NASA vai criar o lugar mais frio do Universo (e será na Estação Espacial Internacional)

Aubrey Gemignani / NASA

O Cold Atom Laboratory (CAL) foi lançado no espaço na sonda Orbital ATK Cygnus

Os cientistas pretendem realizar uma experiência que irá “congelar” átomos com lasers, criando assim o ponto mais frio do Universo.

Esta semana, a NASA enviou ao espaço uma nave repleta de equipamentos que devem auxiliar os astronautas da Estação Espacial Internacional (EEI) e os cientistas aqui na Terra a desenvolver novas pesquisas.

Mas há uma que se destaca: os cientistas pretendem fazer uma experiência que irá “congelar” átomos com lasers, criando assim o ponto mais frio do Universo. Este “supercongelador” terá menos de um bilionésimo acima do zero absoluto, a temperatura mais baixa possível.

O Cold Atom Laboratory (CAL) é um instrumento compacto que usa lasers para gerar um ambiente super-refrigerado 10 bilhões de vezes mais frio que o vácuo do espaço. É tão frio dentro do CAL que os átomos são quase imóveis. O instrumento usa ímãs para segurar os átomos a fim de que os cientistas possam observar seus movimentos e como interagem uns com os outros.

Os cientistas já produziram instrumentos parecidos, mas enfrentaram sempre um desafio quase insuperável: a força da gravidade. Mesmo os átomos ultracongelados acabaram por sucumbir à força da gravidade.

O CAL foi lançado no espaço na sonda Orbital ATK Cygnus, com destino à EEI. “No campo da física moderna, o novo Cold Atom Lab da Cygnus poderia ajudar a responder a algumas grandes questões”, informa um comunicado da Agência Espacial Americana (NASA).

“O CAL cria uma temperatura 10 bilhões de vezes mais fria que o vácuo do espaço, então usa lasers e forças magnéticas para desacelerar os átomos até que estejam quase imóveis. No ambiente de microgravidade da EEI, o CAL pode observar esses átomos ultrafrios por muito mais tempo do que o possível na Terra” detalha.

Os resultados da pesquisa podem levar a uma série de tecnologias aprimoradas, como sensores, computadores quânticos e relógios atômicos.

Frio, muito frio

O vácuo do espaço é muito frio: tem cerca de – 270,55°C. Mas as temperaturas dentro do CAL serão ainda mais baixas: quase zero absoluto, ou – 273,15ºC.

A esta temperatura, os átomos diminuem tanto a sua velocidade que começam a entrar no mesmo estado quântico, exibindo a mesma quantidade de energia que os outros. O comportamento se torna mais ondulado, e começam a sincronizar-se como se fossem uma fila de dançarinos, um fenômeno conhecido como Condensado de Bose-Einstein (BEC).

Na microgravidade da estação espacial, espera-se que os átomos retenham este estado da matéria durante 10 segundos, oferecendo aos cientistas a possibilidade de observar comportamentos quânticos nunca vistos antes.

O CAL é capaz de capturar três tipos de átomos para os cientistas estudarem: um rubídio e dois isótopos de potássio, esfriando-os e mantendo-os em armadilhas magnéticas para permitir a observação por parte dos cientistas que estão na Terra.

Quando o CAL for instalado na EEI, o trabalho dos astronautas estará feito, dado que será operado remotamente a partir da Terra. As experiências vão acontecer durante 6 horas e meia por dia, enquanto a tripulação da EEI estiver dormindo, para minimizar a perturbação da microgravidade da estação espacial, segundo a NASA.

Se as temperaturas ficarem tão frias quanto o esperado, o CAL irá bater o recorde de lugar mais frio do Universo. Atualmente, o título pertence à Nebulosa do Bumerangue, localizada a 5 mil anos-luz de distância, que vive a – 272ºC.

Ciberia // ZAP / HypeScience

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Incêndios causam mortes e devastação no sul da Europa

A União Europeia EU) enviou ajuda para a Turquia nesta segunda-feira (02/08), e voluntários se juntaram a bombeiros na luta contra fortes incêndios que já duram seis dias e mataram oito pessoas no país. Em …

Golpe militar em Mianmar completa seis meses e já resultou em quase mil mortes de civis

Aterrorizados pela repressão da junta militar e pela propagação do coronavírus, poucos birmaneses se atreviam a ir às ruas para protestar neste domingo (1º), quando completam-se seis meses do golpe de Estado que mergulhou …

Governo italiano vende casas a 2 euros na região da Sicília

Mais uma vez o governo italiano está vendendo casas em áreas rurais da Itália, após o sucesso da campanha para repovoamento de áreas abandonadas. Além de promover a ocupação por meio de incentivos para jovens e …

Bolsonaro admite não ter provas de fraudes eleitorais

Em live para a qual convocou veículos de imprensa, Bolsonaro exibiu uma série de teorias falsas, cálculos equivocados e vídeos antigos, já verificados e desmentidos, mas que ainda circulam na internet, como supostas evidências de …

A incrível civilização antiga que mumificava os mortos 2 mil anos antes dos egípcios

"As mais antigas evidências arqueológicas conhecidas de mumificação artificial de corpos", segundo a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), estão presentes na América do Sul, na costa árida …

Delta pode causar covid-19 mais grave, alerta agência americana

Documento interno do órgão de prevenção de doenças dos EUA indica que a variante delta do coronavírus é tão contagiosa quanto a catapora e pode ser transmitida mesmo por indivíduos vacinados. "A guerra mudou", diz …

Vendas de vacinas anticovid impulsionam lucros de laboratórios

A empresa farmacêutica AstraZeneca anunciou nesta quinta-feira (28) que as vendas de sua vacina contra a Covid-19 alcançaram US $ 1,17 bilhão no primeiro semestre do ano. Este número corresponde à entrega de aproximadamente …

Cientistas transformaram água pura em metal pela primeira vez

Cientistas transformaram, pela primeira vez, água pura em metal. A pesquisa poderia permitir um estudo detalhado das condições de extrema alta pressão dentro de grandes planetas. A água pura é um isolante quase perfeito. Sim, a …

Imagens do satélite Amazonia-1 já estão disponíveis — e qualquer um pode acessar

O Ministério da Ciência e Tecnologia comunicou, nesta semana, que as imagens do Amazonia-1 já podem ser acessadas pelo público. O satélite Amazonia-1 foi lançado em fevereiro de 2021 e, desde então, já avançou por etapas importantes, …

Alemanha acusa médico sírio de crimes contra a humanidade

Promotores federais da Alemanha acusaram nesta quarta-feira (28/07) um médico sírio de assassinato e crimes contra a humanidade. O suspeito enfrenta 18 acusações de tortura contra pacientes de hospitais militares nas cidades sírias de Homs e …