Cientistas encontram bactéria agarrada à Estação Espacial Internacional

NASA

Foram encontradas bactérias vivas na superfície da Estação Espacial Internacional (EEI) que podem ter origem extraterrestre. Os microrganismos estão sendo estudados na Terra.

Segundo o astronauta russo Anton Shkaplerov, que irá realizar sua terceira viagem à EEI em dezembro como membro da tripulação da Expedição 54, cientistas russos encontraram bactérias vivas durante a recolha de amostras na superfície da estação.

À agência TASS, o astronauta disse que a equipe recolheu a bactéria do exterior da EEI com a ajuda de cotonetes, mas garantiu que não estavam presentes durante o lançamento do módulo da EEI. “As bactérias vieram do espaço e permaneceram na superfície externa da EEI”, afirma Shkaplerov.

No entanto, os cientistas ainda não sabem de onde vieram as bactérias. O astronauta revelou também que alguns microrganismos provenientes da Terra são capazes de sobreviver no vácuo e com diferenças de temperatura de -150ºC a 150ºC.

As bactérias conseguem suportar condições extremas, como as que se encontram no espaço, e é possível que estes microrganismos possam ter vindo da atmosfera da Terra. A possibilidade de terem origem em outro local e terem “viajado” através de poeira espacial não é descartada.

Ainda assim, mesmo que se prove que as bactérias não são seres alienígenas, esta não deixa de ser uma descoberta peculiar, já que os micro-organismos estavam alojados a uma distância de 400 quilômetros acima da Terra.

Acredita-se que as bactérias tenham sido levadas acidentalmente para a estação espacial, em tablets ou outros materiais, colocados a bordo da EEI durante longos períodos para estudar o comportamento dos materiais no espaço.

As bactérias são estudadas na Terra, mas, ao que tudo indica, estes micro-organismos não representam perigo.

Não é a primeira vez que evidências de formas de vida supostamente extraterrestre encontradas na superfície da Estação Espacial Internacional são objeto de controvérsia.

No início de 2014, cientistas da Roscosmos anunciaram a descoberta de vestígios de formas de vida simples, como plâncton microbiano, algas e “DNA bacteriano” em amostras de poeira recolhidas na superfície externa das janelas da Estação Espacial Internacional.

“Os resultados da experiência são únicos. Encontramos vestígios de plâncton marinho e de partículas microscópicas na superfície da estação espacial, e isso deve ser estudado”, afirmou Vladimir Soloyev, líder da missão orbital russa na EEI.

Na época, a equipe de cientistas russos disse que o plâncton não poderia ter sido levado pela própria nave espacial porque não fazia parte da vegetação típica de Baikonur, no Cazaquistão, de onde os russos lançaram seu módulo rumo à EEI.

No entanto, também sugeriram que o plâncton poderia ter se “erguido” rumo ao laboratório em órbita a partir de outras regiões da Terra, através de correntes de ar de altitudes mais elevadas.

Apesar de os cientistas terem pensado que o organismo não se tratava de micróbios extraterrestres, constataram que as formas de vida microbianas poderiam sobreviver no vácuo espacial, sob temperaturas abaixo de zero e com a constante radiação cósmica.

“Estamos mais perto do que nunca de reconhecer que as formas de vida extraterrestre existem. É uma evolução impressionante. Durante anos, as pessoas tentaram desmascarar teorias sobre a vida em outros planetas, mas em breve isso já não será possível”, afirmou o astrobiólogo britânico, Chandra Wickramasinghe, da Universidade de Buckingham.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

China consegue pousar veículo não tripulado em Marte

A China conseguiu neste sábado pousar um veículo autônomo não tripulado em Marte. A fase final da operação Tianwen-1 aconteceu sem falhas, informou a TV estatal chinesa, que transmitiu um programa especial chamado Alo …

Lewandowski permite que Pazuello fique em silêncio na CPI

Ex-ministro da Saúde será obrigado a comparecer ao depoimento, mas não precisará responder perguntas que possam incriminá-lo. No entanto, será obrigado a falar a verdade em fatos e questões relacionados a terceiros. O ministro do Supremo …

Como o coronavírus afeta o fígado

O SARS-CoV-2, vírus causador da covid-19, mudou completamente a cara do mundo que conhecíamos até então. Ele afetou praticamente todos os aspectos da vida cotidiana e causou mudanças substanciais nas ciências da saúde e, portanto, na …

'Síndrome de Havana': lesão cerebral atinge ao menos 130 diplomatas e oficiais americanos, dizem EUA

Diplomatas, agentes da CIA e oficiais de defesa dos EUA relataram sintomas graves da perturbação conhecida como "síndrome de Havana" nas últimas semanas. O elevado número de casos causa espanto. Nas últimas semanas, foram relatados mais …

RJ comunica 1º caso de raiva em cachorro em quase três décadas

Pela primeira vez desde 1995, o Laboratório Municipal de Saúde Pública (Lasp) do Rio de Janeiro diagnosticou um caso de raiva animal. A descoberta parte do resultado de perícia no corpo de um cão morto …

O que dizem cientistas sobre isenção de máscaras para vacinados nos EUA

Os Estados Unidos anunciaram nesta quinta-feira (13/05) o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção na maioria das situações para pessoas que já foram completamente vacinadas contra a covid-19. Segundo a nova orientação do …

Putin: Rússia reagirá de maneira devida às ameaças perto de suas fronteiras

Durante reunião com membros do Conselho de Segurança da Rússia nesta sexta-feira (14), o presidente da Rússia pediu que lhe fosse reportado sobre o agravamento do conflito israelo-palestino, que toca diretamente os interesses de segurança …

Covid: 16 mil pessoas foram imunizadas com doses de vacina trocadas no Brasil

Um levantamento de dados da Folha de São Paulo com informações do DataSUS, base de dados do Ministério da Saúde, mostrou que pelo menos 16 mil pessoas receberam doses de vacinas diferentes em seu processo …

Covid-19: diretor do Butantan prevê vacinação lenta até setembro no Brasil

Como diretor do Instituto Butantan desde 2017, Dimas Covas sempre precisou aliar o conhecimento técnico e científico com as particularidades do mundo político que, na visão dele, não parecem seguir uma lógica. E essa necessidade se …

Escalada de violência entre israelitas e palestinianos já fez mais de 100 mortos

O conflito entre israelitas e palestinianos subiu de tom na madrugada de hoje, com o Exército israelita a bombardear a faixa de Gaza. Desde segunda-feira já morreram 119 palestinianos nestes ataques, entre eles 31 …