NASA pronta para estudar o coração de Marte

Goddard Space Center / NASA

A NASA está prestes a embarcar numa jornada para estudar o interior de Marte. A agência espacial realizou uma coletiva de imprensa no JPL (Jet Propulsion Laboratory) em Pasadena, no estado norte-americano da Califórnia, detalhando a próxima missão ao Planeta Vermelho.

Com lançamento previsto para 5 de maio, o “lander” estacionário InSight da NASA será a primeira missão dedicada a explorar o interior profundo de Marte. Essa também será a primeira missão da NASA, desde os pousos lunares das missões Apollo, a possuir um sismógrafo, dispositivo que mede tremores no solo.

Para Bruce Banerdt, do JPL e cientista principal da InSight, é também um trabalho de amor. Banerdt trabalhou mais de 25 anos para tornar a missão uma realidade.

“De certa forma, a InSight é como uma máquina do tempo que nos trará de volta informações sobre os primeiros estágios da formação de Marte há 4,5 bilhões de anos”, comenta Banerdt. “Irá nos ajudar a aprender como os corpos rochosos se formam, incluindo a Terra, a Lua e até mesmo planetas em outros sistemas solares”, afirmou.

O veículo de pouso InSight transporta um conjunto de instrumentos sensíveis para recolher dados e, ao contrário de uma missão móvel como as dos rovers, os instrumentos requerem um módulo estacionário a partir do qual podem ser cuidadosamente colocados acima e abaixo da superfície marciana.

De certo modo, Marte é o “exoplaneta mais próximo” – um exemplo vizinho de como o gás, a poeira e o calor se combinam e se organizam para formar um planeta. Ao observarem o interior profundo de Marte, os cientistas poderão compreender o quanto sua crosta, manto e núcleo são diferentes da Terra.

A NASA não é a única agência animada com a missão InSight. Vários parceiros europeus contribuíram com instrumentos ou componentes de instrumentos. O Centro Nacional de Estudos Espaciais, na França, liderou uma equipe multinacional que construiu um sismômetro ultrassensível para detectar terremotos marcianos.

O Centro Aeroespacial Alemão desenvolveu uma sonda térmica que vai se enterrar de forma autônoma até 5 metros no subsolo e medir o calor que flui de dentro do planeta.

“A InSight é uma verdadeira missão espacial internacional“, realça Tom Hoffman, gestor de projetos no JPL. “Nossos parceiros nos forneceram instrumentos incrivelmente capazes que tornarão possível a recolha de dados científicos únicos depois de pousarmos”.

Atualmente, o “lander” Insight está na Base Aérea de Vandenberg, na Califórnia, em fase de preparação final antes do lançamento. Na semana passada, o dispositivo completou o que é conhecido como teste de rotação: toda a nave gira a uma alta velocidade para confirmar seu centro de gravidade.

Isso é crucial para a sua entrada, descida e pouso em Marte em novembro, explica Hoffman. Durante este mês, a plataforma científica será acoplada ao foguete, as ligações entre os dois serão verificadas e a equipe de lançamento passará por um treino final.

“Este mês será emocionante”, disse Banerdt. “Temos ainda algum trabalho final por fazer, mas estamos quase prontos para ir a Marte”. Empolgante, não?

Ciberia // CCVAlg / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …