma geração humana. Os pesquisadores sugerem …

Pesquisador diz ter descoberto droga capaz de apagar memória ruim de separação amorosa

Um pesquisador de Montreal, no Canadá, diz ter encontrado uma maneira de acabar com o sofrimento causado por uma separação traumática — ele "edita" as memórias dolorosas usando um betabloqueador e sessões de terapia. Alain Brunet …

Documento revela que Facebook poderia ter virado uma "Wikipédia da vida privada"

Steven Levy, conhecido editor da Wired, conseguiu colocar as mãos em algo que ele talvez nunca imaginou encontrar: um diário de Mark Zuckerberg, CEO e fundador do Facebook, datado de 2006 e que mostra algumas …