NASA não consegue “despertar” Opportunity, a sonda adormecida em Marte

NASA

Sonda Opportunity em Marte

Os especialistas da NASA não conseguiram reestabelecer ligação com a sonda marciana Opportunity, embora o volume de pó na atmosfera de Marte já tenha reduzido a níveis muito próximos dos normais, revelou a agência norte-americana.

“Neste momento, o nível de pó na atmosfera caiu para 2,1 tau, mas depois aumentou para 2,5 tau. Até que se reduza para o nível 2, não esperamos ‘ouvir’ nada do rover, mas continuamos a monitorar constantemente seus sinais“, informaram os participantes da missão.

No início de junho, Marte foi atingido por uma forte tempestade de pó que abalou a maior parte da cratera Endeavour, onde a sonda Opportunity opera. Alguns dias depois, a situação se agravou de tal forma que os engenheiros tiveram que colocar a sonda em regime de emergência e desligar todos as ferramentas, exceto o relógio.

Já em meados de junho, e de acordo com fotografias capturadas pela sua “amiga” – a sonda Curiosity, que está em outra parte de Marte – a tempestade abalou o planeta por completo, sendo oficialmente considerada uma tempestade de envergadura planetária.

Só no final do mês de julho é que a camada de poeira começou a dar tréguas, assentando gradualmente na superfície. Espera-se agora que, nas próximas semanas a situação no Planeta Vermelho melhore radicalmente.

Nas primeiras semanas de agosto, a quantidade de pó na atmosfera se reduziu várias centenas de vezes, melhorando a situação significativamente.

Até lá, não vale a pena esperar que a Opportunity desperte brevemente, pois o nível de iluminação da superfície marciana continua muito baixo. Além disso, ainda não é certo se as baterias conseguiram sobreviver durante quase um mês de “vida” no frio e completa escuridão.

De acordo com os especialistas, uma tempestade semelhante ocorreu no planeta há cerca de 8 anos e foi o motivo da morte da sonda Spirit, “gêmea” da Opportunity, que ficou presa na cratera Gusev em 2010.

No entanto, neste caso em particular, o rover não corre esse risco, porque Marte está entrando no verão e as temperaturas na superfície não devem baixar para temperaturas inferiores a 40 graus negativos – só a partir daí é que a situação pode ser fatal para a sonda adormecida em Marte.

O robô Opportunity se encontra em Marte desde 2004. Inicialmente, foi concebido para durar apenas três meses, mas continuou a operar durante quase 15 anos. No entanto, o Opportunity não é o único rover exploratório em Marte, e felizmente sua amiga, Curiosity, tem baterias nucleares, não precisando de energia solar para funcionar.

Para que o Opportunity continue detectável, as outras sondas que exploram o planeta continuam rastreando o percurso da tempestade, para facilitar o trabalho da NASA.

Ciberia // Sputnik / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Na Índia, campanha faz semáforo voltar ao vermelho se os motoristas buzinarem demais

Se a Índia é um país famoso por sua religiosidade, sua culinária, suas belezas naturais e, sendo o segundo país mais populoso, por ser a maior democracia por eleitorado do mundo, ela também carrega a …

Secularismo e tolerância a minorias predizem a prosperidade de um país

Pesquisadores da Universidade de Bristol e Universidade do Tennesse analisaram dados de quase 500 mil pessoas de 109 países e concluíram que mudanças na cultura geralmente vêm antes da melhora na riqueza, educação e democracia. Os …

Estudo: declínio de abelhas se aproxima da extinção em massa

De acordo com um novo estudo liderado por cientistas da Universidade de Ottawa (Canadá), a probabilidade de uma população de abelhas sobreviver em qualquer lugar diminuiu 30% no curso de uma geração humana. Os pesquisadores sugerem …

Pesquisador diz ter descoberto droga capaz de apagar memória ruim de separação amorosa

Um pesquisador de Montreal, no Canadá, diz ter encontrado uma maneira de acabar com o sofrimento causado por uma separação traumática — ele "edita" as memórias dolorosas usando um betabloqueador e sessões de terapia. Alain Brunet …

Documento revela que Facebook poderia ter virado uma "Wikipédia da vida privada"

Steven Levy, conhecido editor da Wired, conseguiu colocar as mãos em algo que ele talvez nunca imaginou encontrar: um diário de Mark Zuckerberg, CEO e fundador do Facebook, datado de 2006 e que mostra algumas …

Missão suicida: satélite queimará na atmosfera da Terra, mas por uma boa causa

Na próxima semana, a Agência Espacial Europeia (ESA) vai destruir um satélite, lançando-o em direção à atmosfera da Terra, só para vê-lo queimar durante a reentrada. Sim, tudo de propósito. Trata-se de um experimento muito …

Pé Grande vagueia pelo Reino Unido enquanto centenas de relatos são registrados

Apesar de a lenda do Pé Grande ser tipicamente americana, centenas de pessoas relataram ter visto a enigmática criatura em diversas localidades do Reino Unido. Se por um lado o Reino Unido é um país relativamente …

Um terço de todas as espécies de animais e plantas pode desaparecer em 50 anos

Um novo estudo da Universidade do Arizona (EUA) estimou que um terço de todas as espécies de plantas e animais do planeta pode ser extinta em até 50 anos devido aos efeitos da mudança climática. Para …

Huawei ataca governo dos EUA e lembra caso Snowden

Em comunicado publicado nesta quinta-feira (13), a Huawei voltou a se defender dos ataques feitos pelos Estados Unidos nesta semana, afirmando que, se tem alguém envolvido com espionagem internacional, esse alguém é justamente o governo …

Os efeitos políticos e religiosos do encontro entre Lula e o papa

Reunião no Vaticano vai além de troca de gentilezas entre dois líderes sul-americanos. Para especialistas, audiência tem repercussões para o ex-presidente, o PT e a própria Igreja Católica, que vive disputa de poder. A reunião entre …