Adeus Opportunity; Nasa dá como “perdido” robô que investigou Marte por 15 anos

NASA

Sonda Opportunity em Marte

Sonda Opportunity não sobreviveu a uma tempestada de poeira. Veículo foi responsável por encontrar primeiros indícios de água no planeta.

A Nasa anunciou nesta quarta-feira (13/02) o encerramento oficial da missão do robô Opportunity, que investigou a superfície de Marte durante 15 anos e que, entre suas descobertas mais importantes, encontrou os primeiros indícios de água no planeta.

Segundo os cientistas da agência espacial, o aparelho não sobreviveu a uma enorme tempestade de poeira ocorrida em junho do ano passado, quando a comunicação com ele foi perdida.

Desde então, os engenheiros da Nasa tentavam obter uma resposta do Opportunity nos canais de rádio. Na terça-feira, a Nasa fez uma última tentativa, sem sucesso.

“Portanto, estou de pé aqui com um profundo sentimento de gratidão por declarar que a missão do Opportunity está completa“, disse Thomas Zurbuchen, administrador associado de ciência da Nasa, durante uma conferência pública.

Assim termina uma missão cuja longa duração foi completamente inesperada, pois o robô foi projetado inicialmente para resistir na superfície de Marte durante três meses, como lembrou o administrador da Nasa, Jim Bridenstine.

O objetivo era poder se movimentar ao longo de vários quilômetros pela superfície de Marte e sobreviver por 90 dias. E ao invés disso, aqui estamos depois de mais de 14 anos”, ressaltou Bridenstine, que está no cargo desde abril de 2018, após ser nomeado pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Foram duas décadas de trabalho impressionante“, avaliou Bridenstine, que também brincou com o fato de ter que fazer tal anúncio depois de assumir o cargo “há apenas um ano” e que, “como político, em breve encontrará um jeito de culpar alguém”.

O chefe do programa, John Callas disse que os engenheiros sabiam que um dia a missao chegaria ao fim. “Mas não imaginávamos que demoraria tanto“, afirmou. “Embora seja uma máquina, é difícil dizer adeus, é doloroso”.

O Opportunity desembarcou em 2004 em Marte e viajou 45 quilômetros no planeta vermelho, garantindo um lugar na história como uma missão mítica, que foi inicialmente prevista para 90 dias.

O robô deu aos cientistas uma visão próxima de Marte que nunca antes observada: rochas dispostas em camadas que resistiram à erosão da água que supostamente fluiu em Marte há milhões de anos; um requisito prévio para as condições que permitem a possibilidade de vida.

Pelo fato de este aparelho e seu gêmeo Spirit, que se desligou em 2010, continuarem ativos por muito mais tempo do que o esperado, a Nasa teve uma presença robótica contínua em Marte durante mais de 15 anos.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Potência agrícola da Europa, Itália enfrenta falta de mão de obra para manter cadeia produtiva de alimentos

“Existe o risco de escassez de alimentos no mercado mundial, devido a perturbações derivadas da COVID-19 no comércio internacional e nas cadeias de suprimentos” . Este foi o alarme lançado na quarta-feira (1) em …

"Gangue" de cabras selvagens toma conta das ruas de uma cidade britânica em quarentena

Um rebanho de cabras selvagens simplesmente tomou as ruas desertas de Llandudno, no País de Gales, enquanto seus residentes ficam dentro de casa para limitar a propagação do coronavírus. O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, …

Floresta tropical de mais de 90 milhões de anos é descoberta na Antártica

Os restos do que outrora teria sido uma floresta tropical na Antártica foram descobertos em uma amostra de gelo obtida no continente congelado. A floresta, que existiu há 90 milhões anos, quando os dinossauros ainda habitavam …

Há uma mensagem codificada no rover Perseverance, que será enviado a Marte

Em breve, a missão Mars 2020 levará, no rover Perseverance, três chips com os nomes de 10.932.295 pessoas ao Planeta Vermelho. Uma foto da placa onde os chips estão anexados foi divulgada, mas o que …

Brasil ruma para "tempestade perfeita" em meio a pandemia

Abril teria sido um mês ocupado para os hospitais brasileiros, de qualquer modo: enquanto a população ainda enfrentas o vírus da dengue, a estação da gripe vai começar a se manifestar. Em 2020, porém, o …

Empresa japonesa testa nova molécula contra a Covid-19

O grupo japonês Fujifilm anunciou nesta quarta-feira (1) o início de testes clínicos de seu medicamento antigripal Avigan para avaliar sua eficácia contra o novo coronavírus. Até o final de junho, o produto vai ser …

Razão pela qual tubarões caçam em torno da Europa e EUA é revelada

Tubarões e grandes prestadores marinhos evitam caçar em águas quentes equatoriais e preferem viver mais ao norte e ao sul, em zonas que compreendem a Europa, os Estados Unidos e a África do Sul. Os tubarões …

Os distanciamentos do coronavírus mudaram a maneira como a Terra se move

As pessoas têm ficado em casa para diminuir a velocidade com a qual o novo coronavírus se espalha. Mas essa atitude pode significar que o planeta também está se movendo um pouco menos. Pesquisadores que estudam …

Facebook não quis investigar desinformação vinda de site norte-americano

“Facebook” e “transparência” são duas palavras que geralmente estão juntas em pautas mais espinhosas, e desta vez não é diferente: segundo uma reportagem veiculada pelo jornal norte-americano The New York Times, a rede social mais …

Maduro denuncia navio turístico 'pirata' português que afundou embarcação da Marinha venezuelana

O presidente venezuelano Nicolás Maduro denunciou o ataque e afundamento de um barco da Marinha da Venezuela por um navio turístico "pirata", a noroeste da ilha de La Tortuga. Na noite de segunda-feira (30), o navio …