NASA decide: a sonda Opportunity tem 45 dias para dar notícias

NASA

Sonda Opportunity em Marte

Há quase dois meses a NASA não consegue restabelecer ligação com a Opportunity. E, segundo o prazo limite estabelecido pela agência espacial norte-americana, as coisas não parecem correr bem para a sonda marciana.

Três vezes por semana, desde o passado 10 de junho, os especialistas da NASA enviam um sinal para Marte, com o objetivo de receber uma resposta da Opportunity.

No início desse mês, o Planeta Vermelho foi atingido por uma forte tempestade de poeira que abalou a maior parte da cratera Endeavour, onde a sonda opera. Alguns dias depois, a situação se agravou de tal forma que os engenheiros tiveram que colocar a sonda em regime de emergência e desligar todos as suas ferramentas, exceto o relógio.

Já em meados de junho, e de acordo com fotos capturadas pela sua “amiga” – a sonda Curiosity, que está em outra parte doe Marte – a tempestade abalou o planeta por completo, sendo oficialmente considerada uma tempestade de envergadura planetária.

À medida que o volume de pó na atmosfera de Marte começa a dar trégua, a agência espacial norte-americana não desiste de tentar restabelecer ligação com a sonda marciana, mas, até agora, sem sucesso.

“O Sol começa a entrar no Vale da Perseverança [onde se localiza a cratera Endeavour]. Por isso, em breve, haverá luz solar suficiente para que a Opportunity possa recarregar as baterias”, diz John Callas, gestor de projeto da Opportunity no Jet Propulsion Laboratory (JPL).

“Em breve, vamos iniciar um período ativo de tentativas de comunicação com o rover, enviando comandos através das antenas da Deep Space Network da NASA”, explica.

“Assumindo que vamos ter novidades da Opportunity, logo iniciaremos o processo de colocá-la novamente online”, explica. Porém, cita o Science Alert, se não tiver qualquer sinal da sonda “nos próximos 45 dias, a equipe será forçada a concluir que o pó a bloquear o Sol e o frio marciano conspiraram para causar algum tipo de falha da qual o rover provavelmente não vai conseguir se recuperar”.

Mas nem todos concordam com esse plano, como é o caso de Mike Seibert. O ex-diretor de voo da Opportunity recorda que a sonda está equipada com duas “asas” de painéis solares, sendo que ambas fornecem energia suficiente para explorar o planeta e para a comunicação com a Terra.

Se esses painéis estiverem cobertos pela poeira, há uma hipótese, por mais mínima que seja, de um eventual surto de vento – chamado de “redemoinho” – poder limpá-los. O antigo responsável do projeto lembra que, geralmente, esse fenômeno começa em novembro, ou seja, já depois do prazo de 45 dias definido pela equipe da NASA.

O robô se encontra em Marte desde 2004. Inicialmente, foi concebido para durar apenas três meses, mas continuou a operar durante quase 15 anos. Também já passou por outros infortúnios como quando, em 2007, conseguiu sobreviver a uma tempestade de poeira semelhante.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Esta massiva galáxia antiga não deveria existir, de acordo com astrônomos

Uma galáxia massiva similar à Via Láctea desafia a compreensão da formação de galáxias por astrofísicos. Estudo publicado na Nature revela que o sistema surgiu 1,5 bilhões de anos após o Big Bang, sendo o …

Pela 1ª vez, Twitter alerta para fake news em posts de Trump

Rede social marcou dois tuítes do presidente americano com sugestão para que usuários chequem os fatos, apontando que alegações "não têm fundamento". Em reação, Trump acusou plataforma de interferir em eleições. A rede social Twitter colocou, …

Arqueólogos creem ter solucionado mistério de pinturas rupestres aborígenes

Equipe de arqueólogos australianos descobriu raros exemplares de arte rupestre detalhada e em pequena escala com recurso a estênceis, em um abrigo rochoso do povo aborígene Marra. O achado teve lugar em uma caverna que servia …

Costa Rica realiza primeiro casamento homoafetivo da América Central e celebra avanço social

Duas mulheres se casaram na manhã desta terça-feira na Costa Rica, que se tornou o primeiro país da América Central a legalizar o casamento entre pessoas homoafetivas. A pandemia de coronavírus restringiu as comemorações. …

Novo coronavírus não se propaga facilmente pelo contato com superfícies e objetos

Nós sabíamos que o novo coronavírus poderia sobreviver em superfícies por determinados períodos de tempo, e que há detergentes especiais para o manterem longe, mas essa não era a principal forma de transmissão. Agora o Centro …

Sistema do Twitter falha em rotular mensagens falsas

Com o propósito de ajudar seus usuários a não serem vítimas da desinformação sobre a pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2), o Twitter investiu em mecanismos com base na inteligência artificial para rotular postagens falsas e …

EUA antecipam veto a entrada de estrangeiros que passaram pelo Brasil

Restrição passa a valer às 23h59 desta terça-feira, dois dias antes do anteriormente anunciado. Medida atinge cidadãos não americanos que estiveram em território brasileiro nos últimos 14 dias, salvo algumas exceções. O governo dos Estados Unidos …

Coronavírus: por precaução, OMS suspende ensaios clínicos com hidroxicloroquina

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou, nesta segunda-feira, que suspendeu "temporariamente" os ensaios clínicos com hidroxicloroquina que realiza com parceiros em diversos países, por medida de precaução. A decisão segue a publicação na sexta-feira …

Exoplanetas habitáveis poderiam ser identificados por 'código de cores', afirma estudo

As enormes distâncias até os exoplanetas teoricamente capazes de suportar vida impedem a observação direta e a exploração dessas possibilidades, levando cientistas a procurar soluções inovadoras. Uma equipe de astrônomos da Universidade Cornell, nos Estados Unidos, …

Remdesivir melhorou tempo de recuperação da covid-19

Um novo estudo envolvendo 50 pesquisadores da área da saúde descobriu que o remédio antiviral remdesivir, projetado originalmente para o tratamento do ebola, reduziu o tempo de recuperação em pacientes de Covid-19 de uma média …